Oportunidade para São Paulo: Itesp

A Fundação Instituto de Terras do Estado de São Paulo (Itesp) está oferecendo uma vaga, em seu concurso público, para jornalistas. O edital ficou um pouco confuso, pois diz que a formação necessária é de “Ensino Superior Completo em Comunicação Social ou Jornalismo ou Ensino Superior Completo com habilitação em Jornalismo”. Sendo assim, pela primeira parte dá a entender que todas as habilitações de Comunicação Social podem concorrer, mas lendo a segunda parte fica mais especificado que a vaga é para jornalista. Acho válido acionar a banca examinadora para certificar-se disso.

Seguem os detalhes abaixo:

CARGO: Analista de Gestão Organizacional/ Comunicação Social

VAGAS: uma

SALÁRIO: R$ 3.424,47

INSCRIÇÕES: de 10 de junho a 12 de julho no site da Fundação Vunesp

VALOR: R$ 78,50

PROVAS: objetiva de Conhecimentos Gerais (Língua Portuguesa e Administração Pública) e de Conhecimentos Específicos (não só da área de jornalismo, mas também algumas legislações) + Redação. A data prevista para realização das provas é em 01 de setembro.

PARA ESTUDAR:
1) Língua Portuguesa (10 questões)
Leitura e interpretação de diversos tipos de textos (literários e não literários). Sinônimos e antônimos. Sentido próprio e figurado das palavras. Pontuação. Classes de palavras: substantivo, adjetivo, numeral, pronome, verbo, advérbio, preposição e conjunção: emprego e sentido que imprimem às relações que estabelecem. Concordância verbal e nominal. Regência verbal e nominal. Colocação pronominal. Crase.

2) Administração Pública (10 questões)
Administração Pública: 1) Princípios da Administração Pública. 2) Organização administrativa. 3) Ato administrativo. 4) Processo administrativo. 5) Direitos humanos e Ética no serviço público.

3) Conhecimentos Específicos (30 questões)
Legislação: Constituição Federal: Título VII, Capítulo III. Constituição Estadual: Título VI, Capítulo III. Lei 10.207/99: criação da Fundação ITESP. Legislação em comunicação: Lei de imprensa. Código de Ética do Jornalista. Teoria da Comunicação. A questão da imparcialidade. Papel social da comunicação. Comunicação, conceitos, paradigmas e principais teorias. Indústria cultural e teoria crítica. Novas tecnologias e a globalização da informação; Interatividade na comunicação. Comunicação e responsabilidade social. Técnicas de comunicação rural. Opinião pública: pesquisa, estudo e análise em busca de canais de interação com cada público específico. Gênero e técnicas de redação: Definição e elaboração de notícia, reportagem, entrevista, editorial, crônica, coluna, Paula, informativo, comunicado, carta, release, relatório, anúncio e briefing em textos e imagens e mala direta. Lead, sub-lead, pirâmide invertida. Imprensa: História da imprensa, do rádio e da televisão no Brasil. Histórico: assessoria de imprensa e os órgãos público e privado. Organização de entrevistas, preparação do entrevistado. Noções de comunicação interna e integrada. Elaboração de planos e estratégias de comunicação. Relacionamento com imprensa. Atendimento aos jornalistas. Elaboração de clipping e fotografias. Projeto gráfico: Tipologia: caracteres e medidas, justificação, mancha gráfica e margens. Diagramação e retrancagem: composição, impressão. Papel: classificação, formatos, papéis para impressão e formatos de publicações. Planejamento editorial: ilustrações, cores e técnicas de impressão, redação do texto, visual da publicação. Lei Estadual 14.591, de 14/10/2011 – cria o PROGRAMA PAULISTA DA AGRICULTURA DE INTERESSE SOCIAL – PPAIS Decreto Estadual 57.755, de 24/01/2012 – Regulamenta a Lei nº 14.591, de 14 de outubro de 2011, que cria o Programa Paulista da Agricultura de Interesse Social – PPAIS e dá providências correlatas Lei Estadual 14.750, de 27/04/2012 – Altera a Lei nº 11.600, de 19 de dezembro de 2003, que dispõe sobre a regularização de posse em terras devolutas da 10ª Região Administrativa do Estado . Lei Estadual 11.600, de 19/12/2003 Decreto Estadual 59.111, de 22/04/2013 – Dá nova redação aos dispositivos do Decreto nº48.539, de 11 de março de 2004, que regulamentou a Lei nº 11.600, de 19 de dezembro de 2003, que dispõe sobre a regularização de posse em terras devolutas estaduais da 10ª Região Administrativa do Estado e dá providências correlatas.

LEIA O EDITAL COMPLETO

8 opiniões sobre “Oportunidade para São Paulo: Itesp”

  1. Oi, Mariana. Tudo bem? O concurso está sob a regência da CLT. Você acha que vale a pena para quem está em busca de estabilidade?

    1. Oi, Luiza! No edital, na página 3, fala das diversas regionais da Fundação Itesp e que “O candidato aprovado e classificado terá à sua disposição, no momento de sua convocação para anuência e contratação, a relação de vagas disponíveis nas unidades da Fundação ITESP no Estado de São Paulo para escolha, que será feita de acordo com a ordem de classificação”.

      No entanto, normalmente a comunicação fica na sede principal do órgão, que nesse caso fica em São Paulo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s