ibge

Concurso do IBGE: como foi?

ibge

E eis que chegou o dia do tão esperado concurso do IBGE! Hoje (10) muitos de vocês fizeram a prova e como era um concurso que eu estava inscrita, mas não fui fazer a prova, estou com curiosidade dobrada!

Me contem o que acharam, quais foram as matérias mais difíceis (tava todo mundo com medo de Português e RL), o que caiu em “Jornalismo de Dados”… Quero saber tudo!

Fiquem à vontade, o espaço é de vocês!

9 opiniões sobre “Concurso do IBGE: como foi?”

  1. Ihhhh Mazza. Odeio fazer previsões antes de conferir o gabarito oficial, mas vamos lá! A meu ver, a prova estava bastante condizente com o que pediu no edital.

    Português cobrado pela FGV é diferenciado, mas não senti que o nível de dificuldade foi tão exagerado quanto em outros certames.

    Língua Inglesa foi bem chatinho, pois tinham dois textões para leitura, compreensão e interpretação. Vi poucas questões de gramática, o que exigiu bastante concentração na hora de resolver essas 10 perguntinhas. O segundo texto veio de um artigo do The Economist sobre Pesquisa com Dados. Beeeeem específico e técnico (uó, rsrs).

    Raciocínio Lógico, ao contrário do que disseram eu achei tranquilo em relação ao que foi cobrado no edital. Quem estudou, percebeu que o IBGE exigiu que a FGV fizesse uma prova meio a meio: RLM e Métodos Quantitativos, que é estatística no fim das contas. Eu tive isso na faculdade, mas sou de “humanas” rsrs Então foi a disciplina que tirei as piores notas. Tive que estudar tudo de novo. Preferi fazer um cursinho online que me ajudou bastante. Quem se dedicou nisso deve ter feito um notão, pois não estava tão dificil. A maioria das provas que pede Estatística são para Auditor, etc. Então, comparado a elas, foram questões “tranquilas”. Bastava mesmo saber o raciocínio.

    A parte específica foi bem legal de fazer. A banca cobrou muita coisa que estudei. Inclusive, optei por ir além de alguns tópicos como “jornalismo comunitário” e ler leis específicas a esse respeito. Acabou que foi cobrado. Sobre jornalismo de dados, havia uma questão que pedia para identificar a técnica de apuração com dados exemplificada no enunciado. Outra falou sobre o GoogleSheets. Lei de acesso à informação vi sendo cobrada na letra da lei. Como “padrão FGV”, tivemos muitas questões pedindo para avaliar uma situação e assinalar a solução para ela, na área de assessoria, televisão, etc. Senti falta de Teoria da Comunicação. O máximo que lembro de ter sido cobrado foi critérios de noticiabilidade…

    PS: morrendo de curiosidade pelo gabarito!!

  2. De modo geral, não achei a prova tão fácil. Mas considerando a concorrência e o tamanho do concurso, realmente o nível de exigência não poderia ser muito diferente.
    Achei que Português estava bem no padrão FGV, questões mais um pouco mais complexas e não tão óbvias. Inglês foi uma surpresa positiva, achei tranquila. Mas quando cheguei em Raciocínio Lógico, bateu um desespero básico que me desestabilizou. Sabia pouquíssimas questões, precisava ter estudado mais e melhor para resolvê-las. Já Conhecimento Específico não estava fácil, nem impossível. Tive bastante dúvida em algumas questões…

  3. A prova de português estava boa, a melhor de todas. Nada de charge, nem de enunciados capciosos, só uma ou outra, mas sem maiores dificuldades. Inglês e raciocínio, pula. Na específica, como falou o Goulart de Andrade, digo, de Almeida, em relação ao tão temido “jornalismo de dados”, só o básico uff. Teoria, realmente, valor notícia, apenas, o que também está de bom tamanho para um cargo tão específico. E em relação a ele, questões realmente atualizadas, mais em nível de assessoria mesmo do que técnicas, propriamente. Como um todo, provas muito bem formuladas, inclusive as de inglês e raciocínio…

  4. No geral achei uma pova bem tranquila. O que não quer dizer fácil. Foi coerente com o edital e acho que dá para fazer um notão com aquelas questões. Achei português a mais tranquila, uma ou outra casca de banana, que com um olhar mais crítico dava para perceber – eu mesmo caí em uma e estou com ódio até agora. Inglês, para mim, foi a grata surpresa. Os textos eram longos sim, mas a interpretação era fácil e mesmo não sabendo o vocabulário específico dava para deduzir pelo contexto e pelas alternativas. RL foi tensa. Acredito que vá ser minha pior nota. Quem se dedicou à estastítisca se deu bem, mas achei de média para dificil. Por fim, a parte específica foi bem o que se espera de uma prova,questões fáceis, médias e dificeis. Muito jornalismo digital e mídias sociais, conforme o edital. Acredito que os aprovados fazem tranquilamente acima de 90% da prova o que, infezlimente, não será meu caso 😉

  5. Prova excelente e muito inteligente. FGV é fera.É a melhor prova para fazer, igual BNDES. Quem não sabe, erra mesmo. Não tem decoreba. Li livros muito bons, Midias Sociais da Recuero (não sabia se ia cair nós e clusters), Pollyana Ferrari, Mídias Sociais de Wilson Bueno e Ecologia da Santaella, e ainda a apostila de Jornalismo de Dados, MKT do Kotler, a Bíblia do MKT Digital e Assessoria do Jorge Duarte. Fiz dois cursos de planejamento de mídias e de SEO. Acredito que a experiência na área tb ajudou bastante. Deu para fazer muitos pontos em específicas. Não consegui terminar a prova porque passei mal, comecei a tremer e fui ao banheiro vomitar de stress…rs e fui embora…rs só fiz uma hora e meia de prova, infelizmente. Ganhei três recursos de quatro, valeu para a galera que entrou! Abs

  6. Achei bacana também a banca cobrar legislação de jornalismo comunitário(ainda bem que trabalhei na Viva Rio…rsrsrs…) e de Acesso a Informação, embora tenha um certo erro se compararmos com o Decreto. Abs.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s