Concurso de carreira para a Marinha

Quem pretende entrar para a carreira militar, mantendo-se na área de comunicação, uma boa oportunidade é o concurso para O Quadro Técnico do Corpo Auxiliar da Marinha! As inscrições para o próximo concurso estão abertas e tem quatro vagas para a Comunicação Social. Podem concorrer candidatos com até 36 anos incompletos em 01 de janeiro de 2014.

O ingresso no Quadro Técnico ocorre no posto de Primeiro-Tenente, após o candidato ter sido aprovado e classificado em todas as fases. Antes de completados cinco anos de nomeação, os Oficiais são avaliados, e, dependendo do resultado, podem permanecer, ou não, em caráter definitivo na Marinha.

Fiquem atentos aos detalhes de cada uma das etapas da seleção:

CARGO: Comunicação social

VAGAS: quatro

SALÁRIO: não é informado no edital, mas para o posto é de cerca de R$5.500,00 a R$6000,00 (líquido)

INSCRIÇÕES: de 03 a 27 de junho, no site da Marinha

VALOR: R$ 45,00

ETAPAS
1) Provas: prova objetiva com 50 questões apenas de conhecimentos específicos + redação.

2) Inspeção de Saúde: exames de saúde

3) Teste de Aptidão Física: natação (25 metros em 50 segundos, para o sexo masculino e 1 minuto, para o sexo feminino) e corrida (2400 metros em 16 minutos, para o sexo masculino e 17 minutos, para o sexo feminino)

4) Verificação de Documentos: entrega de cópias dos documentos.

5) Avaliação Psicológica: teste psicológico

6) Curso de Formação de Oficiais (CFO): é constituído por um Período de Adaptação de, aproximadamente, três semanas e uma etapa básica compreendendo as atividades previstas nos respectivos currículos. O curso é ministrado no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), que fica no Centro do Rio de Janeiro/RJ.

Durante o CFO, o candidato fará um Estágio de Aplicação, com duração de até 8 semanas, que tem por finalidade a adaptação às características do serviço naval inerentes à profissão, à complementação de sua formação militar-naval e à avaliação complementar para o desempenho de funções técnicas e administrativas. Será realizado em Organizações Militares especialmente designadas para tal, sob a supervisão do CIAW. O CFO terá a duração de, aproximadamente, 39 semanas.

COMECE A ESTUDAR:
1) FUNDAMENTOS DA COMUNICAÇÃO – Conceitos, objetivos, modelos e meios; Teorias da comunicação; Veículos de mídia como sistemas sociais; Efeitos da comunicação de massa; A mídia na sociedade contemporânea; Componentes fundamentais da comunicação de massa.

2) RELAÇÕES PÚBLICAS – Conceitos, objetivos e produtos; Comunicação pública; Comunicação e opinião pública; Comunicação e terceiro setor; Imprensa e interesse público; Comunicação na administração pública; Formas da comunicação pública; Comunicação empresarial/comunicação institucional: conceitos, estratégias, sistemas, estrutura, planejamento, técnicas; Categorias, veículos e tipos; Áreas e programas do sistema de comunicação; Características das publicações institucionais; A notícia de empresa e o sistema de comunicação; Planejamento da comunicação impressa; Administração de conflitos; Relações públicas e o consumidor; Marketing de produto e marketing institucional; Compromissos sociais nas empresas; Comunicação empresarial integrada: gerenciamento de imagem, questões públicas, comunicação simbólica e crises empresariais, imagem empresarial, cotidiano empresarial, processos de comunicação, planejamento estratégico, questões públicas, comunicação programada, issue management; Assessoria de Imprensa: conceitos, conduta ética, estrutura, técnicas de redação, entrevistas coletivas, mailing list e processos de distribuição, press kit; house organs; press release (relise); Mídias sociais: conceitos, características e tipos, planejamento, monitoramento, métricas e gerenciamento.

3) JORNALISMO – Redação, Captação e Edição; Conceitos; Características do texto jornalístico: informativo, interpretativo e opinativo, editorias, narrativa, texto jornalístico para revista (características e estilo) e vícios de linguagem; Notícia: características, critérios, elementos, classificação, pauta, apuração e técnicas; Reportagem: características, modelos, produção, fonte, planejamento e execução; Entrevista: classificação, tipos e pontos básicos para sua condução; Redação para jornalismo: uso correto dos verbos, adequação do texto para os diferentes veículos, linguagem jornalística, tipos de leads (lide) e expressões, planejamento editorial, planejamento visual gráfico (diagramação) e impressão; Telejornalismo: conceitos, características, estrutura, linguagem, texto jornalístico para televisão, script, roteiro e edição; Radiojornalismo: linguagem, apuração e tratamento da informação, técnicas de redação, estrutura da redação, entrevistas, recursos técnicos, boletim de notícias, reportagem, programas especializados, edição; Jornalismo Multimídia, Webjornalismo ou Jornalismo Digital: conceitos e características, a Comunicação Social na era digital, tecnologia como agente transformador das sociedades atuais; Hipertexto: técnicas e interfaces, produção e edição de notícias on-line, perfil do usuário, narrativa digital; e Código de Ética.

4) PUBLICIDADE e PROPAGANDA – Publicidade: teoria, conceitos, técnicas, funções, planejamento publicitário e veículos, níveis de comunicação, mecanismos de ação, pesquisa, briefing, campanhas, criação, agência; Propaganda: conceitos, propaganda e mercado, instituições e seus públicos-alvo, comunicação promocional e comunicação institucional, agência e cliente, atendimento, planejamento, criação, mídias, produção eletrônica, produção gráfica; Marketing: conceitos, objetivos e funções básicas, tendências, estratégia e aplicação; Produção gráfica: impressão, editoração, processos de impressão, acabamento, tipos e tipologia, contraste, design(princípios básicos), cor e layout (leiaute).

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA
BANN, David. Novo Manual de Produção Gráfica. Porto Alegre: Bookman, 2010.
BARBOSA, Gustavo G.; RABAÇA, Carlos A. Dicionário de Comunicação. 10.ed. revista e atualizada. Rio de Janeiro: Elsevier e Campus, 2002.
BOAS, Sergio Vilas. O Estilo Magazine – o Texto em Revista. 1.ed. São Paulo: Summus Editorial, 1996.
CÉSAR, Newton. Direção de Arte em Propaganda. 7.ed. São Paulo: Futura, 2005.
CHANTLER, Paul; HARRIS, Sim. Radiojornalismo. 2.ed. São Paulo: Summus Editorial, 1998.
COLLARO, Antonio C. Projeto Gráfico – Teoria e Prática da Diagramação. 4.ed. 7ª Reimpressão. São Paulo: Summus Editorial, 2006.
DEFLEUR, Melvin L.; BALL-ROKEACH, Sandra. Teorias da Comunicação de Massa. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1993.
DUARTE, Jorge (org). Comunicação Pública. Estado, Mercado, Sociedade e Interesse Público. 2.ed. São Paulo: Atlas, 2009.
ERBOLATO, Mário L. Técnicas de Codificação em Jornalismo. 5.ed. São Paulo: Ática, 2008.
FERRARETTO, Elisa Koplin; FERRARETTO, Luiz Artur. Assessoria de Imprensa, Teoria e Prática. 5.ed. revista e atualizada. São Paulo: Summus Editorial, 2009.
KOTLER, Philip; HERMAWAN, Kartajaya; SETIAWAN, Iwan. Marketing 3.0. As Forças que Estão Definindo o Novo Marketing Centrado no Ser Humano. 1.ed. Rio de Janeiro: Elsevier e Campus, 2010.
LAGE, Nilson. A reportagem: Teoria e Técnica de Entrevistas e Pesquisa Jornalística. 3.ed. Rio de Janeiro: Record, 2003.
MARTINS, Zeca. Propaganda é Isso Aí! Um Guia Para Novos Anunciantes e Futuros
Publicitários. São Paulo: Saraiva, 2010.
MOHERDAUI, Luciana. Guia de Estilo Web – Produção e Edição de Notícias On-line. 3.ed. revista e ampliada. São Paulo: Senac, 2007.
NEVES, Roberto de Castro. Comunicação Empresarial Integrada. 3.ed. Rio de Janeiro: Mauad X, 2009.
PATERNOSTRO, Vera Iris.O Texto na TV – Manual de Telejornalismo. 1.ed. 10ª tiragem. Rio de Janeiro: Campus, 1999.
RAMALHO, José Antônio. Mídias Sociais na Prática. São Paulo: Elsevier e Campus, 2010.
REGO, Francisco Gaudêncio Torquato do. Comunicação Empresarial/Comunicação Institucional. 6.ed. São Paulo: Summus Editorial, 1986.
SANT ́ANNA, Armando; ROCHA JÚNIOR, Ismael; GARCIA, Luiz Fernando Dabul.
Propaganda: Teoria, Técnica, Prática. 8.ed. Revista e ampliada. São Paulo: Cencage Learning, 2009.
SODRÉ, Muniz; FERRARI, Maria Helena. Técnicas de Reportagem – Notas Sobre a Narrativa Jornalística. 7.ed. São Paulo: Summus Editorial, 1986.
WILLIAMS, Robin. Design Para Quem Não é Designer. 2.ed. revista e ampliada. São Paulo: Callis Editora Ltda., 2008.

OBSERVAÇÃO: A bibliografia sugerida não limita nem esgota o programa. Serve apenas como orientação para as bancas elaboradoras de provas e para os candidatos. Mas, normalmente as provas seguem bem à risca o que está nos livros, é bom ler o máximo possível!

LEIA O EDITAL COMPLETO

Anúncios

86 opiniões sobre “Concurso de carreira para a Marinha”

    1. É, mas segue o que eles pedem porque os concursos militares normalmente seguem à risca o que está na bibiografia!

  1. Oi, Mariana. Tudo bem?
    Fiquei na dúvida em uma questão no edital, talvez você saiba esclarecer. Eles pedem limite de idade. Vou ter 36 anos já completos no dia 1 de janeiro de 2014. Sabe dizer se estou apto a concorrer?
    Desculpe encher o saco com a dúvida.
    Obrigado,
    Eduardo

    1. Oi, Eduardo! No edital diz “ter menos de 36 (trinta e seis) anos de idade no primeiro dia do mês de janeiro de 2014, nos termos da Lei nº 12.704, de 08 de agosto de 2012”. Nesse caso, infelizmente você não poderá concorrer… Uma pena!

  2. Excelente oportunidade mesmo! Mas concordo com a colega está bem defasada a bibliografia nossa! Um livro de Comunicação Empresarial/Comunicação Institucional de 1986? Muita coisa já mudou de lá para cá na comunicação, enfim como disse a Mariana e pude ver na prova do ano passado eles seguem mesmo à risca a bibliografia, então só nos resta colocar a “mão na massa”.

    1. Banca de concurso, cabeça de juiz e bumbum de nenm: pode-se esperar de tudo!!! O negócio é não brigar contra a banca, por mais que dê vontade, né?

      1. Com certeza Mariana é sempre uma caixinha de surpresas! Aproveito a oportunidade também para agradecer pelo blog pelas dicas e pelos depoimentos que tanto nos motiva. Muitíssimo obrigada!

    1. Tem que começar a treinar desde já, Guilherme! Só tem corrida e natação, mas é um tanto intenso para quem é sedentário! Com treinamento (de preferência acompanhado por um profissional), dá pra fazer tranquilo!

  3. Oi Mariana, você sabe quais os locais de prova e a data que ela será realizada? Desde já agradeço a sua atenção!

    1. Oi, Gabi! A data ainda será definida e sobre os locais de prova, tem uma lista no edital, dá uma olhadinha pra ver onde é melhor pra você (tem em praticamente todos os estados, nas unidades de escolas de formação da Marinha).

    1. Tem que ser aprovado nas provas objetivas e redação, devem chamar um número um pouco maior que a quantidade de vagas para esta etapa.

  4. Boa noite Mariana,

    Eu não encontrei no edital o quadro das cidades onde irá trabalhar. Será para residir em Recife também?

    Obrigada!

    Att.
    Fernanda Moura

    1. Oi, Fernanda! Na verdade é um concurso de vaga nacional, a pessoa pode ser chamada para qualquer lugar do Brasil a interesse da Marinha! Essa informação só deve ser divulgada ao final do curso de formação e Recife (no caso Olinda, onde fica a Escola de Aprendizes-Marinheiros) pode ser uma opção, sim!

  5. Oi Mari, fiquei na dúvida agora. Esse concurso não era só temporário? Mudou? Pq vi que ele prevê a possibilidade de ficar definitivamente… Vc sabe me explicar? Ou era o da Aeronáutica que era temporário?

    1. Esse da Marinha é de carreira, Júlia! Mas se não me engano a Marinha tem temporário também para comunicação… A Aeronáutica tem apenas temporário, mas foi aprovada a criação de um novo quadro e em breve vai ter concurso de carreira para nossa área. Deu pra entender?

  6. Boa tarde, Mariana! Em primeiro lugar, parabéns pelo blog! Você nos motiva com os depoimentos aqui postados e com tantas dicas pertinentes acerca de concursos. É um achado esse site. Ele já está salvo nos meus favoritos 🙂 .
    Em relação a redação, pela sua experiência, o que pode dizer? Quais temas eles podem cobrar?
    Obrigado!

    1. Que bom que gosta do blog, Guilherme!

      Sobre o tem da redação, é bom dar uma busca nas provas de anos anteriores para ter uma ideia, mas normalmente são temas mais universais (ao estilo vestibular), como responsabilidade social, meio ambiente, tecnologia…

  7. Olá Mariana,boa noite. Que sacada, que atenção, que substancial seu blog, parabéns! Estou empolgado para esse concurso, mas lendo superficialmente o edital fiquei em dúvida. Eu sou de uma cidade do interior da Bahia onde não tem Batalhão e eu não prestei serviço militar. Aqui em minha cidade somos dispensados. Há algum problema?

    1. Oi, Alano! Não há problema não, você precisa ter apenas sua carteira de reservista. E ser aprovado no concurso, né? Bons estudos e boa sorte!

  8. OLá, Mariana. Tudo bem?

    Esse concurso muito me interessa. Mas queria tirar uma dúvida: como é esse curso preparatório para a carreira militar, o CFO? É muito puxado? No que consiste, basicamente? Tenho medo de não aguentar. RS… É que sempre tive receio desse mundo militar. Ai, ai, ai. Em compensação, o salário é bom, as perspectivas de crescimento profissional também. E só cai jornalismo, né, com uma lista de livros que facilitam bastante. Só uma observação com relação aos comentários dos colegas: na verdade, acredito que alguns livros antigos são clássicos, sempre serão importantes. O do Torquato, por exemplo… Enfim. Se puder me ajudar, agradeço. Bjs!

    1. Rodrigo, não sei bem como é na Marinha, mas vou tirar pelo curso da Aeronáutica que foi o que eu fiz e posso falar com mais propriedade. O curso exige muito de você fisicamente e emocionalmente. Não que você precise ser um atleta, mas precisa estar com certa estrutura física, pois terá que fazer muitas atividades! Também vai ter que aprender muito sobre a vida militar, as legislações que nos regem, vai ter que estudar bastante porque tem prova. Tem que estar sempre alerta, é isso que querem de um oficial!

      Algumas pessoas na minha turma desistiram, mas a maioria, mesmo as que antes eram mais sedentárias, as pessoas mais velhas, independente se eram homens, mulheres, magros, gordinhos, enfim, a maioria conseguiu se superar o tempo inteiro e chegar ao final do curso, com orgulho das próprias conquistas! Acho que é ter força de vontade e ir de peito aberto para o que der e vier!

      Sobre os assuntos, cai tudo apenas de comunicação (não só jornalismo, mas assuntos de RP, publicidade…) e mesmo sendo considerada uma prova bem puxada, acho que acaba ficando mais “fácil” estudar porque você pode focar as atenções só nas específicas. Espero que faça a prova e tenha bons estudos!

      1. Mari, entendi como é o processo de treinamento, mas tenho dúvida quanto a carreira de comunicação dentro desses lugares. Você que já passou pela fase de treinamentos, como é o trabalho mesmo?

      2. Varia de acordo com a unidade que você trabalha, com a sua chefia, com as necessidades… Em alguns lugares o trabalho é mais de RP, em outros a demanda maior é de jornalismo. Vai depender também do que você apresentar como trabalho que pode fazer pela unidade!

        Mas no caso da Marinha, ouvi falar que, pelo menos no Rio, o trabalho de comunicação é bem desenvolvido.

      3. Mariana,

        O trabalho de comunicação das forças armadas é realizado em todas as bases, ou fica concentrado nos grandes centros com RJ, SP e Brasília?
        Existe a possibilidade de ir para Natal, ou Florianópolis, por exemplo, onde existem bases navais?
        Obrigado!

      4. Oi, Mario! Pode ir para qualquer lugar onde a Marinha esteja, desde que haja vaga. Pelo que soube de uma pessoa que trabalha na Marinha, as maiores chances são dessas vagas serem para o Rio ou Brasília, mas pode sim ser chamado para alguma outra localidade.

  9. Pois é, Mariana! Li com calma o edital e vi que não poderei prestar o concurso, devido a minha hérnia de disco 😦 . Uma pena!
    Continuo acompanhando o blog em busca de outros concursos.

      1. Não sei o horário de funcionamento da Marinha, mas deve ser expediente de 8 horas.

  10. Mariana, boa tarde. Por acaso vc saberia me dizer em quais estados os aprovados em Comunicação Social ficarão lotados após a aprovação do concurso? Não identifiquei este tipo de especificação no edital. Agradeço desde já. Crislan Sampaio.

    1. Pode ser lotado para qualquer estado do País, mas pelo que apurei, provavelmente deve ficar em Brasília ou Rio de Janeiro. O candidato só sabe durante o estágio de formação.

  11. Olá Mariana, estou me preparando para o concurso mas existe uma duvida que tira meu sono as vezes. Verifiquei no edital sobre tatuagem, pois tenho uma celta no antibraço e já ouvi varios boatos que dizem que é proibido. Porém verifiquei em editais anteriores e houve uma mudança, os anteriores diziam que não pode ter tatuagem que apareça com o uso da farda. Porém no edital deste ano, não existe mais essa exigencia, apenas diz que não pode fazer alusão a pornografia ou violencia ou imagens que vão contra a ideologia da marinha, o que não se aplica na minha. Acredito que houve essa mudança pois atraves de pesquisa, verifiquei que um candidato foi reprovado e entrou com uma ação judicial a qual conseguiu reverter a decisão da Marinha. De toda forma, ainda me preocupo pois tenho receio de conseguir passar na prova e ser reprovado por esse motivo. Você poderia me dar algum conselho sobre este assunto. Aproveito a oportunidade para parabenizar o seu blog. Forte Abraço.

    1. Duas pessoas na minha turma (que tinham tatuagem em lugar visível com a farda, pois outras que tinham tatuagens que se escondiam não tiveram esse problema) foram reprovadas e entraram com recurso administrativo mesmo, foram aprovadas. Se continuarem reprovadas, é possível recorrer judicialmente com ganho de causa considerado fácil. Nesse caso, acho que não precisa se preocupar tanto com isso… Boa sorte!

  12. Oi,

    O concurso ainda não tem data definida.
    Me formo ano que vem em junho.
    Vc acha que, se eu for aprovada, dá tempo?
    Vc sabe quanto tempo leva até o momento de ter
    que levar os documentos?

    Obrigada

    1. O curso já começa em 31 de março de 2014! No edital tem o cronograma das atividades, só não tem definida ainda a data da prova.

  13. Oi Mariana muito interessante seu blog, estou com enorme dúvida, fiz minha inscrição para esse concurso mas minha graduação é comunicação social com habilitação em produção editorial, no edital diz somente ser bacharel em comunicação, você acha que terei problema?
    Quais site você indicaria para os estudos, tem algum cursinho on line para área de comunicação?
    Desde já muito obrigada.
    Giselle Barros.

    1. Se não especifica a habilitação, qualquer pessoa de comunicação pode concorrer.

      Sobre cursos online, você encontra algumas aulas no Curso Radix (www.cursoradix.com.br). Eles têm aulas presenciais apenas no Rio de Janeiro e oferecem algumas aulas de ensino à distância.

      Tem também os cursos do Iscom (www.iscom.com.br). Atualmente eles oferecem aulas nos cursos de Assessoria de Imprensa e Comunicação Pública, que embora não sejam voltados especificamente para concursos, ajudam bastante. Em breve eles devem lançar um curso específico para concursos, mas ainda não tem previsão de data para começar. Usando o código mm50 você compra o curso com 50% de desconto.

  14. Oi Mariana, boa noite!
    No edital, lá na etapa de comprovação de documentos (fase final) diz que para os civis que são servidores públicos é necessário apresentar documento comprovando sua exoneração e o cronograma descreve que no dia 10/03/14 será a concentração na CIAW para avaliação psicológica, etapa final de comprovação de documentos e, no mesmo dia, o início do período de adaptação. Se a ordem for: período de adaptação, avaliação psicológica e comprovação de documentos, ok! Imagino que a chance de se reprovar no CFO é pequena, pq depende mais do esforço individual.
    Porém, se primeiro for a entrega dos documentos. Ficará complicado pra caramba!!! O servidor público já vai ter pedido exoneração e estará correndo o risco de ser eliminado na A.P. e na adaptação. Fiquei meio sem entender… Como foi na Aeronáutica?
    É isto mesmo, pedir exoneração e arriscar ser reprovado no psicológico, na adaptação e/ou no CFO?
    Sabe dizer, se o índice de candidatos reprovados nos CFOs militares é alto?

    Abraço e desde já muito obrigada.
    Michele

    1. Na Aeronáutica a entrega dos documentos é a última fase, depois das avaliação psicológica e do teste físico.

      Suguro entrar em contato com eles para esclarecer bem essa situação.

      Sobre a taxa de reprovação, na minha turma não teve ninguém reprovado no psciológico, mas não sei como é na Marinha até porque os tipos de testes às vezes variam.

  15. Oi querida, obrigada em dispinibilizar essa página.

    No edital não informa a banca examinadora e nem o dia das provas! Você sabe de algo???

    Quando ele vão divulgar essas informações?

    Grata,
    Luana.

    1. Banca – acho que é a própria Marinha que organiza
      Dia das provas – vão divulgar posteriormente, tem que ir acompanhando na página.

  16. Gostei muito do blog e estou pensando em entrar na fila para a marinha . Gostaria de saber se existe algum material preparatório que resuma tudo que eu tenha que estudar para uma possível revisão.
    Parabéns pelo blog. bjos

    1. Respondi teu e-mail, mas esqueci de falar de dois cursos que não trarão esse resumão que você espera, mas que podem complementar seus estudos:

      Curso Radix – Se você mora no Rio, sugiro que faça as aulas presenciais. Caso contrário, eles possuem algumas aulas de ensino à distância. Dá uma olhada http://www.cursoradix.com.br

      Iscom – possuem um curso de assessoria de imprensa e outro de comunicação pública, dois assuntos bem cobrados nas provas. Usando o código mm50, tem 50% de desconto. Site: http://www.iscom.com.br

  17. Oi Mariana!
    Venho me preparando pra esse concurso e acompanho seu blog sempre (obrigada por mantê-lo!). Dando uma nova olhada no edital, vi “hipertensão arterial” como “condição incapacitante”, dentro do tópico “Inspeção de Saúde”. Isso me preocupa, pois sou hipertensa, infelizmente é uma herança na minha família. Por outro lado… é bem controlada com medicamento. Será que isso me deixa de fora? 😦

    1. Só fazendo a avaliação com o médico para ter certeza… Acho que se é controlada, não haverá maiores problemas, mas só o médico pode avaliar melhor…

  18. Primeiramente gostaria de parabenizar o seu espaço. Muito altruista de sua parte compartilhar tanto conhecimento e dicas. Sempre acompanho seu blog para me interar das novidades…Inclusive gostaria de comentar sobre a relação de candidatos X vagas de nossa area, acho que deu um pouco mais de 300 por vaga né!?Sempre foi tao concorrido assim? Boa sorte para nós.=D forte abraço!

    1. Oi, Artur! Obrigada! Manter esse blog não é fácil, mas me ajuda a seguir em frente!

      Sobre a concorrência, na verdade esse valor foi até considerado baixo, viu? O do BNDES, por exemplo, cerca de 7 mil inscritos para cadastro de reserva!!! Cada vez mais os concursos estão ficando concorridíssimos, imagina esse da Marinha que tem provas em quase todo o Brasil todo e é para todas as áreas de comunicação… Basta estudar e acreditar que uma dessas vagas será sua!

  19. Oi Mariana,
    Eu segui a sua dica do site http://www.cursoradix.com.br e achei um material muito bacana de intensivo preparatório para o concurso da Marinha. Obrigada!
    Gostaria de saber se você tem disponível algum código de desconto para a compra desse material.

    Obrigada

    1. Oi, Renata! Que bom que gostou! Infelizmente não tem nenhum código de desconto do Radix, mas vou sugerir para eles, acho que seria uma boa!

  20. Oi Mariana, aqui Francisco, ja sou veterano em concursos de comunicacao pro QT, EAOT e QCO ( esse ano eu passo! ). Gostaria de saber se voce tem alguma informacao sobre o EAOT 2014 e sobre o concurso do novo quadro de carreira da Forca Aerea. Sera que vai ter prova de titulos mesmo? Quanto ao concurso pro Quadro tecnico da marinha, vou pela quinta vez, com forca total. Abraco e parabens pelo blog.

    1. Oi, Francisco! Ainda não sabemos como vai ser, mas o EAOT está temporariamente suspenso, acredito que quando abrir (não sei se já ano que vem) já será o concurso de carreira. Assim que tiver alguma informação mais concreta, divulgarei no blog! Quanto à prova de títulos, é uma das etapas previstas no projeto de lei que criou o quadro, então deve ter sim!

      Boa sorte na prova da Marinha!

  21. Oi, Mariana! Li muito sobre o concurso e pretendo fazer agora em 2014, só vou ter meu diploma no final do ano e como a entrega de documentos é o último item não vai ter problemas. Mas gostaria de saber mais sobre o período de adaptação. Você sabe como vai ser? É igual ao da Escola Naval e da Efomm? Se for, deve ser bem pesado mesmo. E eu tenho tatuagem no braço, um olho de hórus. Será que pode se tornar um problema?

    1. Oi, Eduarda! Olha, não sei como é o treinamento da Marinha, apenas o da Aeronáutica… Acredito que sejam parecidos, é puxado, mas dá para aguentar! Sobre a tatuagem, normalmente quando dá para cobrir com o uso da farda (se for por exemplo no ombro), não tem problemas. Mas se ela for no braço em algum lugar que fique à mostra, mesmo que você use a farda, então normalmente não é aceito…

      1. Que pena, minha tatuagem deve ficar à mostra sim. É no braço mesmo. Mas, mesmo com o concurso, acho dá para entrar como civil, não é? Como civil não teria esse problema.

      2. Desconheço concurso para civil na Marinha… Na FAB tem algumas pessoas que prestam serviço, mas são terceirizadas e não concursadas, não sei se na Marinha é assim. Essas pessoas não tem problemas se tiverem tatuagem, afinal não seguem as mesmas regras que os militares, embora precisem se adequar a esse ambiente…

  22. Olá,

    Gostaria de me preparar para o próximo concurso da Marinha de Comunicação Social, mas tenho uma dúvida: Eu me formei em Marketing, eu posso fazer esse concurso? Qual a formação que precisa ter, precisa ser específico em Comunicação Social?
    Obrigada desde já!

    1. Acredito que nesse da Marinha tem que ter formação em Comunicação Social, com habilitação em… O seu de Marketing é assim? De toda forma, sugiro entrar em contato com a comissão organizadora do concurso da Marinha para ter certeza.

    1. Pode reprovar. Teria que ver se a Marinha disponibiliza no edital as informações sobre o teste psicológico.

    1. Normalmente abre agora no meio o ano, Milene! Acompanha o blog que se souber de informações, divulgarei aqui.

  23. Oi Mariana, tudo bem? Vou fazer o concurso deste ano. Você sabe como funciona o trabalho do jornalista na Marinha? E qual a carga horária e a remuneração para a área de jornalismo?

    Desculpa fazer tantas perguntas, é porque o edital tem poucas informações.
    Muito Obrigado!

    1. Não sei muito os detalhes do trabalho, mas é praticamente assessoria. A carga horária acredito que seja de 40 horas semanais, além das escalas. Sobre o salário, o líquido está em torno de R$ 5.500,00 a R$ 6 mil.

  24. Mariana, primeiramente parabéns! O conteúdo do blog é muito bom e esclarecedor.
    A minha dúvida: Esses cursos que você recomendou aos colegas (como o Radix) podem ser utilizados para pontuação em eventuais provas de títulos?
    Obrigado!

    1. Oi, Cláudio! As provas de título geralmente só pontuam cursos de pós/ mestrado/ doutorado ou experiência profissional.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s