Concurso do INSS: como foi? E conferindo o gaba!!!

Amanhã (10) já vai ser divulgado o gabarito e farei outro post, mas como a ansiedade sempre é grande, vamos aproveitar pra comentar o pouco o que achamos da prova. Antes, dois comentários:

1 – Sei que hoje o pessoal está na ressaca de carnaval ou correndo atrás dos últimos bloquinhos, mas na minha prova estavam só quatro pessoas comigo (de 30), sendo que uma era de Publicidade! E isso foi percebido no prédio inteiro onde fiz prova. Aconteceu o mesmo com vocês? Será que cerca de 3/4 dos concorrentes simplesmente desistiram de fazer prova?

2 – Inflação em época de concurso: Paçoquita sendo vendida a R$1,00!!! Fiquei até com medo de perguntar quanto custava a caneta preta que vem com o gabarito! (Sim, eu levei a feira de casa, mas quis comprar mais um docinho para a hora da prova)! kkkk

Brincadeiras à parte, vamos a uma pequena avaliação de como foi a prova. No geral, achei as questões mais diretas, poucas eram aqueles blocos de texto cansativo… E (quase) não tinha erro de digitação, o que ocorreu muito na primeira prova!

PORTUGUÊS: só caiu intelecção de texto, nada de gramática! Fiquei passada! Mas achei fácil!

ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO: dava para fazer praticamente todas as questões pela lógica!

NOÇÕES DE INFORMÁTICA: não tava difícil não, mas como tem umas coisinhas que são meio decorebas (como a do Painel de Controle), a gente pode até escorregar nessas questões…

NOÇÕES DE ADMINISTRAÇÃO: esse foi o assunto que me derrubou na prova anterior, mas como o concurso do INSS não virou mais minha prioridade, acabei deixando meio de lado os estudos! Mesmo assim ainda achei as questões melhores que na vez anterior… Vamos ver!

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO: basicamente só caiu Lei 8429 (improbidade administrativa), Lei *666 (a “lei do cão”, ops, dos processos de licitação kkkkk) e processo administrativo disciplinar.

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL: decorebinhas dos artigos da CF. Ou a pessoa sabe, ou não sabe!

NOÇÕES DE DIREITO PREVIDENCIÁRIO: praticamente só Leis 8212 e 8213. Não havia estudado, fui fazendo algumas por lógica ou pelo que lembrava da prova anterior…

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: as perguntas foram bem diretas e conseguiram pincelar vários assuntos. Mas tem questões sobre significado da sigla e nome de livro que sinceramente não avalia conhecimento de ninguém! Melhor pedir a alternativa que melhor explica o conceito ou os pensamentos do autor. Mas no geral, não tava difícil!

Agora é aguardar o gabarito. E vocês, o que acharam?

ATUALIZANDO

Já que muitos de vocês já começaram a comentar por aqui, vou aproveitar o mesmo post. Fui bem em quase todas as matérias. Em ADM Pública só acertei 2, o que deu para garantir a fuga do ponto de corte. Agora em Direito Previdenciário… PQP!!! Levei ponto de corte, apenas 3 questões!!! Pior que umas duas fiquei em dúvida e acabei marcando a errada (sou péssima em chute: ou eu sei, ou sempre chuto a errada)!!!

Enfim, como falei acima, esse concurso tinha deixado de ser uma prioridade… Fiquei feliz com Direito Administrativo, só errei uma!!! Pelo menos para o preparatório da Alepe estou bem afiada!

Boa sorte a quem continua na luta! Quero receber depois o depoimento dos/as aprovados/as nas vagas de Recife e Brasília!

99 opiniões sobre “Concurso do INSS: como foi? E conferindo o gaba!!!”

  1. Fiz pra publicidade, achei a prova bem mais difícil que a outra (eu tinha ido bem naquela provinha do capiroto). Me bateu um grande arrependimento por não ter estudado pra esta prova. Parece que a tendência de salas vazias se repetiu pelo Brasil inteiro! Nunca foi tão fácil ganhar 8500 reais. Boa sorte para você Mariana!

  2. Siim, tinha bem poucas pessoas pra fazer a prova na minha cidade. De jornalismo só eu! Ano passado tinha mais gente que nem voltou agora.
    Pois é, achei essa prova mais fácil que a anterior, talvez pq aquela era minha primeira prova de concurso público na vida uehueheuheu e agora já fiz (e passei!) em outras nesse meio tempo.
    Nem estudei de novo pra essa prova, pq estou dando prioridade pra outras aqui no RS.
    Português, ética e informática tava tranquilo. Mas tem umas meio controversas de português, hein, vamos ver. Uma mulher ainda me falou que achou difícil ética! Era bem besta, que nem do ano passado.
    Noções de adm e direito fui pelo que eu me lembrava e muito chute eheuheuehuehue
    Conhecimentos específicos não sei dizer… tinha umas bem fáceis e outras nem tanto, que eu nunca estudei.
    Não to com expectativa nenhuma, tenho mais provas e uma provável nomeação pela frente 🙂
    Obrigada pelo teu blog, Mariana!
    Um beijo!

  3. Na escola onde fiz a prova aconteceu a mesma coisa, Mariana. Na minha sala só 8 pessoas estavam presentes e as outras salas estavam vazias também…

    Confesso que achei a primeira prova melhor, porque caiu mais coisas que havia estudado rs. Achei que as perguntas de Direito Administrativo e de Previdenciário estavam se prenderam muito nos detalhezinhos das leis, o que eu acho um desperdício, mas enfim.

    Achei as partes de português e informática fáceis e administração eu não estudei (assim como na primeira vez rs), então só tô torcendo para, pelo menos, fazer as duas questões de corte rs.

    Sobre a específica, também achei nada a ver perguntar siglas e nome de livro! Mas, no geral, achei melhor que na primeira prova.

    Na espera pelo gabarito provisório amanhã.

  4. Bom Mariana, prestei o concurso hoje também e observei o mesmo que você: muita gente faltou! Na minha sala mesmo, só tinha eu e mais 6 pessoas concorrendo na vaga de Eng. Civil.

    Quanto a prova, achei exatamente o mesmo que você. Português, Ética e Informática estavam muito fáceis e as outras focaram muito nas leis que você citou (o que já era previsto).

    Na minha área de Conhecimento Específico, abordaram muitas coisas complicadas também que eu acho desnecessárias, mas foi critério da banca.

    No mais, estou esperançoso.

    Agora é só aguardar pelo gabarito.

    Parabéns pelo blog e sucesso nos seus concursos!

  5. Oi! Acho que mais da metade não apareceu na minha sala. Achei a prova muito direta também. .. fácil! O que significa péssimo pra mim principalmente por causa de administração que, na minha opinião, foi mais difícil que a passada….

  6. Disseram que a sala que eu fiquei era a maior di cokegio pois tinha o maior numero de candidatos. So 12 compareceram. Na rua do colegio nem parecia que estava tendo concurso…muito estranho…

  7. No Rio… A mesma coisa! Éramos cinco na minha sala de uma turma de 30… Colégio deserto. Sei lá. Achei a prova mais difícil que a primeira. Dei muito mole também… Infelizmente, não fui bem. Estou bem triste…

      1. Valeu, Mariana… Mas fiquei triste mesmo. Resultado: 39 pontos. Fui bem melhor na primeira. Tinha feito mais de 60… Previdenciário, uma lástima. E logo as específicas, resolvi deixar pra lá por saber mais. Resultado: fracasso total. Poxa… Tristona. Agora é correr para a do Instituto Nacional dos Cegos com as leis específicas e me dedicar para o do CAU… Tragédia. Mas valeu mesmo, Mari. Tem jeito não. Se eu não parar tudo para estudar, nunca vou escrever um post no seu blog de como foi passar. Parabéns a todos que foram bem! Parabéns tb, Mari! E, apesar do tropeço, sigamos estudando!

      2. Aff… Fiquei tão atordoada… Neste domingo, a prova será do Instituto Nacional dos Surdos. Peço desculpas pela confusão.

      3. Bos sorte domingo! Soube que o número de inscritos nesse concurso foi bem minguado, né?

      4. Que é isso? Nunca diga que não vai dar seu depoimento no blog! Eu sempre trabalhei e um dia consegui! Tem que estudar, claro, mas não desanima não! Tem muitos outros concursos bons pela frente, curte a deprê só por hoje e amanhã já ergue a cabeça pra correr atrás da próxima vaga! Acredita e se esforça! Ela virá!

  8. Na escola onde fiz o concurso para a área de Direito, tinha sala com apenas 3 pessoas.
    Sobre a prova… eu gostei da parte de informática, ética e português. Não sabia muita coisa sobre Noção de Adm.
    Espero que eu tenha feito boa prova.

    Boa sorte pessoal !!!

  9. achei a prova um pouco melhor que a primeira.. mas tinha umas questoes bem dificeis, principalmente em direito constitucional e especificas.
    to no ansiedade do gabarito e ate agora nada..ufa
    será que vai sair que horas o gabarito?

  10. Nossa…Fiz para Direito..Aqui em Varginha-MG a mesma coisa, nem parecia que havia concurso na cidade..
    A minha sala estava vazia tbm, assim como o restante da escola que fiz a prova.
    Achei fácil, (de média p fácil), até fiquei espantada, pois a anterior, achei difícil.

    Creio que fui bem, seguiu exatamente o roteiro que a Mariana postou.

    Boa sorte a todos nós, que aproveitamos o carnaval para estudar!! 🙂

  11. E ai pessoas como foram a nota de vcs? Fui mal em adm. E errei umas de portugues q parecia ter mais de uma certa. Como tb errei umas especificas minha nota foi 68…e vcs acertaram qnts? Vamos postar p ver a média do pessoal e se compensa entrarmos com recurso em alguma questão.

  12. Sério que eu coloquei maior de dezesseis anos de idade para segurado facultativo de acordo com o decreto 3048 e ele pediu de acordo com a lei 8212 que é 14 anos me lasquei hahaha, mas de resto foi boa fiz 57 questões no total!

  13. Pelo jeito as(os) pedagogas(os) são mais desesperados por uma vaguinha! a minha sala estava cheia delas(es)!!! rsrsrs. Estou chateada pois fui bem em todas menos administração… Isso que tb estudei esta matéria, mas só caiu o que eu não vi! Bola pra frente.

  14. Mariana.
    A prova em si considerei com mais decorebas do que a anterior. Especifico caindo conteúdo de Marketing que achei estranho e nome de livro (putzz.. ninguém merece), sem contar com teorias e conceitos novos na area de comunicação que só soube responder porque sempre leio artigos recém publicados. No gabarito não fechei específico e nem previdenciário para poder classificar no concurso, como diz o edital.. Se não fosse isso, poderia considerar que fiz uma boa prova com 80% de acerto. E sobre quantidade de pessoal, na minha sala só foram 8 pessoas, de 22! =P

  15. Fiz para Eng. Telecom SP
    Fui melhor na prova anterior (65 pontos) contra os 46 dessa.
    Muitas pegadinhas em Direito Previdenciário, mudavam apenas uma palavra nas alternativas: tinha que prestar atenção.

  16. De 40 candidatos,tinha 17 na minha sala.Realmente houveram muitos faltosos…Achei mais difícil q a primeira…Certo que não estudei mas havia questões de jornalismo muito mal elaboradas.Português então…Mas vamos para frente!

  17. Bomba!!!! Concurso de analista vai ser anulado!!! Tecnologia de informacao!!!

    parece que foi em poço de caldas .. ( faltou prova queria tirar xerox ) alguém confirma
    Bomba!!!! Concurso de analista vai ser anulado!!! Tecnologia de informacao!!!

    parece que foi em poço de caldas .. ( faltou prova queria tirar xerox ) alguém confirma

  18. Pessoal na minha sala também faltaram muitas pessoas … fiz 57 pontos … mas faltou 2 pontos em especifica (Psicologia) para eu classificar .
    Alguém aí que fez psicologia acha que vai anular ou dar recurso em alguma questão?

    Voces acham que eu tenho chance de entrar se anular alguma? Concorri para vaga de Deficientes concorrendo com 27.

  19. Na minha sala eram 6 de 30.
    Também achei essa prova pior que a anterior. Muitas questões mal elaboradas…
    Principalmente Noções de Adm que estava surtada!
    Mas pelo menos escapei da nota de corte!

    1. Concordo plenamente! Prestei para fisioterapia e novamente achei as questões super mal elaboradas! Principalmente as de conhecimento específico! Entrei com mais de 10 recursos contra questões! Fico indignada como, pela segunda vez, foi esse desastre! Questões sem fundamentos, com mais de uma resposta correta, enfim, uma porcaria! E já estão dizendo que a prova provavelmente será anulada novamente, por falta de prova e desorganização…vergonha, tinham q cancelar e reaplicar essa prova com outra banca, por que essa….aff

  20. Bom dia, Mariana!

    Compartilho com você a mesma ideia sobre o balanço que você fez da prova. Também acho que algumas questões foram mal formuladas e que a banca precisa rever o gabarito (o que eu acho difícil, mas…). Agora estou com uma dúvida. Qual seria esse ponto de corte que você falou, na prova de Noções de Administração, por exemplo?

    1. Eu achei no edital a “história” do ponto de corte. Obrigada, mesmo assim. Eu fui bem em todas, mas fiquei no ponto de corte de Noções de Administração. Uma pena :/ Mas… vamos pra frente, né!? Foco nos próximos.

  21. galerinha, não fiz a prova mas tô dando uma olhada. a questao de dir. const. numero 36 já está errado pois o item V está correto, nao tendo portanto resposta.

  22. Gostaria de compartilhar os seguintes recursos:

    Questão 04
    O item I da questão afirma: “fomentar a cultura tecnológica no corpo discente”. Essa afirmação está coerente com o que o texto diz explicitamente na linha 2: “ introdução da cultura tecnológica entre alunos e professores” (linha 2), pois a partir do momento que você introduz algo está havendo um fomento, um estímulo, um incentivo. A afirmação do item II: “ fomentar a cultura tecnológica no corpo docente” também é identificada explicitamente no trecho da linha 2: “introdução da cultura tecnológica entre alunos e professores”. O fato dos itens I e II terem usado os termos corpo discente e corpo docente não tira a coerência com o que o texto diz explicitamente.
    Os itens III e IV são praticamente transcrições do que o texto explicita nas linhas 2 e 3: “se inclui a educação à distância e as disciplinas semipresenciais”
    A afirmação do item V: “preparar professores para lidar com a tecnologia” faz referência ao que a autora diz na linha 13 do texto: “têm de preparar os futuros professores para atuarem neste contexto”. A utilização da palavra “tecnologia” ao invés da palavra “contexto”, não torna o item V incoerente com o que o texto diz explicitamente, pois o “contexto” a que a autora se refere na linha 13 está relacionado a “Essa situação, vivenciada na sociedade contemporânea…” (linha 11), à tecnologia educacional e digital no cenário contemporâneo. A palavra tecnologia inclusive integra o título do texto.
    Por fim, o item VI diz: “utilizar tecnologia digital” e está coerente com o que o texto diz explicitamente nas linhas 1 e 2: “necessidade de utilização da tecnologia digital”.
    Dessa forma as seis afirmações estão coerentes com o que o texto diz explicitamente. Portanto, solicito a Banca a alteração de gabarito.
    QUESTÃO 09
    Tanto a alternativa “a” quanto a “d” estão coerentes com o texto, porque o trabalho interdisciplinar e transdisciplinar envolve mais de uma disciplina e também necessita de um compromisso sócio educacional mais amplo, pois conforme o texto “Cada aluno deve ser atendido em sua totalidade” levando em consideração inclusive o conhecimento da “história de vida familiar e escolar do aluno, seus interesses, suas preferências e padrões de comportamento social em variadas oportunidades e situações”.
    QUASTÃO 27
    As ações relativas à saúde do trabalhador apresentadas na questão são atribuições da Medicina Ocupacional ou Medicina do trabalho, que é uma especialidade médica que atua no ramo das relações entre a saúde dos trabalhadores e o seu meio de trabalho, onde o foco principal desse ramo é a prevenção e o tratamento de doenças e ferimentos ocasionados no ambiente empregatício. Além disso, a Medicina Ocupacional também efetua a promoção da melhora da saúde e da qualidade de vida dos trabalhadores com incentivo que seja capaz de equilibrar a saúde física e mental e interagir entre o campo pessoal e profissional de forma saudável e qualitativa. A Norma Regulamentadora n.º 7 (NR 7), intitulada Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional – PCMSO, aprovada pela Portaria SSST n.º 24, de 29-12-94, publicada no DOU do dia 30-12-94 estabelece a obrigatoriedade de elaboração e implementação, por parte de todos os empregadores e instituições que admitam trabalhadores como empregados, do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional – PCMSO, com o objetivo de promoção e preservação da saúde do conjunto dos seus trabalhadores. O PCMSO deverá ter caráter de prevenção, rastreamento e diagnóstico precoce dos agravos à saúde relacionados ao trabalho, inclusive de natureza subclínica, além da constatação da existência de casos de doenças profissionais ou danos irreversíveis à saúde dos trabalhadores.
    QUESTÃO 36
    De acordo com a Constituição Federal de 1988, ART. 5º inciso LI – nenhum brasileiro será extraditado, salvo o naturalizado, em caso de crime comum, praticado antes da naturalização, ou de comprovado envolvimento em tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, na forma da lei; e inciso LV – aos litigantes, em processo judicial ou administrativo, e aos acusados em geral são assegurados o contraditório e ampla defesa, com os meios e recursos a ela inerentes. Portanto, a questão não apresenta alternativa correta, pois apenas as afirmações contidas nos itens I e V estão corretos.
    QUESTÃO 47
    De acordo com a Lei 8.213/91 Art.93 §2º, cabe ao Ministério do Trabalho e da Previdência Social gerar estatísticas sobre o total de empregados e as vagas preenchidas por reabilitados e deficientes habilitados, fornecendo-as, quando solicitadas, aos sindicatos ou entidades representativas dos empregados. Portanto, a questão teria as alternativas “b” e “e” como corretas.
    QUESTÃO 44
    A questão apresenta duas alternativas corretas, pois tanto a alternativa “B” que afirma: “A contribuição da União é constituída de recursos adicionais do Orçamento Fiscal, fixados obrigatoriamente na lei orçamentária anual” quanto a alternativa “C” que diz: “ responsabilidade da União na cobertura de eventuais insuficiências financeiras da Seguridade Social, quando decorrentes do pagamento de benefícios de prestação continuada da Previdência Social, na forma da Lei Orçamentária Anual” se referem a contribuição previdenciária da União conforme a Lei 8.212/91, inclusive integram o mesmo artigo (16), sendo a alternativa “B” o Caput e a “C” o parágrafo único do mesmo artigo. Portanto, ambas se referem a contribuição previdenciária na forma da Lei n. 8212/91.

    1. Compartilho mais alguns recursos:

      QUESTÃO 19:
      A questão 19 de Noções de Informática (Pág. 7 da prova – Ciências Contábeis) aborda conhecimento sobre as afirmações sobre os campos de destinatários de mensagens de um aplicativo de correio eletrônico, citando 03 itens, a saber: I – “Para”, II – ‘‘Cc” e III – “Cco”.

      A banca considerou como correta em seu gabarito preliminar a alternativa “E”. Porém, a alternativa que se mostra como correta é a letra “A”, vejamos:

      O item I – “Para” menciona que é um campo obrigatório com UM ÚNICO endereço de e-mail do destinatário principal da mensagem. Ora, é sabido que não se trata de apenas UM ÚNICO de endereço de e-mail, pode-se, acrescentar por vários endereços separando-os por virgula, o que torna a questão errada!

      O item II – “Cc” menciona que é um campo opcional com UMA LISTA DE ENDEREÇOS DE E-MAIL DE DESTINATÁRIOS para quem a mensagem será enviada como uma cópia. Ora, não é verdade que os correios eletrônicos dispõem de UMA LISTA DE ENDEREÇOS, quando de sua instalação não dispõe de nenhum endereço e mesmo assim o aplicativo permite o usuário inserir UM A UM de acordo com sua vontade os endereço no campo Cc e Cco.

      O item III – “Cco” menciona que é um campo opcional com UMA LISTA DE ENDEREÇOS DE E-MAIL DE DESTINATÁRIOS que ficarão ocultos para os demais destinatários. Ora, não é verdade que os correios eletrônicos dispõem de UMA LISTA DE ENDEREÇOS, quando de sua instalação não dispõe de nenhum endereço e mesmo assim o aplicativo permite o usuário inserir UM A UM de acordo com sua vontade os endereço no campo Cco.

      Vejam a definição de Cc e Cco pela equipe de suporte online da Microsoft quanto ao Microsoft Outlook abaixo:

      “Cc é a forma abreviada de Cópia carbono. Se você adicionar o nome de um destinatário nesse campo em uma mensagem de correio do Microsoft Outlook®, uma cópia da mensagem será enviada para esse destinatário e o nome dele será visto pelos outros destinatários da mensagem.”
      “Cco é a forma abreviada de Cópia carbono oculta. Se você adicionar o nome de um destinatário nesse campo em uma mensagem, uma cópia da mensagem será enviada para esse destinatário e o nome dele não será visto pelos outros destinatários da mensagem. Se o campo Cco não estiver visível quando uma nova mensagem for criada, você poderá adicioná-lo. No menu Exibir da mensagem, clique em Campo Cco.”
      Fonte:

      Desta forma, requer a análise da presente justificativa, e caso acolhida, proceder com a alteração do gabarito para a LETRA A – “Nenhuma delas está correta”. Nestes termos, pede e espera deferimento.

      QUESTÃO 20:
      A questão não apresenta precisão quanto ao enunciado da questão. O uso do o Microsoft Word ou o LibreOffice Writer apresenta divergências quanto ao duplo e triplo clique. Ao passo que o Word, executa o duplo e triplo clique conforme as definições das alternativas, o LibreOffice Writer apenas faz o duplo clique, fazendo com o triplo clique a seleção da linha e não do parágrafo. Como a questão não deixa claro qual dos softwares usar, deixa margem para dúvidas.

      Ademais, ressalta-se que no item “I” houve um omissão de informação, que deixou margem para dúvidas nos candidatos. Quando se arrasta, deve-se manter pressionado até o final. O fato de arrastar por si só, soa até como uma “pegadinha” para os que estudaram a matéria ou tem um mínimo de conhecimento da função.

      Face o exposto acima, solicito a anulação desta questão, tendo por base a falta de elementos necessários para a resposta correta da mesma.

      QUESTÃO 26:
      Fundamento: Função é uma lei ou regra que associa cada elemento de um conjunto A à um único elemento de um conjunto B. O conjunto A é chamado de domínio da função, enquanto que o conjunto B é denominado de contradomínio da função.
      Com essa definição, podemos dizer que função é um tipo de dependência, um valor depende do outro, matematicamente podemos dizer que função é uma relação de dois valores, por exemplo: f(x) = y, sendo que x e y são valores, onde x é o domínio da função (a função está dependendo dele) e y é um valor que depende do valor de x sendo a imagem da função.

      Concluo, portanto, face à definição acima, que para cada valor que a variável X assumir corresponderá a um ÚNICO valor da variável Y.

      Assim sendo, solicito a alteração do gabarito de D para C, admitindo apenas corretos os itens II e III.

      QUESTÃO 49:
      É verdade que a literalidade da Lei 8.212/91, art. 14, estabelece a idade mínima de 14 anos para o segurado facultativo. Mas a interpretação literal não é a única a ser utilizada. Em alguns casos, a interpretação literal é a pior das interpretações. No caso em tela, o Regulamento da Previdência Social (art. 11), cumprindo seu papel de explicitar o conteúdo da Lei, interpreta o art. 14 da Lei 8.212/91 em consonância com a redação do art. 7º, XXXIII, da Constituição Federal, na redação dada pela EC 20/98, e estabelece a idade mínima de 16 anos para o segurado facultativo.
      Vale salientar que na época da publicação da Lei 8.212/91, o art. 7º, XXXIII, da Constituição Federal, estabelecia a idade mínima de 14 anos para o trabalho do menor. Foi a Emenda Constitucional nº 20/98 que aumentou essa idade para 16 anos.
      A idade mínima para uma pessoa física se filiar à Previdência Social é a mesma idade mínima estabelecida para o trabalho do menor. Assim, no momento em que a Emenda Constitucional nº 20/98 aumenta a idade mínima do trabalho do menor para 16 anos, automaticamente a idade mínima para a filiação na Previdência também aumenta para 16 anos. A única exceção fica por conta do menor aprendiz, que pode se filiar à Previdência a partir dos 14 anos de idade. Ma esta exceção é feita pela própria Constituição Federal, art. 7º, XXXIII, na redação dada pela EC 20/98. E vale frisar que o menor aprendiz não pode se filiar como segurado facultativo, pois ele é segurado obrigatório da Previdência Social, filiando-se na condição de segurado empregado.
      A melhor interpretação para o caso em tela é a “sistemática”, que parte do pressuposto de que uma lei não existe isoladamente e deve ser interpretada em conjunto com as outras pertencentes à mesma província do Direito. A Lei é parte do ordenamento jurídico do País, devendo ser interpretada, não isoladamente, mas levando em consideração todo esse ordenamento jurídico.
      Diante do exposto, proponho a mudança do gabarito de C para A, ou a ANULAÇÃO da questão, em razão da possibilidade de mais de uma interpretação (embora a mais adequada para o caso seja a sistemática, e não a literal).
      Além de tudo que foi dito acima, vale frisar também que para ser segurado facultativo não basta ter a idade mínima e “se filiar ao Regime Geral de Previdência Social, mediante contribuição”, como afirma a questão. Além disso, é necessário também que a pessoa não esteja incluída nas disposições do art. 12 da Lei 8.212/91. Ou seja, é necessário que a pessoa física NÃO SEJA SEGURADO OBRIGATÓRIO DO RGPS. Assim, há mais uma razão para a ANULAÇÃO da questão em tela.

      QUESTÃO 61 (PROVA DE PUBLICIDADE):
      Segundo o consagrado autor Fábio França, “público misto é aquele que apresenta claras ligações socioeconômicas e jurídicas com a empresa, mas não vivencia as rotinas da empresa e não ocupa o espaço físico da instituição. Compõem esse público, segundo a visão tradicional: familiares dos empregados, fornecedores, acionistas e até concessionários ou revendedores de produtos”.

      Conclui-se que a questão possui duas alternativas corretas, D e E, respectivamente acionistas e familiares dos empregados.

      Solicito a anulação da questão.

  23. Olá Pessoal, achei a parte de Conhecimento Especifico na Prova para Administrador bem “puxada”, elaborada em cima de livros, isso não pode ser uma prova para concurso, ai não precisa-se pensar, e sim decorar. Na minha sala tinha poucas pessoas também, pelo menos a metade faltou (Caxias do Sul – RS). Entrei para o ponto de corte por uma questão nas especificas. Caso seja cancelada questões de Conhecimento especifico, é possível que eu entre para a disputa? ou já estou desclassificado? Sabem me informar? Continuamos com foco nos estudos pessoal. Bons estudos a todos!

    1. Se alguma questão for anulada ou gabarito alterado e você ficar co a quantidade de acertos mínimos, continua na disputa!

  24. na questao 36 o item II tambem está correto, sabrina. I II e V. e mesmo assim nao há alternativa de resposta. como disse, nao fiz a prova, mas ja encontrei alguns errinhos…entrem com recursos!

    1. Oi Daniele

      O item II da questão 36 não está correto.

      CF, art. 5, LII – não será concedida extradição de estrangeiro por crime político ou de opinião.

      Não existe a ressalva colocada na questão e isso torna o item errado.

      Realmente, apenas os itens I e V estão corretos.
      E conforme apontado não existe essa alternativa.

  25. Acho muito complicado na nossa área um concurso que pede “segundo fulano de tal” sem que o edital conste bibliografia. COmunicação é algo que, por não ter um código, uma doutrina forte.. as pessoas mtas vezes saem escrevendo o que der na telha… já vi vários artigos na Intercom que, com todo respeito, são viagem. Já ganhei livros que são na verdade puro caça-níquel…
    acho que é um pouco influência de estudar Constitucional. Você pode falar a besteira que quiser, mas tem limite.
    Como a questão cobrando segundo Carolina Terra. Principalmente em um tema como mídias sociais, que é ainda tão efêmero…
    No mais, prova muito ruim. Mal escrita, erros de crase, regência, questões sem alternativa e o que considero o pior da Funrio.. sem um “link” entre o enunciado e as alternativas.. não sei todos, mas fico perdida sem saber efetivamente o que estão pedindo. Antes de responder tenho que pensar no que eles querem com aquilo… Aconteceu com previdenciário nas duas provas! Fiz os pontos necessários, mas considero a prova muito ruim. INSS já é passado!
    Desculpem o desabafo, mas acho que esse é um ponto que deve ser levado em conta.

  26. Frustaçao!! Esta é a palavra que define bem o que pessoas que levam a sério o estudo sentem.Perguntas mal elaboradas e com diferentes interpretações,com alternativas que geram dúvidas ao invés de respostas claras.Muitas pessoas não compareceram na segunda prova deste concurso pois a falta de credibilidade e respeito ao concursando ficaram evidentes.

  27. Olá eu queria uma pequena informação eu não alcancei a nota minima de Direito Constitucional, se houver anulação por exemplo de 2 questões eu poderei me classificar? obrigada

  28. o correto seria anulação do concurso para que outra banca ficasse responsável pelo certame.

    Seria também necessária uma fiscalização da banca Funrio.

    Mas….
    Em um país contaminado pela corrupção,
    torna-se difícil acreditar em alguma coisa.

    segue um link para assinatura de uma petição que será encaminha ao MP sobre cancelamento do concurso.

    Espero o apoio de todos interessados.

    abraço.

    1. Pois eh, infelizmente essa onda de corrupção desanima, mas temos que nós juntas, pedir anulação e solicitar nova prova com outra banca! vou assinar a petição! Vamos nós juntar galera!!

  29. concordo plenamente com o que você afirma. Foi realmente uma furada… a gente se dedica o máximo que pode e no fim das contas se decepciona com uma prova péssima. acredito que 90% dos candidatos estão indignados….

  30. oi Mércia!!!Acho que o Edital não toca nesse ponto, mas se as questões forem anuladas os pontos vão para todos! e caso você atinja a nota mínima será classificada sim!Vi isso na prática em concursos anteriores!Boa sorte!!!

  31. Uma lástima nos depararmos com uma prova elaborada de forma tão amadora, ou, quem sabe, com outros adjetivos que não necessitam ser citados. Creio que a Funrio deveria passar por um processo de aprendizagem começando a elaborar concursos para pequenas prefeituras do interior do RJ, creches, pequenos hospitais, escolinhas públicas. Dentro de 10 anos começar a entrar na concorrência para concursos da capital do RJ, e talvez dentro de uns 20 anos concursos fora do RJ… FEDERAIS é coisa pra gente grande, não pra FUNRIO.

  32. Olá galera. Fiz a prova na área de Direito, minha sala tb estava faltando mais da metade. Soube que em vários lugares tb foi assim. Como faz pra somar os pontos? Fiz 16 na de conhecimentos básicos, que tem peso 1 e fiz 21 na de conhecimentos específicos, que tem peso 2. Nesse caso, meus pontos seriam 37 ou 58? Alguém me tira essa dúvida, POR FAVOR?

    Aguardo resposta!

  33. Pessoal, ouvi rumores de que algumas pessoas de TI receberam prova de Engenharia, é verdade?

    Será que será anulado novamente?

  34. Oi Daniela,

    No conhecimento específico, você multiplica por 2 a quantidade de questões que você acertou.

    Se você acertou 21 questões x 2 (peso da específica) = 42. Mais 16 questões do conhecimento Básico = 58.
    Você fez 58 pts

  35. Olá … fiz a prova de pedagogia … sobre português errei 3, ética errei 2, informatica tb errei 2, dir. administrativo tb errei 2…fiz uma boa prova… se não fossem os conhecimentos específicos … de 20 questões acertei apenas 8… já no direito previdenciário estava mt fácil .. errei apenas 2… se não fossem os conhecimentos específicos acho que já tinha vaga garantida… mas fiquei apenas com 50% de acertos no total da prova… não fui desclassificada … mas agora temos que esperar o resultado dos recursos né?!!
    Boa sorte a todos…

  36. Aqui em BH a presença foi baixa também. Parece que o pessoal desistiu devido a anulação ou foi o carnaval mesmo. Fiz Direito e consegui fugir das notas de corte ao contrário do que ocorreu na primeira prova. Achei as matérias gerais melhores e as especificas mais complicadas. O negocio é esperar mesmo pra saber se a nota foi suficiente o que é complicado para um concurso deste tamanho.

  37. Um absurdo esse gabarito definitivo!
    Estou revoltada!

    Ainda não acredito que eles não anularam a questão 36 de Constitucional e a questão 61 de publicidade!
    Parece piada!

  38. Por que ninguém comenta a questão 53 da prova de Direito Constitucional, área Direito? A Banca considerou que a competência para ajuizar ações contra decisões do CNJ e CNMP é do STF. A legitimidade ativa é do interessado, e não do STF. De acordo com a Constituição Federal, cabe ao Supremo julkgar as ações contra o CNJ e CNMP. Erro crasso!!! Pedi anulação, mas a Banca não acatou.
    Será que estou errada?

      1. Ajudou muuuuuuuito eu sou o charleson renan de queiroz lucena aí em 3° lugar ahhaha esperemos que os dois na minha frente tenham feito pra brasilia hahahahahhaa

      2. Ele falou aqui foi? De qualquer forma fincando entre os 5 que passam tá de boa né?

  39. Galera, eu fiz a prova para analista jurídico e com reserva de vaga para deficiente. escolhi fazer para Florianópolis. fiz 72 pts. to muito ansioso. Com aquela classificação geral não dá pra saber quem fez o que ou pra onde, daí fica impossível comparar as notas. será que vcs viram em algum forum alguém comentando alguma coisa?

  40. Olá Mariana e demais concurseiros,
    é possível disponibilizar prova e gabarito deste concurso? Não fiz, mas queria ter acesso para praticar.

    Obrigada!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s