Prova da Câmara do RJ: como foi?

cansadaHoje (30), até que enfim chegou o então esperado dia da prova da Câmara! Engraçado que até esse dia chegou, mas agosto não chegou ainda… Mas vamos ao que interessa!

Demorei pra fazer o post porque fiquei exausta depois de 70 questões! Juro, só me dei conta da quantidade quando cheguei lá, porque ficava só contando quantas questões tinha de cada matéria e na minha cabeça não dava essa noção das 70!

A prova em si não estava difícil! Aliás, tinham muitas questões absurdamente fáceis! Tão fáceis que às vezes a gente acaba errando por achar que está óbvio demais! É assim que sinto sempre que tem essas bancas que cobram o assunto de forma mais “rasa”. Mas vamos a uma pequena análise por matérias:

PORTUGUÊS

A prova tinha textos pequenos e de fácil entendimento. E ó, o do preconceito linguístico foi um tapa na cara de quem acha engraçado o meu “oxe” e o meu “visse”! kkkkkkk! Mas é sério, a prova estava tranquila, a parte de gramática bem direta e a de interpretação eu fiquei só com umas dúvidas por conta dessa banca mesmo!

INFORMÁTICA

Dando graças aos céus de ter conhecido o professor Renato da Costa, do Concurso Virtual! Pegando as questões das provas anteriores dava para saber mais ou menos o que a banca cobrava e com as explicações dele, ficou batata fazer a prova! Porém tem uma questão que acho que vai ser anulada, por erro de digitação (tinha um “:” onde deveria ter um “;” e assim ficou sem resposta certa) …

ATUALIDADES

Foi certeira nos textos indicados na bibliografia, além de uma questão da Constituição do RJ que achei maldade ter aqui… Claro que era difícil ler tudo, mas achei bom ao menos que aquelas indicações não foram do nada! Outro professor que ajudou muito aqui foi o Orlando Stiebler, também do Concurso Virtual, que deu uma geral sobre os principais textos, além de trazer vários assuntos da atualidade que poderiam ter caído.

ÉTICA

As do Código de Ética achei fáceis, mesmo para quem não estudou dava pra pensar um pouco. A da Lei de Improbidade também. A do Código Penal achei sacanagem, estudar tanto “peculato” e “concussão” para cair na casca de banana de “falsidade ideológica” (que, agora sei, é diferente do crime de “falsa identidade”)… =( Não caiu nada da Lei 8.666, ainda bem que no edital tinha só uma parte dela para estudar!

PROCESSO E PODER LEGISLATIVO

Aqui o bicho começou a pegar! Pra que entender como funcionam os processos de votação das leis se a banca vai cobrar prazo? Tanta coisa interessante na Lei Orgânica para perguntar e ficaram no detalhe da decoreba! E Regimento Interno? Não imaginei que cairia tantas questões… Agora me diga: pra que em prova de jornalista ter duas questões de Código de Administração Financeira e Contabilidade Pública? Muita maldade no coração dessa banca! Mas tava no conteúdo programático, né? De toda forma, pelo que olhei por alto deu até para acertar algumas questões, muitas conseguindo eliminar as alternativas de alguma forma, o que ficou mais fácil chegar à resposta!

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

A prova teve muitas questões muito fáceis! Algumas outras não eram difíceis, mas as respostas davam margem a dúvidas. E sim, caíram muitas questões tiradas diretamente da bibliografia indicada. E sim duas vezes: Bourdieu caiu em três delas! Arrependida de não ter ouvido minha amiga Gabi quando eu indaguei se ela não achava que esse era um livro muito para mestrado e que essa banca não cobraria e ela disse: “Amiga, o livro é fininho. Vale a pena ler!” E eu? Não li! Pode brigar comigo, Gabi, mas era ler o livro ou estudar as 50 milhões de leis… Teve Traquina, Paternostro e mais um ou dois dos livros citados que foram cobrados bem na cada dura, dizendo que estava sendo cobrado o pensamento do autor. Mas como no geral da prova, muitas das questões acho que deu para fazer pela lógica, pela eliminação.

Enfim, esse foi um resumão geral do que achei da prova no cargo de Jornalismo. Daqui a dois dias tem o gabarito e faço um novo post pra gente ver se as impressões se confirmam. E vocês, o que acharam da prova? E dos outros cargos? Alguém de Audiovisual por aí? Tô muito curiosa pra saber como foi a prova de vocês!

38 opiniões sobre “Prova da Câmara do RJ: como foi?”

  1. Foi perfeita sua análise. E como vc disse tinha umas cascas de banana. Fiquei na dúvida em algumas, uma em especial, dizia o que é mais adequado em.uma entrevista de TV… A opção que achei menos absurda foi deixar o entrevistado inseguro ler as respostas…
    Caiu alguma assim pra vc? O que marcou?

    1. Fiquei na dúvida também nessa, mas marquei a que você falava as perguntas previamente ao entrevistado. Foi a que vi ainda alguma lógica, pensando que em TV o tempo de resposta é curto e o candidato saber previamente o assunto ajuda-o na hora de dar uma resposta mais concisa.

      1. Era isso mesmo Mari 🙂 naquele livro ‘curso de vídeo da bbc’ falava exatamente assim!

      2. Marquei a opção que falava sobre fazer um ensaio com o entrevistado. No livro da BBC também falava sobre isso, que num ensaio o entrevistado ficaria mais relaxado e que se a gravação ficasse boa, nem precisaria fazer a entrevista “a vera”. Agora estou confusa com os comentários de vocês! rs

  2. Oi Mari !!
    Em relação a informática eu concordo muito e já comecei o dia comprando o pacote do RC (nosso Rei da informática) no Concurso Virtual !
    E nada de descanso !
    Voltemos aos trabalhos !!!

    Agora .. To louca pra saber a questão de latim .. Kkkkkkk

    1. Pois é, Duda! Eu tava pensando em curtir só férias, mas ainda tem a segunda etapa! Não dá pra relaxar de vez!

      E a aula de informática vale mesmo a pena! Você vai adorar!

  3. Concordo com a sua análise, achei a questão da CF Estadual judiaria! Tinham muitas questões específicas tiradas da bibliografia. Agora, estou com uma dúvida: tinha uma questão sobre Crime/ Infração do Prefeito (Decreto 201) que não estava no edital, ou estava? Olhei tudo e não vi! Ps: a do latim marquei solis.

  4. Mari assino em baixo do que vc falou! Fiquei mega chateada pq só deixei de ler um livro da bibliografia indicada e caíram várias questões rs O livro do Traquina 😦 muitas questões eu consegui chutar, mas as duas últimas eu nem fazia ideia. Achei a prova bem estranha e pelas outras da banca que eu vi a lparte de poder legislativo e ética mudou demais.
    Agora é bola pra frente! Espero ter feito pelo menos 60% pra fazer a segunda. E vou decorar todos os prazos também hahahaha
    E como faz pra saber o que eles vão cobrar de constituição na específica? Só Jesus pra ajudar rs

  5. Mariana, você sabe quando serão liberadas as notas e qual o dia da prova de release? o gabarito sai amanhã.

  6. Colegas, todos os que atingirem o mínimo em cada disciplina (20%) e 60% do total irão para a prova prática? É isso mesmo que eu entendi do edital ou tem um quantitativo que eu não achei? Desde já agradeço as manifestações e boa sorte a todos!

  7. Olá. TB fiz a prova e estudei no concurso virtual. Concordo c VC. minha área eh audiovisual. O problema das provas fáceis é que exige mais atenção. Um erro pode ser fatal…

  8. E respondendo a sua pergunta: o audiovisual assim como a prova de sonoplastia foram muito fáceis no tocante a conhecimentos específicos. Pior mesmo foi conhecimento legislativo e atualidades.

    1. Fiquei bem em dúvida se faria audiovisual (sou formada em Rádio e TV também), mas tinha mais confiança nos assuntos de jornalismo mesmo!

      1. Também fiz a de audiovisual. Achei fácil, mas me ferrei um pouco nas coisas muito específicas de iluminação… O pior foi legislação mesmo… Mto decoreba. Concordo com sua análise. Audiovisual ainda tem uma prova prática pela frente.

  9. Provas como essa me deixam um pouco chateada porque nos preocupamos em compreender todo o funcionamento do órgão e do processo legislativo e eles perguntam decoreba! Poxa.. Realmente Conhecimento Específico estava bastante tranquilo.
    Aguardando o gabarito com aquele sentimento de não saber exatamente se quero ver!

  10. Oi Mari.
    Sua analise é exatamente o que eu pensei qdo sai da prova. Realmente algumas eram tão fáceis que não acreditei, já outras eram pra matar (parte de lei rs). Mas no geral foi uma prova tranquila. Confesso que achei essa banca meio estranha. Parece que faltava algo.
    E o único livro que eu não tbm li foi Bourdieu. Isso me frustou um pouco, pq foi mais de uma questão sobre.
    Agora é esperar resultado e continuar na luta. Uma hora vai 🙂

  11. Pessoal bom dia! Achei a prova fácil! As questões de Língua Portuguesa não estavam tão desgastantes quanto outros concursos. Tenho que dizer que os cursos do Concurso Virtual me ajudaram muito no processo todo. Informática, que é um saco de estudar, dessa vez consegui fazer com mais conhecimento, muito distante de outras provas, que optava pelo chute.rsrs.

    Para mim, desde o início estava claro que legislação, regimento e estatuto arrebentariam. De fato! Confesso que essa foi a parte mais desgastante do edital. E Bourdieu é minha próxima leitura. Esse cara é figura carimbada em nossas provas mesmo! rsrs.

  12. Eu saí da prova achando um pouco tranquila, mas como não estudei muito fiquei insegura principalmente em atualidades e processo legislativo. Conferindo o gabarito tirei 59 pontos… torcendo por uma anulação agora rs… Mas fiquei feliz com o resultado do meu primeiro concurso pra jornalista.

  13. Acho que tem pelo menos três erros que eu pude identificar: na questão de função, na parte de informática, me parece que não há questão certa; na questão específica, que pergunta a estratégia do relato noticioso, embasado na objetividade,a partir de critérios de interesse público, a resposta deveria ser Lide, mas no gabarito está perfil; e na questão sobre o press kit, pode-se dizer que: a questão correta deveria ser presta-se geralmente a fornecer ao jornalista o maior embasamento possível para a
    confecção de matérias

    1. Rafael, essa questão de informática acho que vai ser anulada mesmo. A do press kit é recurso certo, a resposta correta é letra A, foi tirada do Dicionário de Comunicação de Rabaça e Barbosa. E essa do lide, a resposta era essa mesmo, acho que você olhou errado o gabarito, não?

      1. Mariana, fiz a prova 4 de comunicação, nela a questão é a 43 e está com gabarito letra C, já nas outras provas o gabarito está correto indicando a letra D.

      2. Entendi. Então fica tranquilo que vai mudar com certeza, mas de toda forma, impetre com recurso!

  14. Rafael e Mariana. O gabarito Lide está errado só na prova 4. Colocaram letra C (perfil). Nas provas 1, 2 e 3 está o gabarito correto, letra D (lide). Acho que vale ligar para a banca e comentar o erro.

    1. Maria, obrigada pelos esclarecimentos. Vai ter que entrar com recurso mesmo, qualquer alteração no gabarito (mesmo um erro claro da banca) só será feita a partir das solicitações de lá. Mas esse é certo que será aceito.

      1. Oi Mariana, acredito que não será preciso, nesse caso.Falei com eles por telefone e eles já me disseram que farão a alteração. Até amanhã a retificação estará no ar. =)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s