Arquivo da tag: Marinha

Concurso de carreira da Marinha!

mbA Marinha do Brasil lançou o edital do concurso público para ingresso no Quadro Técnico do Corpo Auxiliar, em outras palavras, concurso de carreira para o órgão! Nas áreas de Comunicação Social (podem concorrer todas), há uma vaga.  Normalmente a oportunidade especificamente da nossa área é para o Rio de Janeiro, mas como o concurso é nacional, sempre é possível ser chamado para outra localidade onde tem unidades da Marinha.

Às vezes no concurso da Marinha (não é sempre, mas isso já aconteceu com Comunicação), há um aumento desse número e outros aprovados são convocados.

PS: Fiquem ligados no blog que em breve tem o depoimento da aprovada na última seleção da Marinha que vai contar um pouco como conquistou essa tão sonhada vaga!

Atenção às várias etapas da seleção. Vamos aos detalhes:

CARGO: Comunicação Social

VAGAS: uma

SALÁRIO: não é informado no edital, mas para o posto de Primeiro-Tenente é de cerca de R$6.500,00 (líquido)

INSCRIÇÕES: de 18 de abril a 17 de maio site da Marinha

VALOR: R$ 80,00

ETAPAS
1) Provas: prova objetiva com 50 questões apenas de conhecimentos específicos + redação

2) Eventos Complementares:
a) Inspeção de Saúde: exames de saúde
b) Teste de Aptidão Física: natação (25 metros em 50 segundos, para o sexo masculino e em 1 minuto, para o sexo feminino) e corrida (2400 metros em 16 minutos, para o sexo masculino e 17 minutos, para o sexo feminino)
c) Verificação de Dados Biográficos (fase preliminar): entrega de documentos que serão analisados. Será feita uma investigação preliminar para saber se o candidato preenche os requisitos de idoneidade moral e de bons antecedentes de conduta para ingresso na Marinha

3) Curso de Formação de Oficiais (CFO): tem duração total de aproximadamente 39 semanas e é ministrado no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), que fica no Centro do Rio de Janeiro/RJ.
a) Período de Adaptação: com duração aproximada de 3 semanas, tem o objetivo de adaptar e preparar os futuros alunos para as atividades acadêmicas e administrativas a serem desenvolvidas durante o Curso. Durante este curso, perceberá remuneração em torno de R$ 5 mil (posto de Guarda-Marinha), além de ter garantido alimentação, uniforme, assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa
b) Verificação de Documentos: entrega de cópias dos documentos.
c) Verificação de Dados Biográficos (fase final): candidatos deverão preencher e devolver o Questionário Biográfico Simplificado
d) Avaliação Psicológica: teste psicológico
e) Curso de Formação propriamente dito: após concluir o Período de Adaptação e ser considerado “Apto” na Avaliação Psicológica e na Verificação de Documentos, o candidato terá a matrícula no Curso de Formação de Oficiais efetuada.

COMECE A ESTUDAR:
1) FUNDAMENTOS DA COMUNICAÇÃO: conceitos, objetivos, modelos, métodos e meios; Comunicação de massa; Efeitos da comunicação de massa; e Componentes fundamentais da comunicação de massa.

2) RELAÇÕES PÚBLICAS: Conceitos, processos, objetivos, pesquisa, auditoria e produtos; Teorias e estratégias de Relações Públicas; A comunicação nas organizações: conceitos e técnicas; Estratégias de comunicação nas organizações: planejamento, plano e gestão. Relações Públicas nas organizações; Comunicação organizacional integrada; Planos, projetos e programas de Relações Públicas; Comunicação digital; Comunicação corporativa e reputação; Comunicação e opinião pública; Gestão de crises; Assessoria de Imprensa; Públicos; Mídias sociais; e Estratégias de comunicação nas mídias sociais.

 

3) JORNALISMO: Conceitos, teorias, críticas e tendências; Linguagem jornalística multimeios: jornalismo impresso; fotojornalismo; telejornalismo; radiojornalismo; jornalismo digital e online; Características dos meios jornalísticos; Características do texto jornalístico; Redação e Edição; Entrevista: tipos e classificação das entrevistas; Reportagem: conceitos, características, modelos, aberturas e formas de narrativas, pauta e fontes; Notícia: características, critérios, classificação, elementos, tipos de leads (lide) e técnicas; Comunicação empresarial; Agências de informação; e Ética.

4) PUBLICIDADE, PROPAGANDA e MARKETING: Conceitos, teorias, críticas e tendências; Linguagem jornalística multimeios: jornalismo impresso; fotojornalismo; telejornalismo; radiojornalismo; jornalismo digital e online; Características dos meios jornalísticos; Características do texto jornalístico; Redação e Edição; Entrevista: tipos e classificação das entrevistas; Reportagem: conceitos, características, modelos, aberturas e formas de narrativas, pauta e fontes; Notícia: características, critérios, classificação, elementos, tipos de leads (lide) e técnicas; Comunicação empresarial; Agências de informação; e Ética.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA
BANN, David. Novo Manual de Produção Gráfica. Porto Alegre: Bookman, 2010.
BARBEIRO, Heródoto; LIMA, Paulo Rodolfo de. Manual de Jornalismo para Rádio, TV e Novas mídias. Rio de Janeiro: Elsevier Editora, 2013.
BARBOSA, Gustavo G.; RABAÇA, Carlos A. Dicionário de Comunicação. 10.ed. revista e atualizada. Rio de Janeiro: Elsevier e Campus, 2002.
BUENO, Wilson da Costa (Org.) Estratégias de Comunicação nas Mídias Sociais. Barueri, SP: Manole, 2015.
CESAR, Newton. Direção de Arte em Propaganda. 10.ed. Brasília: Editora Senac-DF, 2013.
DUARTE Jorge (Org.) Assessoria de Imprensa e Relacionamento com a Mídia: teoria e técnica. 4.ed. revista e ampliada. São Paulo: Atlas, 2011.
FERRARI, Pollyana. Jornalismo Digital. 4.ed. 2ª reimpressão. São Paulo: Contexto, 2014.
FORNI, João José. Gestão de Crises e Comunicação: o que gestores e profissionais de comunicação precisam saber para enfrentar crises corporativas. São Paulo: Atlas, 2013.
FRANÇA, Fábio. Públicos: como identificá-los em nova visão estratégica. 3.ed. São Caetano do Sul, SP: Yendis, 2012.
KOTLER, Philip; ARMSTRONG, Gary. Princípios de Marketing. 9.ed. 3.ª reimpressão. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2006.
KUNSCH, Margarida Maria Krohling. Planejamento de Relações Públicas na Comunicação Integrada. 5.ed. revista. São Paulo: Summus, 2003.
_______. Gestão Estratégica em Comunicação Organizacional e Relações Públicas. 2.ed. São Caetano do Sul: Difusão Editora, 2009.
LAGE, Nilson. A reportagem: Teoria e Técnica de Entrevistas e Pesquisa Jornalística. 3.ed. Rio de Janeiro: Record, 2003.
MARTINO, Luís Mauro Sá. Teoria da Comunicação: ideias, conceitos e métodos. 5.ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.
OLIVEIRA, Hugo Paulo Gandolfi de (Org.) Redação jornalística multimeios: técnicas para jornalismo impresso, jornalismo online, radiojornalismo, telejornalismo e fotojornalismo. Chapecó, SC: Argos, 2012.
PENA, Felipe. Teoria do Jornalismo. 3.ed. 1ª reimpressão. São Paulo: Contexto, 2013.
RAMALHO, José Antônio. Mídias Sociais na Prática. São Paulo: Elsevier e Campus, 2010.
SAMPAIO, Rafael. Propaganda de A a Z: como usar a propaganda para construir marcas e empresas de sucesso. 3.ed. revista e atualizada. Rio de Janeiro: Elsevier, 2003. 9ª tiragem.
SANT ‘ANNA, Armando; ROCHA JÚNIOR, Ismael; GARCIA, Luiz Fernando Dabul. Propaganda: Teoria, Técnica e Prática. 8.ed. revista e ampliada. São Paulo: Cencage Learning, 2009.
SILVA NETO, Belmiro Ribeiro da Silva. Comunicação Corporativa e Reputação: construção e defesa da imagem favorável. São Paulo: Saraiva, 2010.
TORQUATO, Gaudêncio. Comunicação nas Organizações: empresas privadas, instituições e setor público. São Paulo: Summus, 2015.

OBSERVAÇÃO: A bibliografia sugerida não limita nem esgota o programa. Serve apenas como orientação para as bancas elaboradoras de provas e para os candidatos. Mas, normalmente as provas seguem bem à risca o que está nos livros, é bom ler o máximo possível!

LEIA O EDITAL COMPLETO

 

Anúncios

Marinha do Brasil lança edital do concurso

marinhaPara quem estava esperando as vagas de Comunicação Social nos concursos das Forças Armadas, a Marinha era a única esperança que restava, uma vez que as seleções do Exército e da Aeronáutica esse ano não contemplaram oportunidades na nossa área. Para alegria de todos e felicidade geral da nação, vai ter vaga para Comunicação. A notícia ruim é que tem apenas uma vaga.

Para participar, o candidato deve ter menos de 36 anos no dia 1º de janeiro de 2016. O ingresso no Quadro Técnico ocorre no posto de Primeiro-Tenente, após o candidato ter sido aprovado e classificado em todas as fases. Antes de completados cinco anos de nomeação, os Oficiais são avaliados, podendo permanecer em caráter definitivo na Marinha.

A seleção tem várias etapas, fiquem atentos a cada uma delas:

CARGO: Comunicação Social

VAGAS: uma só

SALÁRIO: não é informado no edital, mas para o posto de Primeiro-Tenente é de cerca de R$6.000,00 (líquido)

INSCRIÇÕES: de 01 de junho a 07 de julho no site da Marinha

VALOR: R$ 60,00

ETAPAS
1) Provas: prova objetiva com 50 questões apenas de conhecimentos específicos + redação

2) Eventos Complementares:
a) Inspeção de Saúde: exames de saúde
b) Teste de Aptidão Física: natação (25 metros em 50 segundos, para o sexo masculino e em 1 minuto, para o sexo feminino) e corrida (2400 metros em 16 minutos, para o sexo masculino e 17 minutos, para o sexo feminino)
c) Verificação de Dados Biográficos (fase preliminar): entrega de documentos que serão analisados. Será feita uma investigação preliminar para saber se o candidato preenche os requisitos de idoneidade moral e de bons antecedentes de conduta para ingresso na Marinha

3) Curso de Formação de Oficiais (CFO): tem duração total de aproximadamente 39 semanas e é ministrado no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), que fica no Centro do Rio de Janeiro/RJ.
a) Período de Adaptação: com duração aproximada de 3 semanas, tem o objetivo de adaptar e preparar os futuros alunos para as atividades acadêmicas e administrativas a serem desenvolvidas durante o Curso. Durante este curso, perceberá remuneração em torno de R$ 5 mil (posto de Guarda-Marinha), além de ter garantido alimentação, uniforme, assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa
b) Verificação de Documentos: entrega de cópias dos documentos.
c) Verificação de Dados Biográficos (fase final): candidatos deverão preencher e devolver o Questionário Biográfico Simplificado
d) Avaliação Psicológica: teste psicológico
e) Curso de Formação propriamente dito: após concluir o Período de Adaptação e ser considerado “Apto” na Avaliação Psicológica e na Verificação de Documentos, o candidato terá a matrícula no Curso de Formação de Oficiais efetuada.

COMECE A ESTUDAR:
1) FUNDAMENTOS DA COMUNICAÇÃO: Conceitos, objetivos, modelos e meios; Veículos de mídia como sistemas sociais; Comunicação de massa; Efeitos da comunicação de massa; Componentes fundamentais da comunicação de massa.

2) RELAÇÕES PÚBLICAS: Conceitos, processos, objetivos e produtos; Teorias e estratégias de Relações Públicas; A comunicação nas organizações; Relações Públicas nas organizações; Comunicação organizacional integrada; Comunicação interna; Planejamento estratégico para a comunicação organizacional (conceitos, características, instrumentos e tipos); Plano estratégico de comunicação organizacional; Gestão estratégica de comunicação organizacional; Pesquisa e auditoria (princípios, objetivos, fundamentos, importância e classificação); Planos, projetos e programas de Relações Públicas; Comunicação digital; Comunicação corporativa e reputação; Comunicação e opinião pública; Gestão de crises: conceito, origem, tipos de crise, consequências e prevenção; Reputação e imagem em tempos de crise; O processo de gestão de crises; Gestão de risco; Planos de emergência; Plano de comunicação de crise; Comunicação de crise e relações com a mídia; O papel das redes sociais na crise; Comunicação institucional; Assessoria de Imprensa: conceitos e planejamento; Planejamento estratégico da Assessoria de Imprensa; A conduta ética do assessor de imprensa; O assessorado e a imprensa; Porta-Voz; Media training; Modelo de diálogo com a imprensa; Técnicas de redação em assessoria de imprensa; Tipos de press release (relise); Organização de entrevistas coletivas; Mailing list e processo de distribuição; Press kit; House organs; Mídias digitais: conceitos, características e tipos, planejamento, monitoramento, métricas e gerenciamento; Gestão de eventos e cerimonial; Planejamento e gestão de eventos; Tipos de evento; Eventos técnico-científicos; Eventos de capacitação e treinamento; Cerimonial e protocolo; Etiqueta; Símbolos nacionais.

3) JORNALISMO: Conceitos. Redação e Edição; Linguagem jornalística; Características do texto jornalístico; Entrevista: tipos e classificação das entrevistas; Reportagem: conceitos, características, modelos, aberturas e formas de narrativas, pauta e fontes; Notícia: características, critérios, classificação, elementos, tipos de leads (lide) e técnicas; Comunicação empresarial; Telejornalismo: conceitos, características, estrutura da TV, linguagem, texto jornalístico para televisão, roteiro e edição; Radiojornalismo: conceitos, apuração e tratamento da informação, técnicas de redação, estrutura da redação, entrevistas, recursos técnicos, boletim de notícias, reportagem, programas especializados, edição; Jornalismo Digital: características, narrativa digital, hipertexto (técnicas e interfaces), produção e edição, perfil do usuário; Ética. Agências de informação: organização, classificação, finalidade e tipos.

4) PUBLICIDADE, PROPAGANDA e MARKETING: Conceitos e técnicas; Pesquisa e planejamento de campanha publicitária; Briefing; Agência; Anunciante; Criação publicitária; Mídia; Características básicas dos principais veículos de comunicação publicitária; Publicidade on line; Propaganda governamental; Marketing: conceitos e processos de Marketing; Desenvolvimento de oportunidades e estratégias de marketing; Desenvolvimento do Mix de marketing; Produção gráfica e design: Conceitos, editoração, fechamento de arquivos e pré-impressão; Processos de impressão e acabamento, Princípios de design (proximidade, alinhamento, repetição e contraste); Tipologia.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA
BANN, David. Novo Manual de Produção Gráfica. Porto Alegre: Bookman, 2010.
BARBEIRO, Heródoto; LIMA, Paulo Rodolfo de. Manual de Jornalismo para Rádio, TV e Novas mídias. Rio de Janeiro: Elsevier Editora, 2013.
BARBOSA, Gustavo G.; RABAÇA, Carlos A. Dicionário de Comunicação. 10.ed. revista e atualizada. Rio de Janeiro: Elsevier e Campus, 2002.
BRASIL. Congresso Nacional. Senado Federal. Coordenação de Relações Públicas. Manual de organização de eventos do Senado Federal.
Brasília: Senado federal, 2013. Disponível em: <http://www12.senado.gov.br/manualdecomunicacaomanual-de-eventos&gt;.
DEFLEUR, Melvin L.; BALL-ROKEACH, Sandra. Teorias da comunicação de massa. 5.ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed; 1993.
DUARTE Jorge (Org.) Assessoria de Imprensa e Relacionamento com a Mídia. 4.ed. Revista e ampliada. São Paulo: Atlas, 2011.
ERBOLATO, Mário L. Técnicas de Codificação em Jornalismo. 5.ed. São Paulo: Ática, 2008.
FORNI, João José. Gestão de Crises e Comunicação: o que gestores e profissionais de comunicação precisam saber para enfrentar crises corporativas. São Paulo: Atlas, 2013.
KOTLER, Philip; ARMSTRONG, Gary. Princípios de Marketing. 9.ed. 3.ª reimpressão. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2006.
KUNSCH, Margarida Maria Krohling. Planejamento de Relações Públicas na Comunicação Integrada. 5.ed. revista. São Paulo: Summus, 2003.
_______. Gestão Estratégica em Comunicação Organizacional e Relações Públicas. 2.ed. São Caetano do Sul: Difusão Editora, 2009.
LAGE, Nilson. A reportagem: Teoria e Técnica de Entrevistas e Pesquisa Jornalística. 3.ed. Rio de Janeiro: Record, 2003.
MARSHALL, McLuhan. Os meios de comunicação como extensões do homem. São Paulo: Cultrix, 1964.
MOHERDAUI, Luciana. Guia de Estilo Web: produção e edição de notícias on-line. 3.ed. revista e ampliada. São Paulo: SENAC, 2007.
RAMALHO, José Antônio. Mídias Sociais na Prática. São Paulo: Elsevier e Campus, 2010.
REGO, Francisco Gaudêncio Torquato do. Comunicação empresarial / Comunicação institucional: conceitos, estratégias, sistemas, estrutura, planejamento e técnicas. São Paulo: Summus, 1986.
SAMPAIO, Rafael. Propaganda de A a Z: como usar a propaganda para construir marcas e empresas de sucesso. 3.ed. revista e atualizada. Rio de Janeiro: Elsevier, 2003. 9ª tiragem.
SANT ‘ANNA, Armando; ROCHA JÚNIOR, Ismael; GARCIA, Luiz Fernando Dabul. Propaganda: Teoria, Técnica e Prática. 8.ed. revista e ampliada. São Paulo: Cencage Learning, 2009.
SILVA NETO, Belmiro Ribeiro da Silva. Comunicação Corporativa e Reputação: construção e defesa da imagem favorável. São Paulo: Saraiva, 2010.
SODRÉ, Muniz; FERRARI, Maria Helena. Técnica de Reportagem: notas sobre a narrativa jornalística. São Paulo: Summus Editorial, 1986.
WILLIAMS, Robin. Design Para Quem Não é Designer. 2.ed. revista e ampliada. São Paulo: Callis Editora
Ltda., 2008.

OBSERVAÇÃO: A bibliografia sugerida não limita nem esgota o programa. Serve apenas como orientação para as bancas elaboradoras de provas e para os candidatos. Mas, normalmente as provas seguem bem à risca o que está nos livros, é bom ler o máximo possível!

LEIA O EDITAL COMPLETO

Resultado do concurso da Marinha*

Marinha_1

* Colaboradora: Jéssica Martins

Já faz uns dias que saiu o resultado da Marinha, mas não tinha conseguido postar. Aí quando fui ver hoje, tive uma surpresa maravilhosa: a Jéssica, leitora do blog e já aprovada no concurso da Aeronáutica (tem depoimento dela aqui no blog) foi a primeira colocada! Pulos de felicidades! Ela ainda me ajudou no ranking e na explicação de como ficaram as colocações, uma vez que tinha uma vaga reservada para negros/ pardos.

Parabéns aos aprovados:
– Jéssica Martins de Souza
– Bruno Braga Britto de Oliveira
– Vanessa Rosana S. da S. Oliveira

RESULTADO

resultado Marinha

 

 

 

 

 

EXPLICAÇÃO

Eram três vagas no total, sendo duas de ampla concorrência (AC) e uma de reserva de vagas. Segundo a lei, os negros/ pardos concorrem a todas as vagas e só ocupam a vaga reservada se não obtiverem nota para aprovação na AC. Jéssica, Bruno e Vanessa (os três primeiros colocados) se declararam negros. Jéssica ficou com a vaga 1, Bruno com a vaga 2 e Vanessa com a vaga reservada (mesmo se não houvesse reserva ela ficaria com a terceira vaga). O primeiro reserva de Ampla Concorrência é o Fábio (não cotista), seguido de Ralph e Rebeca. Já os reservas das cotas são Cibele e Camila. Ralph e Rebeca obtiveram mesma nota na prova e na redação, sendo o desempate feito pela idade do mais velho. Ohana e Rafaela também obtiveram as mesmas notas, tendo como desempate o mesmo critério.

Vale lembrar que na Marinha os critérios são:
1.Maior nota na prova de Conhecimentos Específicos
2.Nota de Redação é um “desempate” entre candidatos de mesma nota em Conhecimentos Específicos
3.Se persistir o empate, o desempate é feito pela data de nascimento, ficando melhor colocado aquele que for mais velho.

Para calcular a nota da prova é preciso apenas multiplicar o número de acerto por 2. Sendo assim, quem acerta 25 questões fica com nota 50, por exemplo.

As próximas etapas agora são Exame de Saúde e Teste físico. O Curso de Formação se iniciará no dia 09 de março.