Concurso do STF: como foi?

Final de ano e um montão de provas de concurso acontecendo de uma vez só!!!

Ontem (15) também foi dia do concurso do Supremo Tribunal Federal (STF) e, a pedidos, já estou abrindo um post para vocês comentarem!

Aproveitem para comentar o que acharam da prova, se há questões passíveis de recursos, montar ranking… Enfim, o post é e vocês!

23 opiniões sobre “Concurso do STF: como foi?”

  1. Sinto que essa estátua da justiça-cega aí da foto em frente o STF pegou a espada mal amolada e passou no meu pescoço.
    Recursos? A justiça é cega e eu não tenho nem mais cabeça depois dessa prova.

  2. Gente, a redação foi insana. Para um cargo que exigia diploma de jornalismo, foi um tema incoerente, na minha opinião. E a prova foi arrogante… Eu estudei bastante, mas também estou sem forças para pensar nas questões dessa prova.

  3. Ricardo, também fiquei atordoada com a prova. Aí uma amiga minha me ligou e disse que outra jornalista amiga dela, que não havia estudado, tinha dito que a prova estava fácil. Depois de esfriar a cabeça, fui reler a prova, e de fato, vi que a parte de conhecimentos específicos não estava difícil. Para mim o maior problema foram as perguntas sobre legislação, que eu não lembrava. E a redação… aquilo era tarefa para publicitário, não para jornalista!

  4. Nossa! Esse post de Ricardo resume bem a sensação depois da prova, desceram a espada em nossas cabeças. Achei difícil. A parte de legislação veio para matar, super pesada! Inglês, informática e redação oficial vieram com aspectos incomuns também. A de inglês achei bem puxada!

    O que tava menos difícil foi a parte específica de comunicação; mas, em compensação, estava super mal escrita – a pessoa que redigiu as questões parece que tava dormindo quando o fez, sinceramente !, umas assertivas que pareciam coisa de bêbado.

    O que vocês acharam da parte de revisão textual, que era composta das últimas 20 questões da prova específica?

  5. Gente, deu até vontade de desistir de fazer a redação! Achei a prova mais difícil que já fiz do Cespe (e olha que não forem poucad, rs)

  6. A redação pedia um planejamento de campanha publicitária, redimensionando a campanha do Outubro Rosa (pedia slogan, briefing etc). Saiu o gabarito no site do cespe. Lá tem mais detalhes sobre a redação.

  7. Achei a parte de revisão textual bem estranha. Acabei de corrigir os gabaritos e não concordo com alguns deles, como no caso das questões de 106 a 112. A questão 107, por exemplo, apresenta um texto super poluído, excesso de conjunção “que”, mas o Cespe o considerou certo!

    1. Também achei tranquila a prova de revisão, mas quando fui conferir o gabarito, errei mais do que deveria… não concordo com alguns gabaritos dessa parte, mas não consegui interpor recursos, porque perdi o horário para fazê-lo. =/

  8. Gente, no geral, não achei a prova difícil. Achei extremamente mal feita, mal pensada. Realmente, a parte de conhecimentos específicos não estava difícil, apesar de não ter estudado.

    Havia algumas questões que falavam exclusivamente do papel do assessor de comunicação na figura de um profissional de relações públicas, o que achei absurdo! Se o cargo exige graduação em Comunicação Social com Hab em Jornalismo, porque falar do profissional de RP? Para mim, totalmente sem sentido.

    Quanto à redação, fiquei totalmente decepcionada. Apesar de entender que, no STF, o assessor de comunicação tem como uma de suas responsabilidades o planejamento de uma estratégia de comunicação dentro da empresa, não entendi pq exigiram na redação que criássemos um slogan incentivador, briefing de campanha… quer dizer, um trabalho bem mais voltado para a área de marketing do que da assessoria de imprensa.

    Agora, uma dúvida sobre os critérios de avaliação: uma questão incorreta anula uma certa? Pelo que entendi do edital parece que funciona assim. Alguém saberia dizer se é isso mesmo?

  9. Mariana, vou aproveitar aqui o post para reforçar com o pessoal para que eles entrem no ranking do ponto dos concursos e postem a nota lá! Se puder reforçar no face também…porque diferentemente do que ocorreu no MPU, o ranking da prova do STF tá fraco ainda! ahahahha só 19 pessoas postaram a nota…

    Vamos estimular o povo a postar, pra gente acompanhar mais de perto o andamento do concurso! bjossss

    https://www.pontodosconcursos.com.br/ranking/pontoranking.asp?cid=15&type=cargos&cnome=ANALISTA&onome=SUPREMO%20TRIBUNAL%20FEDERAL

  10. Alguém sabe da possibilidade de chamarem mais pessoas, além do número de vagas previstas no edital? TV Justiça e a Rádio tem mts terceirizados…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s