Bibliografia

 

Esta é uma indicação bibliográfica feita com a ajuda de leitores do Jornalistas Concurseiros. Se você tem outras sugestões de bons livros, manda para o meu e-mail (jornalistas.concurseiros@yahoo.com.br) com sua opinião de leitura!

TEORIAS DA COMUNICAÇÃO E DO JORNALISMO
* BARROS FILHO, Clóvis. Ética na Comunicação da informação ao receptor. São Paulo: Moderna, 1995.
OPINIÃO DO LEITOR: “Eu gosto muito desse livro, explica muito sobre teorias de comunicação e jornalismo. Parece que é sobre ética, mas tem muuuuuuuito de teoria”. Natália

* ARAÚJO, Ellis Regina e SOUZA, Elizete Cristina de. Obras jornalísticas: uma síntese. Brasília: Vestcon, 2007.
OPINIÃO DO LEITOR: “Faz um resumo de muitas teorias que eu pessoalmente não tinha ouvido falar na faculdade, acho legal para concurso”. Natália

* FRANÇA, Vera Veiga. pp 151-170. Teorias da Comunicação: conceitos, escolas e paradigmas. 8 ed. Petrópolis: Vozes, 2008.

* WOLF, Mauro. Teorias da comunicação. Lisboa: Presença, 1999
OPINIÃO DO LEITOR: “Um clássico, vai mais fundo nas principais teorias”. Natália

* MCLUHAN, M. Os meios de comunicação como extensões do homem. São Paulo: Cultrix, 2005.

* PENA, Felipe. Teoria do jornalismo. São Paulo: Contexto, 2008.
OPINIÃO DO LEITOR: “É bem focado no jornalismo e não em comunicação, como os outros”. Natália

OPINIÃO DO LEITOR: “Muito bom! Traz, além das teorias, abordagens sobre aspectos básicos do jornalismo (notícia x reportagens, fontes, ética, etc). Mas vale ressaltar, como disse a Natália, que aborda apenas as teorias do jornalismo (Gatekeeper, Teoria do Espelho, Newsmaking), não da comunicação (Teoria Crítica, Teoria Hipodérmica, Escola de Chicago)”. Mariana Mazza

* MATTELART, Armand; MATTELART, Michèle. História das teorias da comunicação. São Paulo: Loyola, 1999. 220 p.
OPINIÃO DO LEITOR: “Confesso que a leitura não é fácil, mas esse bendito CAI NAS PROVAS! Ele esmiúça bem as principais teorias da comunicação e é importante nos estudos. Tem que ter paciência e concentração para lê-lo, mas vale a pena!”

HISTÓRIA DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO
* ARAÚJO, Ellis Regina e SOUZA, Elizete Cristina de. Obras jornalísticas: uma síntese. Brasília: Vestcon, 2007.
OPINIÃO DO LEITOR: “Eu uso principalmente a parte de histórias dos MCM”.  Monise

REDAÇÃO JORNALÍSTICA
* MUNIZ, Sodré. Técnicas de Reportagem. São Paulo: Summus, 1987.
OPINIÃO DO LEITOR: “Acho importantíssimo. Tem muitas classificações para textos e reportagens”.  Natália

* LAGE, Nilson. A Reportagem: teoria e técnica de entrevista e pesquisa jornalística. Rio de Janeiro: Renovar, 2001.
OPINIÃO DO LEITOR: “Leitura obrigatória na faculdade, porque o homem é considerado o papa (e um dos únicos) a estudar os aspectos da reportagem”. Mariana Mazza

* ERBOLATO, Mario L. Técnicas de Codificação em Jornalismo. 5ª edição. São Paulo: Ática, 2001.
OPINIÃO DO LEITOR: “Apresenta tipos de entrevista, critérios de importância da notícia, sistemas de fechamento de edição”. Anderson Lima

TELEJORNALISMO
* BARBEIRO, Heródoto. Manual de telejornalismo. R.J. Campus. 2003.
OPINIÃO DO LEITOR: “Está sempre nas referências dos concursos e seu sistema de tópico faz com que ele seja utilizado com frequência pelos examinadores”. Fernando

* BISTANE, Luciana; BACELLAR, Luciane. Jornalismo de TV. São Paulo: Contexto, 2006.

* BUCCI, Eugênio; KEHL, Maria Rita. Videologias. São Paulo: Boitempo, 2004.

RADIOJORNALISMO
* BARBEIRO, Heródoto e LIMA, Paulo Rodolfo de. Manual de Radiojornalismo, produção, ética e internet. Rio de janeiro. Campus, 2003.
OPINIÃO DO LEITOR: “É mais focado na prática, como deve ser o textos, os papeis do repórter, do editor-chefe, e por ai vai.” Natália

* FERRATO, Luiz Artur. Rádio: o veículo, a história e a  técnica. Porto Alegre: Sagra Luzzatto, 2000.
OPINIÃO DO LEITOR: “Tem mais a ver com a história do rádio”. Natália

WEBJORNALISMO E MÍDIAS DIGITAIS
* FERRARI, Pollyana. Jornalismo digital. São Paulo: Contexto, 2008.
OPINIÃO DO LEITOR: “Excelente para entender o início da webjornalismo no Brasil e modelos de webjornalismo”. Natália

* RAMALHO, José Antonio. Mídias sociais na prática. Elsevier, 2010.
OPINIÃO DO LEITOR: “O livro é como um guia e bem fácil de ler e entender”. Jéssica Martins

* SANTAELLA, Lucia; LEMOS, Renata. Redes sociais digitais: a cognição conectiva do Twitter. São Paulo: Paulus, 2010.
OPINIÃO DO LEITOR: “Bom para entender do Twitter”. Natália

ASSESSORIA DE IMPRENSA
* DUARTE, Jorge (org). Assessoria de imprensa e relacionamento com a mídia: teoria e técnica. Atlas, 2002.
OPINIÃO DO LEITOR: “Esse livro sempre cai em concursos é muito bom para entender ferramentas e conceitos de AI”. Natália

OPINIÃO DO LEITOR: “Vale super a pena”.  Priscilla

* KOPPLIN, Elisa, FERRARETTO, Luiz Artur. Assessoria de imprensa: Teoria e Prática. Porto Alegre: Sagra-DC Luzzatto, 1993.
OPINIÃO DO LEITOR: “Livro compacto, mas que contém bastantes explicações e conceituações. Gostoso de ler e barato”. Jéssica Martins

OPINIÃO DO LEITOR: “Sempre cai nos concursos!”. Mariana Mazza

*MAFEI, Maristela. Assessoria de imprensa – Como se relacionar com a mídia. São Paulo: Contexto, 2007.
OPINIÃO DO LEITOR:  “Bem completo e explicativo, contem histórico e como agir em determinadas situações. É caro mas acho que vale a pena”. Jéssica Martins

* ASSAD, Nancy Alberto & PASSADORI, Reinaldo. Media training: como construir uma comunicação eficaz com a imprensa e a sociedade. São Paulo: Editora Gente, 2009.
OPINIÃO DO LEITOR: “Tem coisas sobre AI, mas é mais focado em entrevistas mesmo”. Natália

COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL/ EMPRESARIAL
* PALMA, Jaures. Jornalismo empresarial. Porto Alegre: Sagra, 1994.

* REGO, Francisco Gaudêncio Torquato do. Comunicação empresarial / Comunicação institucional. São Paulo: Summus, 1987

* KUNSCH, Margarida Maria Krohling. Comunicação organizacional – Vol. I – Histórico, fundamentos e processos. São Paulo: Saraiva, 2009.
OPINIÃO DO LEITOR: “A Kunsch me parece a principal autora brasileira sobre o tema, então é muito importante para entender de planejamento estratégico, fluxo de comunicação dentro das empresas, mais ligado a RP”. Natália

* KUNSCH, Margarida Maria Krohling. Planejamento de relações públicas na comunicação integrada. São Paulo: Summus, 2003.
OPINIÃO DO LEITOR: “Os livros dela são voltados mais pra RP que a nossa área. É interessante conhecer, principalmente quando o concurso pede conhecimento em comunicação integrada ao invés de comunicação empresarial simplesmente”. Lorena

* MATOS, Gustavo Gomes de. Comunicação empresarial sem complicação: como facilitar a comunicação na empresa, pela via da cultura e do diálogo. Barueri, SP: Manole, 2009.

* TORQUATO, Gaudêncio. Tratado de Comunicação. Organizacional e Política. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2002.
OPINIÃO DO LEITOR: “A linguagem é simples, o livro é bem organizado (fala de assessoria, comunicação organizacional, media training), um pouco de tudo. Ele dá exemplos que trazem a teoria pra prática. É bem interessante pra quem pretende estudar comunicação empresarial (ou organizacional)”. Lorena

OPINIÃO DO LEITOR: “Muito citado em concursos. O livro é bom e de leitura fácil, mas é bom pegar capítulos específicos para estudar para a prova, pois tem muitas outras coisas que ele aborda e que normalmente não caem”. Mariana Mazza

MARKETING E RELAÇÕES PÚBLICAS
* KOTLER, Philip; KELLER, Kevin Lane. Administração de Marketing: A Bíblia do Marketing. Prentice Hall Brasil, 2006, 12a edição. 776p.
OPINIÃO DO LEITOR: “Tem um capítulo muito bom que fala sobre RP e Marketing”. Raquel

OPINIÃO DO LEITOR: “É muito bom para consultar conceitos relativos ao Marketing”. Mariana Mazza

PRODUÇÃO GRÁFICA
* SILVA, Rafael Souza. Diagramação: o planejamento visual gráfico na comunicação impressa
OPINIÃO DO LEITOR: “É difícil achar livros sobre o assunto, esse é bastante completo fala sobre fontes, publicação de livros, jornais, revistas”. Natália

PUBLICIDADE E PROPAGANDA
* MARTINS, Zeca. Propaganda é isso aí: um guia para novos anunciantes e futuros publicitários. São Paulo: Futura, 1999.

* MARTINS, Jorge Eduardo. Redação publicitária: teoria e prática. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1997.

7 opiniões sobre “Bibliografia”

      1. São estes assuntos:1 Aspectos históricos da produção cultural no Brasil e no Rio Grande do Norte
        2 Ação cultural e sociedade
        3 Políticas públicas na área Cultural
        4 Administração cultural
        5 Planejamento em projetos culturais
        6 Dispositivos de legislação e fomento no campo da produção cultural no Brasil
        7 Infra-estrutura e políticas culturais na UFRN
        8 Produtos culturais, proteção e conservação do patrimônio histórico e artístico
        9 Propriedade intelectual e direitos autorais
        10 Política Cultural e Ética
        11 Avaliação de projetos culturais
        12 Indústria cultural, globalização e diversidade cultural.

  1. Olá! Estou interessada em fazer concurso na área de comunicação social – audiovisual, mas é aquela coisa, tô meio perdida kkk
    tem algum livro que poderiam me indicar que geralmente cai em concursos dessa área?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informações e dicas para jornalistas que buscam uma vaga no serviço público

%d blogueiros gostam disto: