Depoimento de Jéssica Martins

A leitora de hoje tem apenas 21 anos e acabou de ter duas grandes conquistas: se formar em Relações Públicas pela UERJ e ser aprovada em primeiro lugar no concurso do EAOT 2013! Mas apesar da pouca idade, ela mostrou muita maturidade e determinação! Isso, com certeza, foi fundamental para que ela conseguiu a primeira de muitas vitórias que ainda virão pela frente!

O depoimento está muito legal e traz dicas que considero valiosas, principalmente sobre bibliografias e sobre horários de estudos, dois assuntos que os jornalistas concurseiros sempre me perguntam e que nunca consegui responder com tanta propriedade!

E sobre as citações ao meu nome e ao blog: 1 – saber que posso contribuir de alguma forma com pessoas que buscam o mesmo que eu é o que me faz manter o blog e 2 – Jéssica, você não enche o saco não! Tenho o maior prazer de responder e-mails, ainda mais quando se trata sobre o EAOT e a vida na Aeronáutica!

Confiram o depoimento da Jéssica e coloquem suas dicas em prática já!!!

 

“Tudo começou mais ou menos em março de 2012. Era o ano em que eu me formaria (acabei de formando em março de 2013 por conta da greve) e estava com a convicção de fazer concurso para a Marinha do Brasil (MB), local onde eu havia estagiado no ano de 2010/2011. Como ainda não havia saído o edital e pelo jeito demoraria a sair devido à aprovação de uma lei de ensino, não comecei a estudar logo, o que foi um erro.

Conheci uma menina no meu estágio que me explicou coisas sobre concursos, pois eu não sabia nada, não conhecia banca, não sabia onde ver os concursos que sairiam e etc. Após conversar com ela, achei um concurso aberto para a Câmara Municipal de Duque de Caxias. Apenas 8 livros na bibliografia, algumas leis e informática. Consegui ler apenas um três livros e mais as leis. Achava que tinha chances, mas mal sabia que eu não estava me dedicando integralmente, pois decidi não ler os livros que eu não tinha e os que eu considerava “chato”. Antes da data da prova abriu certame para Relações Públicas da Petrobrás.

Após a prova da Câmara, passei a estudar para a Petrobras, mais uma vez errado, principalmente por não ter recomendações bibliográficas fiquei meio perdida no que estudar. Mais uma prova e mais uma decepção. Na verdade nem fiquei tão chateada, pois sabia que não tinha estudado corretamente. Logo após passar essa prova da Petrobrás (início de abril) foi que pensei “por que não estou estudando para o concurso que eu quero? Desviei-me do meu objetivo por falta de edital e por achar que poderia passar estudando pouco e errado para outros concursos”.

Peguei os três últimos editais do Quadro Técnico da MB, fiz um levantamento dos livros que eram mais pedidos e escolhi aquelas que tinham nas bibliotecas que eu frequentava. Estava lá pelo sexto livro quando o edital saiu. Super felicidade. Comprei os livros restantes, alguns peguei na biblioteca, tirei Xerox. Saiu preparatório no Radix específico para a MB e eu fiz todos os módulos. Estudei bastante sozinha e no curso. Antes da prova, de um total de 24 livros das recomendações eu só não havia estudado dois (um porque estava esgotado e outro porque era o Dicionário de Comunicação gigante). Passou a prova e apesar de ter ido bem (acertei 40 de 50) não foi o suficiente. Outras pessoas estavam estudando há mais tempo ou se prepararam melhor. A MB só corrigiu a redação de seis pessoas e pelo que constatei tempos depois eu estava em sétimo lugar (empatada com a oitava). Eram duas vagas que no final se transformaram em quatro e se eu tivesse acertado apenas uma questão a mais talvez eu estivesse lá.

Enfim, passou. E como eu já tinha me inscrito para o EAOT resolvi estudar para esse (entre a prova da MB e a prova do FAB eu tinha cerca de um mês para estudar). Fiz um cronograma de livros que foram cobrados em 2011, (em 2012 não tinha recomendação bibliográfica) comprei alguns em sebos, outros peguei em biblioteca, fora as leis que imprimi para ler, fiz todas as provas anteriores, estudei português. Não estava tão confiante, pois achei que estudei pouco especificamente para essa prova. O que me ajudou também foi que alguma coisa da MB tinha servido (mas é preciso ressaltar que muda muito a bibliografia de um concurso para outro, até porque o da MB é para Comunicação e o da FAB eu fiz para Relações Públicas).

Chegou a data da prova, 21 de outubro de 2012, fiz com calma, pensei bastante e saí de lá confiante, afinal eram 13 vagas e uma teria que ser minha. Sempre eu conto mais ou menos quantas questões é certo de eu acertar e quantas de errar e pelas minhas estimativas eu tinha ido bem. Saiu o gabarito e depois a lista de notas, o que confirmou o meu bom resultado, inclusive como primeira colocada para meu curso, o que a princípio eu não esperava mesmo. Passei por exames médicos, psicológicos, físico e ontem saiu a lista de convocação.

Dia 28 de maio embarco para Belo Horizonte para começar o curso dia 3 de junho.  É muito boa a sensação de dever cumprido, pessoas me parabenizando, a família sentindo-se orgulhosa. Certas vezes eu até penso “mas como fiz para ser a primeira? Nem acho que estudei tanto assim para este concurso”. Acho que aí está o segredo, nunca achar que estudou demais. Espero que a FAB me proporcione uma boa carreira e estou ansiosa para começar. Apesar de inicialmente meu desejo ser a Marinha, estou cada vez mais na expectativa de fazer parte da Força Aérea Brasileira e caso venha a sair um concurso de carreira para a FAB, com certeza estudarei com 3x mais vontade.

Vale ressaltar que o blog da Mariana foi de imensa ajuda para a minha aprovação. Apesar de se tratar de “jornalistas concurseiros” resolvi meter meu bedelho e acompanhar as suas atualizações. Li tudo que ela disse sobre o EAOT e foi o que me incentivou mais a estudar para ele, pois a princípio eu não conhecia, não tinha sequer visto uma prova. Além disso, mandei e-mails para ela e ainda mando, encho o saco mesmo rs. Obrigada, Mariana, por dedicar um espaço para nós! Obrigada a minha família e amigos que acreditaram em mim e me apoiaram.

Minhas dicas de estudo:
•    Escolher um foco (seja banca, concurso, área).
•    Começar a estudar antes de sair o edital (pela bibliografia e provas dos anos anteriores)
•    Estudar preferencialmente pelos livros indicados (quando houver)
•    Fazer um cronograma por quantidade de páginas a serem estudadas por dia (no meu caso eram entre 50-70).
•    Fazer resumo dos livros
•    Estudar todos os dias, se um dia foi pouco ou não deu, compensar no dia seguinte
•    Estudar em qualquer lugar (ônibus, metrô, ponto de ônibus, salas de espera) – Vejo muita gente dizendo que não tem tempo, mas para o meu caso a maioria da bibliografia eu estudava fora de casa, durante minhas locomoções diárias. Geralmente em casa eram só uns 30 minutos por dia e finais de semana.
•    Acordar mais cedo para estudar um pouco a mais (uma hora)
•    Deixar uns 10 dias antes da prova para estudar apenas os resumos para fixar.
•    Estudar até o último momento
•    Tem gente que diz que é preciso estudar o dia inteiro, eu especificamente juntando todos os pequenos momentos que eu estudava (15 minutos no metro + 20 num ônibus + 30 em outro + tempinho entre intervalo de aulas + casa etc) somava-se entre 2 e 3 horas diárias. Acho importante alternar e não ficar três horas seguidas, pois depois de uma hora eu começo a me distrair.”

15 opiniões sobre “Depoimento de Jéssica Martins”

  1. Nossa Mariana, adorei a introdução que você deu ao meu depoimento! É bom saber que você tem mesmo prazer em ajudar!

    Muito obrigada por acreditar em mim e por desejar tudo de bom!

    Espero ver muitos outros leitores do seu blog que se inspiram em você aparecerem aqui.

    1. Jéssica, acabo de ler seu depoimento de 2013. Nossa, parabéns de novo! Vi aqui suas dicas e acho que já responde algumas perguntas que eu fiz no post sobre a lista de aprovados da MB. As provas são bem no estilo “decoreba” o que nos força a ler os livros, até os mais chatos de todos. Esse curso Radix, o que vc achou? Bom, este ano será minha última tentativa em razão da idade. Se eu vir meu nome na lista, mesmo não sendo convocada, já estarei feliz da vida!

  2. Olá oficiais da FAB Mariana e Jéssica,
    Estou nessa batalha desde março estudando para o Exército brasileiro (EB), estou perseverando, tracei metas mensais mas “ai que desespero” bate quase sempre. A prova exige muito conhecimento de Relações Públicas, mapeei as provas de 2006 a 2012 (exceto 2009 que nao abriu vagas para comunicação) é o assunto mais exigido. Bom sou recém formada em jornalismo, e não paguei nenhuma cadeira de RP, botei a mão na cabeça respirei fundo e saí atrás de depoimentos de aprovados e blogs sobre o concurso. Peguei o edital do ano passado e comprei, emprestei, xeroquei muitos livros e até agora só estudei teorias da comunicação e os livros de Margarida kunsch. Conversei com algumas pessoas, de cara tb aperriei minha conterrânea Mariana Mazza, mas eu to com esse sentimento de “não estou estudando o suficiente” o tempo inteiro. Estou com medo e não tenho ajuda de ninguém. Eu estudo em qlq espaço de tempo, leio e to tentando construir minha própria apostila, com resumos e citações. Faço cursinho de conhecimentos gerais e to indo muito bem nas disciplinas gerais. Eu me pergunto toda hora o que falta para eu me sentir mais confiante e eu só me aperreio mais. Então como aprovadas digam-me é assim mesmo ou vcs conseguem perceber algum erro de percuso no meu relato? to tao envolvida que posso nao perceber que estou indo pelo rumo errado.. e essa ansiedade tem cura ou só qndo sair o resultado?

    Parabéééns, e não parem de postar e escrever dicas e apoio pra nós roedores de unhas, arrancadores de cabelo que estão na labuta por um sonho, ser oficial das forças armadas.

    1. Talitha, você já está no caminho certo! Pegar provas anteriores, ler, estudar o tempo que der… Mas essa ansiedade pode te prejudicar! Sei que é normal ficar assim insegura, mas precisa ter mais confiança em você mesma! No resto é entregar nas mãoes de Deus. Tem uma frase que gosto muito: “A vitória e a derrota cabem a Deus. A nós só cabe a luta!”.

      Tenha fé, paciência e confiança! Continue estudando e acreditando que a aprovação é só consequência!

    2. Já ouvi falar que a prova da EB exige muito mais RP, cheguei até dar uma olhada e também achei. Faça isso, estude as provas, estude quando der. Se vc estiver se sentindo culpada de não estar fazendo o máximo é provavelmente porque vc poderia estar fazendo mais, mas não significa que esteja estudando pouco. Acho positivo se cobrar, pois tem gente que sempre achava que eu estudava muito, mas pelos meus critérios não. Nunca ache que fez o suficiente, mas também não fique com sentimento de que não vai conseguir, isso acaba é prejudicado. Pelo contrário, tenha certeza que a vaga é sua, mas que você precisa dar seu máximo para tirar o máximo possível. Leia os livros de RP, o da Margarida é bem completo, talvez lendo uma vez só não guarde td, então trabalhe com resumos e faça provas de outros concursos (se já tiver feito as da EB). Tem um site que eu gosto e fiz muitas questões http://www.questoesdeconcurso.com.br e http://www.atepassar.com.br. É bom que vc responde e já aparece logo se errou e vcê também pode escolher por banca, curso e etc. Por fim, pelo que vc descreveu, está no caminho certo. O importante é ter convicção e vontade! Caso queira me perguntar algo mais específico de RP jessicams2006@hotmail.com e fique de olho no blog da Mariana 🙂

      1. meninas muuuuuuuuuuuuito obrigada pela força e pela disponibilidade, só em responderem já me sinto melhor e mais acolhida. Anotei o E-mail Jéssica e brevemente estarei enviando algumas dúvidas mesmo!! E não tiro os olhos aqui do blog, já está na barra de favoritos hehehehe. Desabafar aqui já me deu novo ânimo, como dizem no cursinho foco, força e fé!!! brigadao beijos

  3. Jéssica!

    Fiquei encantado com seu depoimento! Um belo incentivo. Estou na espera do concurso para QOAp em Nutrição, espero que não demore! Estou reunindo toda a bibliografia dos EAOT passados e do Corpo de Saúde da MB. Você ou Mariana têm alguma dica para disciplina nos estudos?

    Sucesso Tenentes!

    Abraços!

    1. Não tem muito o que fazer, é tentar organizar o tempo disponível e tentar manter a concentração e foco nos estudos! Boa sorte!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s