Arquivo da tag: dica

Apostilas de concursos para jornalista do Iscom

AnuncioJornalistasConcurseirosHá um bom tempo venho falando aqui no blog dos cursos do Instituto Superior de Comunicação (Iscom) que tanto contribuem com o preparo para concursos públicos, como são uma excelente formação e reciclagem dos profissionais da área.

Agora o Iscom está lançando uma novidade voltada especificamente para os jornalistas concurseiros: uma série de oito apostilas com conteúdo focado nas provas de Comunicação!

Cada apostila trata de um tema específico: comunicação pública; assessoria de imprensa; relações com a mídia; jornalismo e redação jornalística; publicações jornalísticas e editoração; radiojornalismo e telejornalismo; mídias digitais e redes sociais; teorias da comunicação e do jornalismo e história da mídia.

O texto é bem completo e contemporâneo com a realidade dos profissionais da área e traz citações de obras dos principais autores de Comunicação. “Foram dois anos de muita pesquisa para produzir as apostilas e consultadas cerca de 150 obras. Se alguém fosse comprar esses livros, investiria mais de 10 mil reais”, afirmou o coordenador do projeto, Aldo Schmitz.

Além do conteúdo, as apostilas trazem ainda simulados com 320 questões de concursos realizados entre 2008 a 2016, sendo que 80 destas questões são comentadas. Ao final de cada apostila, há também um extenso glossário com os principais termos de cada assunto.

Para adquirir as apostilas, basta acessar o site do ISCOM. Aproveite que o preço está com 20% de desconto!

OS AUTORES
Aldo Schmitz, Ana Marta Flores, Carla Algeri, Vaniucha de Moraes e Vivian Rodrigues de Oliveira são jornalistas com mestrado ou doutorado em jornalismo e a maioria tem pós-graduação em comunicação pública e empresarial.

Todos os autores são pesquisadores e profissionais com atuação na área do tema das respectivas apostilas. Alguns foram aprovados em concursos públicos concorridos e outros atuam como autores e examinadores de provas de concursos para jornalistas.

O que pode cair na prova discursiva da Câmara do Rio?

discursivaNão, eu não virei Mãe Dinah! Assim como a maioria de vocês, eu também não tenho ideia do que pode cair nessa prova discursiva. Mas fiz umas pesquisas, estou utilizando minha intuição e resolvi dividir algumas dicas do que eu acho que pode cair! Talvez não seja nada disso, mas espero que ajude ao menos a dar um norte na nossa preparação!

Primeiramente, queria dar os parabéns a todos e todas que conseguiam chegar até aqui! Esse foi um concurso difícil e acabou eliminando muitos candidatos por causa dos pontos de corte! Então se você está na segunda fase, já é motivo de comemoração!

Para o cargo de Audiovisual, já fiz esse post, baseado em informações que a própria banca disponibilizou sobre a prova. Agora é só treinar de acordo com o que está no edital e esperar pelo que vier! Mas e para os cargos de Jornalista e para Redator, como o assunto pode ser cobrado?

Seguem algumas dicas que estão me ajudando, acredito que pode ajudar vocês também! O texto está imenso, então preparem a pipoca e boa leitura! kkkkk

BIBLIOGRAFIA
Fiquem atentos à bibliografia indicada! Na primeira fase, ela mostrou que não estava ali por acaso, não deve ser à toa que está na discursiva também!

E como já notaram, muitas das indicações são legislações. Provavelmente não serão cobradas “decorebas”, como na objetiva, mas é preciso entender o mínimo de cada uma delas, o funcionamento do legislativo, as diferenças entre lei ordinária, complementar… Isso pode ser fundamental para a construção do texto!

LEIA O EDITAL
Veja atentamente o que diz o edital em cada um dos cargos! O que a banca quer do candidato? Quais são os conteúdos para a prova? Quantas linhas o texto tem que ter no mínimo e no máximo? Todas essas informações estão no edital!

Alguns questionamentos que me fiz lendo o edital de Jornalismo, por exemplo: 1) Estamos mais acostumados com provas que pedem textos para impresso ou mesmo internet, mas pode cair um release para rádio ou TV, o que pede características diferenciadas! e 2) Fala-se em “press kit” e “mailing”, teoricamente informações que não são necessárias para escrever um release… Será que além do texto vão pedir alguma ação de assessoria de imprensa? Não sei, mas foi algo que fiquei curiosa! Inclusive uma das provas que cito abaixo pede para explicar alguns desses elementos de uma assessoria… Quem sabe? #ficaadica

FIQUE POR DENTRO DOS ASSUNTOS DA CÂMARA
É preciso saber tudo o que vem sendo discutido pelos vereadores, um desses temas pode ser cobrado na hora da prova! Acompanhe o site e as redes sociais da Câmara do Rio, tem muuuuita coisa interessante!

CURSOS E MATERIAIS DE ESTUDO
1) QUESTÕES DISCURSIVAS
Já divulguei esse material no blog, mas acho interessante repetir aqui! São quase 80 questões discursivas de várias bancas (algumas delas com padrão de resposta) e que ajudam muito na preparação para provas discursivas. Usando código JORNALISTA ainda tem 10% de desconto!

2) CURSO DO RADIX

Para quem está no Rio, mais que indico as duas turmas abertas, uma para o cargo de Revisor e outra para Jornalismo. São quatro aulas (focadas no edital e com correção de redação de cada um dos alunos. Atenção: as vagas são limitadas e a procura está grande!

PROVAS DA MULTIRIO
Só encontrei três provas realizadas pela banca com discursivas na área de Comunicação, todas referentes ao concurso da Multirio de 2011. Todas elas, sobretudo as duas primeiras, acho que se aproximam mais do que deve ser cobrado nesta prova da Câmara do Rio.

1) REDATOR/ EDITOR DE JORNALISMO – SMA (2011)
Apresenta alguns dados e pede para elaborar uma reportagem para jornal impresso.

2) REPÓRTER/ REDATOR – SMA (2011)
Traz trechos de uma entrevista e pede que se elabore um texto jornalístico para publicação em um grande jornal.

3) REVISOR – SMA (2011)
Apesar do nome do cargo, a prova foi voltada para jornalismo. Pediu-se que o candidato fizesse um texto falando sobre a produção de house organs, de revistas externas, de press kits e de artigos assinados por executivos.

PROVAS PARA JORNALISMO

Seguem algumas provas que pedem para que seja feito um release.

1) TECNOLOGISTA EM SAÚDE PÚBLICA/ REPORTAGEM, REDAÇÃO E EDIÇÃO – FIOCRUZ (2014) – DOM CINTRA
Apresenta um artigo publicado em uma revista e pede que sejam feitos três textos: 1. um release, de 15 linhas – para ser encaminhado para os principais jornais diários do país 2. uma matéria de 10 linhas – para ser publicada em uma revista da Fiocruz. 3. uma nota de cinco linhas – a ser lido por um locutor na emissora de televisão pública sediada na Fiocruz.

Achei interessante porque traz aquilo que falei que está no edital dos textos para as diferentes mídias.

2) ASSESSOR DE IMPRENSA – ALMG (2007) – FUNDEP
São duas questões: 1) Apresenta uma tabela com dados e pede que seja redigido um release informativo para ser enviado a jornal impresso diário e 2) Pede que seja redigido um editorial com informações recebidas no release.

2) ESTÁGIO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL – DPU/PI (2014)
Não consegui o link da prova toda (ela está nesse material de Questões Discursivas que citei aqui no post), mas a questão apresenta uma notícia e pede que seja elaborado um release, com título, para que sirva como sugestão de pauta para os principais meios de comunicação local.

PROVAS PARA REDATOR/ REVISOR
Essas eu tenho menos experiência, mas encontrei duas sugestões de textos dissertativos que têm a ver com o trabalho e uma outra mais técnica, pedindo a produção de um texto de Redação Oficial.

1) REVISOR DE TEXTO – STM (2011) – CESPE
Apresenta um texto e pede que seja redigido um texto dissertativo acerca do tema “RELAÇÕES ENTRE DIREITO E LINGUAGEM: MUDANÇA E(OU) CONTINUIDADE”, com a exigência de abordas seguintes aspectos: direito e linguagem como expressões culturais; papel da linguagem no mundo jurídico; efeitos do uso da linguagem nas relações sociais.

2) JORNALISTA – CÂMARA MUNICIPAL DE CAXIAS DO SUL/ RS (2010) – FUNDATEC
O candidato deve elaborar um texto dissertativo a partir do tema “As diferentes possibilidades de leitura do texto”. O texto de apoio é um dos textos da prova de Língua Portuguesa. As reflexões devem levar em conta: Os sujeitos e as condições de leitura de determinado documento ou relatório; As concepções de mundo que perpassam os textos e as interpretações possíveis; A universalidade de acesso aos textos do Legislativo.

Neste caso, as instruções deixam claro que é preciso colocar um título, mas nem sempre há essa exigência. Os professores de redação, no entanto, geralmente aconselham a elaboração e um título.

3) REDATOR – CÂMARA DE CURITIBA/PR (2007)
Acredito que seja difícil ser cobrado algo assim, mas achei válido compartilhar com vocês. Nesse caso, pede-se o conhecimento em Redação de Texto Oficial, solicitando que o candidato redija uma mensagem do Prefeito solicitando ao Presidente da Câmara e aos Vereadores autorização para ausentar-se do país de 10/11/07 até 10/12/07 e viajar para assinar convênios com outros países. A instrução ainda cita os artigos da Lei Orgânica e do Regimento Interno que tratam deste assunto, ou seja, tem que mostrar conhecimento da legislação também!

CONCLUSÃO

É isso pessoal, no mais não tem o que fazer: discursiva é treino! A gente só aprende a escrever, escrevendo, e para isso, precisa ler muito! Então vamos à prática!

Boa sorte a todos e todas e que sejam convocados bem mais aprovados que o número inicial de vagas!

Cursos para o concurso do STJ

videoaulaO edital do concurso do Superior Tribunal de Justiça (STJ) lançou edital há poucos dias, com duas vagas para Comunicação Social. O assunto de conhecimentos básico é um pouco extenso, então tem que correr para dar conta!

Seguem dicas de isoladas oferecidas pelo Concurso Virtual para esta seleção. Os valores considero bem justos, tem cursos por apenas R$ 20,00! Confiram!

LÍNGUA PORTUGUESA
O professor Marcelo Rosenthal, autor do best-seller “Gramática para Concursos” (Editora Campus Elsevier) vai abordar os assuntos do edital, com teoria e questões voltadas para a banca Cespe. No total, são 37 horas de vídeo aulas.

CORRESPONDÊNCIA OFICIAL
O curso, ministrado pelo professor Amauri Franco, é baseado no Manual de Redação Oficial da Presidência da República. São 3 horas aulas.

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL
São 44 horas de vídeo aulas, podendo cada vídeo ser visto por até 5 vezes dentro do prazo de 180 dias. O assunto será ministrado pelo professor Rodrigo Menezes.

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO
O professor Alexandre Prado vai dar conta do edital em 32 horas de vídeos. O aluno tem até 150 dias para assistir às aulas, podendo cada vídeo ser visto 5 vezes.

REGIMENTO INTERNO
A professora Raquel Tinoco já está gravando o curso com 3 horas de duração. As aulas serão disponibilizadas a partir do dia 14 de agosto.

NOÇÕES DE INFORMÁTICA
O Professor Renato da Costa, conhecido no Rio de Janeiro como o professor que “acerta o que vai cair na prova” aborda os conhecimentos teóricos e resolve questões nas 30 horas de vídeo aulas que compõem o curso.

NOÇÕES DE SUSTENTABILIDADE
Esse não é um assunto normalmente abordado em concursos públicos, por isso muita gente ficou preocupada! O professor Marcelo Saraiva está preparando um curso com 8 horas de duração, onde vai abordar todos os conteúdos desta matéria. As aulas serão inseridas a partir do dia 3 de agosto.

Isoladas de conhecimentos básicos para o concurso da Câmara RJ

concurso_virtualO concurso da Câmara do Rio de Janeiro tem atraído muitos interessados das áreas de Comunicação Social devido à remuneração oferecida e às oportunidades de cargos para nós. No entanto, o montante de assuntos de conhecimentos básicos que temos para estudar, além dos específicos, estão deixando muita gente maluca!

Estou trazendo dicas de isoladas do Concurso Virtual, com videoaulas dessas matérias. O que achei melhor é que normalmente os cursos oferecem apenas o pacote, mas aqui você pode comprar as aulas de forma independente. E os preços estão bem legais, viu? Tem até curso de R$ 20,00! Cada aula pode ser assistida por até 5 vezes, dá suficiente para você absorver o conteúdo.

Língua Portuguesa
O professor Marcelo Rosenthal vai abordar todo o conteúdo (menos Redação Oficial) em 37 horas de aula. Esse é um curso que vale a pena inclusive para você estudar para outras seleções, pois ele resolverá, durante as aulas, questões de outras bancas também.

Redação Oficial
Esse assunto vai passar despercebido para muita gente, pois é um ponto do edital da Língua Portuguesa. Mas é algo que tem sido cada vez mais cobrado pelas seleções! São apenas 2 horinhas, onde o professor Amauri Franco vai falar sobre Correspondência Oficial.

Atualidades
Algumas pessoas conhecem o professor Orlando Stiebler, do canal do Youtube Aconteceu? Orlando Explica. Ele consegue explicar alguns dos principais momentos da atualidade de forma muito divertida! São 17 horas de videoaulas.

Ética
Os assuntos da matéria Ética do Servidor na Administração Pública tratados em 9 horas de vídeos, pelos professores Sergio Gurgel e Alexandre Prado.

Informática
Aqueles assuntos que dão arrepio em qualquer jornalista concurseiro! Até porque saber usar o pacote Office e suar a internet não nos prepara para uma prova de Informática, né? São 28 aulas com o professor Renato da Costa.

Lei Orgânica
O professor Fábio Ramos vai abordar a legislação de forma clara, esquematizada e didática. São 8 horas de vídeo.

Estatuto Municipal
O Estatuto dos Funcionários Públicos do Poder  Executivo do Município do Rio de Janeiro explicado em 5 horas pelo professor Alexandre Prado.

Código de Administração Financeira e Contabilidade Pública
O professor Fábio Furtado vai esmiuçar o Código em 3 horas de vídeo, trazendo a legislação de forma esquematizada.

Regimento Interno
O Regimento Interno da Câmara abordado em 6 horas de videoaulas, pelo professor Rodrigo Souza.

Raciocínio Lógico
Esse é outro assunto que apavora o pessoal de Comunicação Social. Para quem vai fazer o cargo de Audiovisual, vai cair! São 24 horas de aulas com o professor Ronilton Loyola

Curso “Conquistando a Sua Aprovação”

aprovacaoTenho certeza que boa parte de vocês (talvez todos) têm a sensação de estudar muito, mas nunca conseguir se preparar o suficiente para os concursos. Isso porque muitas vezes a gente (e eu me incluo nesse meio) costuma estudar sem estratégias bem definidas.

Além disso, há outros vilões nos atrapalham como a ansiedade, a falta de concentração, a falta de motivação (que sempre bate, principalmente depois de um resultado ruim) e o famoso “branco” na hora da prova.

Nos últimos dias, eu tenho pensado que estudar nos deixa entre os mais competitivos, mas que ter as estratégias de estudo certas são as que nos levam à tão sonhada aprovação. Foi quando eu conheci o curso Conquistando a Sua Aprovação e achei muito interessante! Comecei a fazê-lo e acredito que conseguirei dar um passo a mais na minha preparação.

Vou explicar abaixo um pouco de como funciona o curso. Depois pretendo fazer um post mais aprofundado, contando o que achei e como me ajudou.

CONQUISTANDO A SUA APROVAÇÃO
São 7 semanas de curso e em cada uma delas você vai trabalhar uma diferente área. Ao final, todas as dicas vão te ajudar a potencializar sua chance de aprovação!

1ª Semana – Planejando seus Estudos
Para começar, você deve se situar onde estar para, a partir daí, traçar um plano rumo ao seu objetivo.

2ª Semana – Aprendizagem Acelerada
Serão apresentadas técnicas e estratégias para turbinar os seus estudos

3ª Semana – Removendo Obstáculos
Aqui você vai aprender a aumentar a sua motivação e a identificar obstáculos que dificultam a sua aprovação, para em seguinte removê-los.

4ª Semana – Tornando-se Mestre do seu Tempo
Essa etapa é essencial! Aqui você aprende a controlar seu tempo de modo que você possa estudar, mas ainda assim garantir sua vida social!

5ª Semana – Preparando-se para a Prova
Serão apresentadas uma técnica e uma estratégia de preparação para a prova.

6ª Semana – Alta Performance na Prova
Nessa semana você aprende a otimizar o seu rendimento nas provas objetivas e discursivas.

7ª Semana – Passei no Concurso, e Agora?
Essa é bem interessante! São dicas para que você possa continuar com seu crescimento, mesmo após a aprovação, e não se torne um funcionário público insatisfeito com seu trabalho.

Você tem a opção de assistir as aulas online ou baixar os arquivos em vídeo, áudio (excelente para escutar no carro ou no celular/MP4, a caminho do trabalho) ou ainda em PDF!

BENEFÍCIOS
O curso vai te ajudar a:
– Aprender mais rapidamente e de uma forma duradoura
– Ter mais tempo para estudar e para aproveitar a vida social
– Manter a motivação durante os estudos
– Manter a calma na hora da prova
– Diminuir a ansiedade
– Aumentar a concentração
– Planejar os estudos da melhor forma possível

GARANTIA
Uma coisa que achei muito legal é a possibilidade de cancelar a compra em até 30 dias. Caso você não goste do curso, é possível pedir seu dinheiro de volta.

BRINDES
Além do Conquistando sua Aprovação, você ainda ganha dois presentes: o Planificador Automático de Estudo e o Planejamento Eficaz

Planificador Automático de Estudo
O programa te ajuda a um plano de estudo para você de acordo com as informações que você disponibilizar sobre seu tempo disponível e as matérias que cairão no concurso.

Planejamento Eficaz
É um treinamento completo de planejamento de estudo, que te ajudar a organizar os estudos por matéria e ainda faz com que você estude APENAS os assuntos que podem cair na prova. Isso irá eliminar dos seus estudos assuntos desnecessários que não contribuem em nada para a sua aprovação. Para quem interessar, é possível comprar só o Planejamento Eficaz.

Espero que tenham gostado dessa dica! O post ficou grande, mas achei interessante trazer os detalhes, para que vocês conheçam melhor o produto. Em breve venho contar mais sobre a experiência de fazer o curso. Para quem ficou com vontade de se inscrever, seguem os links abaixo

CONQUISTANDO A SUA APROVAÇÃO

PLANEJAMENTO EFICAZ

 

Atualização dos concursos previstos e autorizados para 2015

concurso-abertoColaborador: Eduardo Gomes

Esse blog não é Wikipedia, mas está em construção coletiva! O leitor Eduardo Gomes, mais uma vez, está contribuindo com o Jornalistas Concurseiros, atualizando o post que ele mesmo tinha feito sobre os concursos previstos para esse ano. Alguns já tiveram bons avanços como a escolha da banca organizadora, ou a previsão do edital agora em março.
Vamos conferir?

1º SEMESTRE (VAGAS CONFIRMADAS PARA COMUNICAÇÃO)
1) DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO (DPU)
Confirmado edital para este mês de março. Haverá vagas para Comunicação Social nas áreas de Jornalismo, RP e Publicidade e Propaganda. Portanto, devemos esperar separação das áreas e dos conteúdos no edital. Existe a previsão de vagas imediatas e cadastro de reserva. O concurso terá aplicação de provas nas 26 capitais e no Distrito Federal.
Taxa de inscrição: R$ 100 para os cargos de nível superior.
Remuneração: R$ 4.620,82 (Sujeito a mudança. Existe projeto de lei para criação de quadro de servidores e os salários de analista vão variar de R$ 7.323,60 a R$ 10.883,03, conforme a classe e o padrão.
Jornada: 40 horas semanais.
Banca: CESPE
Dica: É preciso treinar bastante as provas da banca, pois diferentemente das demais, ela trabalha com questões de Certo e Errado, sendo que uma errada anula uma certa.
Último Edital (2010)

2) INSTITUTO NACIONAL DE METEOROLOGIA (INMET)
O prazo para publicação do edital é até o mês de maio, no entanto, o órgão pretende antecipar tal data e já deu sinais que pode sair ainda em março. Terá uma vaga para jornalista e uma para publicitário, ambas com atuação em Brasília.
Remuneração: R$ 5,8 mil para jornalista.
Jornada: 40 horas semanais
Banca: A Consulplan foi contratada em dezembro.
Dica: Geralmente faz concursos de menor porte. Para nossa área é preciso fazer uma busca árdua atrás de provas. No PCI Concursos dá pra achar algumas, vocês podem pesquisar nesse  link e nesse.

3) SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA (STJ)
O concurso está confirmado e haverá vagas para nossa área, apesar de não ter sido divulgado o número exato. O STJ ainda precisa definir o cronograma e a banca que organizará o certame. Na seleção de 2012, foi o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB), fato que deve se repetir para o próximo. No entanto, o lançamento do edital com o quantitativo de vagas e a data da prova deve ocorrer ainda nesse semestre. No edital de 2004 houve um concurso com sete vagas e nove pessoas foram nomeadas. (Informação atualizada pela Larissa Dimov, segue o link onde é possível ver o edital e provas desse concurso)
Remuneração: R$ R$8.803,97
Jornada: 40 horas semanais.
Banca: A definir
Dica: Provavelmente não haverá separação por áreas dentro do cargo de Comunicação Social, portanto os candidatos devem abranger seus estudos para área de Publicidade e Propaganda, Marketing e RP.

PARA FICAR DE OLHO AINDA ESSE SEMESTRE

1) TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3ª REGIÃO (TRT/MG)
O TRT da 3ª região, em Minas Gerais, vai fazer concurso com vagas para TODOS os cargos. Sendo assim, acredita-se que Comunicação Social esteja incluída. Já foi feita a dispensa de licitação para contratar a FCC e os próximos passos são: 1) Divulgar o extrato de contratação da FCC no Diário Oficial; 2) Divulgação do edital, o que deve ocorrer ainda esse mês ou em abril. Caso se confirme essas datas, as provas podem ser realizadas em junho ou julho. Apesar de provavelmente ser cadastro de reserva, o TRT tem histórico de chamar boa parte dos aprovados.
Remuneração: R$ 8.118,19
Jornada: 40 horas semanais
Banca: Definida a FCC
Dica: O edital de comunicação (se houver para nossa área) deve sair parecido com o edital do CNMP que teve a prova feita no primeiro dia desse mês. Portanto, os candidatos podem adiantar e estudar tendo esse edital por base e também fazer essas e outras provas da FCC.

2) TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL E DOS TERRITÓRIOS (TJDFT)
A lei 13.057 criou 355 vagas, sendo 40 para analista processual. Destas, algumas serão para as áreas de execução de mandados e outras não especificadas. É preciso ter fé nessa últimas expressão “outras” para que comunicação social esteja entre elas, já que no último concurso não houve para nossa área. A previsão é para sair a partir de março em diante.
Remuneração: R$ 8.178,06
Jornada: 40 horas semanais
Banca: Não definida. O último concurso foi realizado pelo Cespe.
Dica: Não adianta focar nesse concurso agora. Ainda é incerto se haverá vagas.

PARA FICAR DE OLHO NO 2º SEMESTRE:

1) BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL (BNDES)
Continua sendo um dos principais concursos para jornalistas nesse ano. A tradição do BNDES é de sempre repetir os cargos oferecidos e entre eles está o de Comunicação Social. Recentemente foram divulgados os auxílios oferecidos pelo órgão que atraem cada vez mais candidatos.
Remuneração: na faixa de R$ 12 mil (já com auxílios)
Jornada: 35 horas semanais
Banca: Provavelmente a Fundação Cesgranrio, mas não foi confirmada ainda.
Dica: Continua a dica da publicação anterior: CORRAM PARA AS COLINAS… e estudem. A concorrência é pesada em número e qualificação, as vagas são poucas e além da prova objetiva, tem as questões discursivas que exigem conhecimento aprofundado em áreas como jornalismo, marketing e RP.

2) AGÊNCIA BRASILEIRA DE INTELIGÊNCIA (Abin)
Junto com o BNDES é, talvez, o concurso de melhor remuneração esse ano. A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) estava com edital previsto para o ano passado e continua o entrave para a aprovação do pedido de vagas. A solicitação foi encaminhada ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) e aguarda aprovação de 470 vagas, das quais 350 serão para nível superior. O último concurso teve vaga para Comunicação e acredita-se que deve haver oportunidade para a área em 2015.
Remuneração: Na faixa de R$ 13.538,03
Jornada: 40 horas semanais
Banca: Não definida
Dica: Iniciar os estudos, o quanto antes, com base no último edital do órgão. Nesse concurso, talvez seja mais difícil passar na prova do que vencer a concorrência, pois a última prova teve um nível muito alto de exigência.

3) CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL (CLDF)
Outro concurso para ficar de olho é o da Câmara Legislativa do DF (atenção: não é a Câmara dos Deputados). Sem realizar concurso desde 2005, há nova previsão de lançamento de seleção para esse ano. Estão previstas 70 vagas para os cargos de consultor técnico legislativo (30), consultor legislativo (10) e técnico legislativo (30). Fora isso, existem ainda 340 cargos efetivos vagos. Pode trazer vagas para Comunicação ou para o cargo de Revisor de Texto que também aceita nossa formação.
Remuneração: na faixa de R$ 13.210,37
Jornada: não informada
Provável banca: em Brasília, há preferência de bancas como o CESPE ou a FGV, mas esse é só um palpite.
Dica: Esse concurso deve ser apenas acompanhado com parcimônia. Pode sair esse ano, como também só em 2016. No entanto, quando houver movimentação para contratação da banca, deve-se prestar maior atenção.

4) INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL (INSS)
A autarquia solicitou 4.730 vagas, das quais 1.580 são para analista do seguro social. Apesar da última prova ter ocorrido em 2013 e com vagas para jornalistas, acredita-se que a área pode ser agraciada novamente. Até porque a validade do último concurso é de apenas um ano, podendo ser prorrogado por mais um.
Jornada: 40 horas
Remuneração: R$ 6 mil para analista, incluindo gratificações e vale-alimentação.
Banca: Sem definição, pode ser uma banca grande como a FCC ou CESPE, como também pode escolher uma de menor porte. A última seleção foi feita pela Funrio.
Dica: O estudo desse concurso também deve ser focado com antecedência e deve-se prestar atenção nas matérias básicas, pois se cobra muita legislação, desde Direito Administrativo a Noções de Direito Previdenciário. Tais matérias também serão determinantes na aprovação.

5) SENADO FEDERAL (SF)
Considerado por muitos como o melhor de todos concursos, em se tratando de remuneração. Deve ser um dos mais concorridos e com nível de prova bastante elevado. A validade do último concurso se encerrou neste ano e desde então há expectativas de um novo certame, inclusive porque o quadro de funcionários está com defasagem em mais de 400 pessoas, além de previsão de mais de mil aposentadorias em 2015. Muito provavelmente deve abrir vagas para comunicação social para cargos variados, como ocorreu no último certame de 2012 e no anterior, em 2008.
Remuneração: R$ 21.347,32
Jornada: 40 horas semanais
Banca: O último concurso foi realizado pela FGV.
Dica: Comece a estudar desde ontem! Utilize como base o último edital, o qual já foi cópia do edital de 2008.

Questões discursivas de comunicação social – com desconto!!!

questoes_discursivasPessoal, hoje venho contar mais uma novidade para vocês. Sempre que abre um concurso com questões discursivas, muitos leitores me procuram pedindo dicas do que pode ser cobrado.

Não é ta fácil procurar, dentre as provas disponibilizadas, quais oferecem questões discursivas e muitas vezes o candidato acaba indo para a prova sem ao menos ter uma noção de como os assuntos podem ser cobrados.

O site Questões Discursivas veio para resolver o nosso problema! Eles estão oferecendo o e-book com 78 questões de comunicação social das principais bancas: Cesgranrio, Cespe, FCC, Consulplan, IADES, FGV, Funcab, entre outras. Dessas questões, 28 estão com o padrão de resposta da banca organizadora.

O material é enviado para seu e-mail, após a confirmação do pagamento, e pode ser impresso em PDF, para facilitar seus estudos. Outra coisa boa é que, após um ano da sua compra, o material é atualizado com questões novas e você recebe tudo gratuitamente! Achei muito bacana!

O valor já é baratinho, R$39,90, mas utilizando o código JORNALISTA, você ainda tem um desconto de 10%! Porque economia é economia, de toda forma!