Conheça os cinco erros mais cometidos pelos candidatos

Colaboradora: Sâmila Avilar

A aprovação em concursos públicos é sonho de profissionais de diversas áreas e, entre eles, estão os jornalistas. Além de atuar na carreira que escolheram para trilhar, os concursos oferecem aos aprovados estabilidade e remuneração bem interessantes. É justamente por apresentar tantas vantagens que os concursos para jornalistas são cada vez mais concorridos e exigem alta preparação dos candidatos. É por isso que dedicar-se com afinco aos estudos não é o suficiente para garantir a aprovação: é preciso estar atento para não cometer erros comuns que podem adiar a tão esperada aprovação. Então, saiba quais são esses erros para fugir deles e ter sucesso nas provas:

1 – Não ler o edital

Engana-se quem pensa que todos os editais de concursos são iguais e, por isso, dispensam a atenção do candidato. É por meio desse documento que o concurseiro terá acesso não só às informações principais da prova, como data, horário e local, mas também ficará ciente de peculiaridades que podem contribuir – e muito – com a aprovação. Nesse sentido, leia com muita atenção todo o edital, faça uma cópia do conteúdo programático e não poupe anotações em relação aos pontos que considerar importantes.

2 – Estudar de modo desequilibrado

Por ser mais confortável, muitos candidatos acabam por dar muito mais ênfase ao estudo das disciplinas com as quais possuem mais afinidade – e essa decisão é bastante perigosa. Para a aprovação, é fundamental estudar de maneira aprofundada, abrangente e equilibrada todas as matérias. Para as provas com conteúdos específicos, recomenda-se estudar algumas horas a mais, ao invés de remanejar o tempo de estudo.

3 – Não contar com outros concurseiros

É fato que a concorrência é o fator que mais complica a vida dos candidatos a concursos públicos. No entanto, perde o concurseiro que não troca ideias, dicas e orientações com outros estudantes. O compartilhamento de informações contribui com a bagagem de conhecimento de cada um dos candidatos e faz a diferença no resultado final. Prova disso é a existência – e o sucesso – de diversas comunidades que reúnem concurseiros de diferentes áreas, páginas e grupos no Facebook, redes sociais voltadas especialmente a estudantes, como a Passei Direto e, claro, a seção de depoimentos aqui no Jornalistas Concurseiros.

4 – Escolher o concurso pelo número de vagas ou remuneração

O candidato que leva em conta apenas esses fatores na hora de escolher quais concursos irá realizar pode ficar frustrado com o resultado e, inclusive, com o cargo exercido, caso seja aprovado. O grande número de vagas acaba por atrair mais candidatos, iludidos pela ideia de que terão mais chances de ser aprovados, o que aumenta a concorrência. Não levar em conta a afinidade com a função ofertada e a vocação que possui também prejudicam o concurseiro.

5 – Não pesquisar sobre a banca examinadora

Mais do que um fator estratégico, conhecer a banca examinadora é fator determinante quanto à aprovação. Isso porque conhecer o perfil daqueles que irão elaborar e corrigir as questões aumenta muito as chances de saber quais conteúdos têm mais chances de cair nas provas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s