Depoimento: João Paulo Biage

joao_paulo2Sabe o Julius, o personagem pai do Chris, naquela série “Todo Mundo Odeia o Chris”? Ele passava o dia se matando em dois trabalhos para poder sustentar a família. E é assim que João Paulo Biage se definia trabalhando como jornalista: sempre entre dois trabalhos para ter o salário que valesse por um! (Eu ri com essa comparação, viu? Kkkkkk)

Mas quando se viu sem um dos empregos, casado e com filho, decidiu que era hora de começar a estudar! Em pouco menos de um ano, mas com muita batalha, acaba de comemorar a aprovação como 3º colocado no concurso da Fundação Universidade Brasília (FUB), dentro de número de vagas oferecidas! Ele também foi o 2º lugar no processo seletivo do Ministério da Justiça.

O João Paulo topou na hora o convite para escrever um depoimento para o blog (pediu só para se recuperar da comemoração! kkkkkkkk). Ele traz vários detalhes da sua rotina intensa de estudo, dá dicas de alguns materiais que utilizou e destaca suas estratégias para conseguir a aprovação! E ainda traz aquelas diquinhas básicas de como sobreviver às provas do Cespe!

Parabéns por suas conquistas, pela sua determinação! Que venha logo a convocação e outras aprovações, se decidir continuar tentando se dedicar a outros concursos. E obrigada por dividir conosco sua história!

“Bom, vamos lá…

Minha história como concursando começa em dezembro de 2014. Na maior parte da minha curta carreira como jornalista, eu trabalhei em dois empregos (Julius – Todo Mundo Odeia o Chris) e não tinha tempo para estudar. Nem tempo, nem interesse. Lá em 2014, quando minha esposa tornou-se servidora pública, fiz uma promessa para ela: eu iria estudar para concursos assim que estivéssemos casados. Não cumpri! Casamos em agosto de 2015 e fiquei enrolando até dezembro.

Pois bem. Uma das agências que eu trabalhava fechou e, como eu estava lá como prestador de serviço, não tinha mais o que receber. Com o desespero, veio a solução – eu tinha que me matar de estudar para passar em um concurso. E logo! Eu tinha pouco tempo de casado, uma casa, uma esposa e um filho. Então, comecei a estudar.

O edital para o concurso do CNMP acabara de sair. Peguei e comecei por ele. Minha esposa me deu um curso no Estratégia Concursos e assinei o Questões de Concurso. No começo, eu estudava cerca de 6-7h por dia. Acordava cedo e começava a labuta. Trabalhava a tarde e voltava a estudar pela noite. Sábados eram dedicados aos simulados e provas. Descansava aos domingos.

O resultado não foi o esperado. Tirei uma boa nota em Conhecimentos Básicos, mas não fui bem como esperava em Específicas. E aqui vai uma dica: o material do Estratégia é bom, está longe de ser ruim, mas é muito raso. Aborda questões básicas, mas é muito complicado ficar só nele. Não tem como. Temos que recorrer aos livros. O meu guruzão foi o “Obras jornalísticas” – não subestime-o. Ele é ótimo, apesar de batido.

Eu tenho uma forma de estudo: escrevo tudo! Eu faço resumos de todos os assuntos e tento fazer esquemas dos mais complicados.

Passado o concurso do CNMP, ficamos um período enorme sem nem sinal de concursos. Como sabia que ia sair STJ, me dediquei a ele. Tentei – e consegui – gostar de Constitucional e Administrativo. Continuei me dedicando ao meu maior amor nos estudos: Português. E fui me aperfeiçoando em matérias de Comunicação Social. Fiz um esquema de estudos. Todas as segundas e quintas eu estudava Português e Administrativo. Terças e sextas era Constitucional e Jornalismo. Nas quartas, eu tentava estudar Informática (ODEIO!). Ah, eu estudava em casa. Assistia a diversas vídeo-aulas, anotava tudo e fazia exercícios. Sim, todos os dias!

Eu fazia muitas questões, principalmente do Cespe, 500, 600 questões por mês. Repetidas, também, pois eu percebia que muitas delas caiam de forma parecida em diversas as provas. Poucos dias antes da prova, fiz 4 aulões em um cursinho aqui de Brasília (IMP). E o principal: revisei tudo na véspera da prova. Peguei folga no trabalho e usei quinta, sexta e sábado para revisar tudo. MAS TUDO MESMO! E foi crucial. Muita coisa que acertei foi fruto dessa revisão. Eu via as questões e estava tudo fresquinho na minha cabeça. Acredito que estudar de véspera é fundamental – aprendi com os professores João Trindade, Emerson Caetano e com minha esposa.

Outro ponto que eu considero extremamente importante é colocar em prática o que foi aprendido na faculdade. Trabalhar, seja remunerado ou não, é essencial. Seja em assessoria, rádio, TV, jornal. Seja lá onde for… se você trabalhar com aquilo, viver aquilo diariamente, já é um conteúdo que você domina, que você sabe do que se trata. Você mata umas 10 questões só com o que você aprende no dia-a-dia como jornalista. Facilita o resultado.

E, por fim, não deixem Português de lado. Estudem, saibam tudo! Encontrem uma maneira de que Português seja seu aliado. É a matéria base, a mais importante de todas! “Ah, mas tem matéria mais importante?”. Tem! Tem 10, 15 questões de português em todas as provas. Além disso, é ele quem te faz entender uma série de questões de Direito e Raciocínio Lógico. Sem contar na redação. Na prova da FUB, eu perdi só 1,5 pts na redação e foi isso que fez eu ter uma posição boa.

Então é isso. Com essa metodologia, eu consegui ter um bom desempenho na FUB e no Processo Seletivo Temporário do Ministério da Justiça (fui o 2º colocado) e, se Deus quiser, terei em outros processos seletivos. Então, foco no foco e tenham fé (seja lá qual for sua crença)! A recompensa vem, podem ter certeza.”

9 opiniões sobre “Depoimento: João Paulo Biage”

  1. Parabéns João!!
    Gostei do esquema de estudos, vou adotar, estudar todas as matérias no mesmo dia não funciona pra mim, faço Pq dizem que é o melhor jeito, vc mostrou que não é bem assim!!

  2. Parabéns João!!!! Dedicação e força de vontade movem nossas vidas!
    Eu também uso muito o questões de concursos. Acho ótimo. Meu foco não é concurso de jornalismo, mas sempre que aparece um que me interesse eu vou e faço.
    Apesar de achar o QC muito válido, há casos em que fico em dúvida nas questões e não fica complicado sanar a dúvida devido aos poucos comentários do site nas questões específicas de comunicação.
    Se for possível, Mariana, o que acha de criar no seu site uma espécie de fórum de questões… Cada um que quando tiver estudando ficar em dúvida em uma questão traz ela para o site. Quem puder ajuda a responder com comentários, dica de bibliografia, questões parecidas etc. Acho uma dica boa.
    🙂

  3. Oi!

    Gostei muito da história, parabéns João!

    Porém tenho dúvidas: o QC é um site, certo? Ou é um curso dentro do Estratégia?

    Onde compro o livro “Obras Jornalíticas”? Autor? Não encontro…

    Espero que possam me ajudar, obg! 🙂

    1. Sim, Lud. O QC é um site com questões de concursos em diversas áreas. Ótimo para treinar.

      E o Obras Jornalísticas eu achei na internet, mesmo. Joga no google que vc encontra.

      =)

  4. Nossa João… Sem palavras! Pô, mais que parabéns! Acho que é isso mesmo! É decidir de verdade e correr atrás; virar a chave. Talvez esse tenha sido um dos meus problemas: eu quero, mas sabe como é… Surge uma oportunidade aqui, um jornal ali pra fazer, um trabalho massa lá e… Sem tempo. Até a hora em que tudo fica nebuloso e bate o desespero, momento este beeem distante da concentração e dos pés no chão!

    Agradeço demais, por mim e por todos os leitores dessa pessoa também tri especial, que é a Mari, por ter escrito pra gente!

    Mais um ano… Espero que, pelo menos nesse ponto de desistência ou de falta de insistência ou definição (sei lá…), eu não mantenha as mesmas atitudes!!!

    Parabéns 2016 vezes!!! Sucesso pácas pra ti!!

    bjão

    Bjão Mari, tudo de melhor pra ti também!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s