Prova do BNDES: como foi?

Quem aí ainda tem disposição para comentar nesse post levanta a mão!!! Não sei se vocês estão tão “destruídos” quanto eu, mas como o gabarito já deve sair amanhã e vou abrir um post para falar sobre isso, achei que valia a pena ter esse espaço para a gente tecer os primeiros comentários sobre a prova!

E aí, o que acharam? Gostaram da prova? Pelo que eu percebi e pelo que conversei com o pessoal por aí, a prova objetiva foi no geral fácil e há uma grande possibilidade de alguém ter fechado a prova! Não fui eu, pois já tenho certeza que errei pelo menos uma questão, mas acho bem provável que alguém tenha conseguido…

Mas vamos às observações por provas:

LÍNGUA PORTUGUESA
Mesclou bem a parte de intelecção de texto e de gramática. Muita gente achou difícil, mas achei mais cansativa, chatinha de fazer!

LÍNGUA ESTRANGEIRA
Inglês é aquele mesmo modelinho de prova da Cesgranrio, que acaba prejudicando mais quem tem dificuldade com os significados das palavras. Mas eu achei boa.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
Não estava difícil! Também não achei os enunciados cansativos, no geral, eram bem diretos nas perguntas, com uma introdução relativamente pequena (comparando com o modelo Cesgranrio, que normalmente dá uma volta pra perguntar). Conseguiu abranger a maioria dos assuntos pedidos no edital, menos Teoria da Comunicação (ufa para muita gente) que praticamente não caiu!

PROVA DISCURSIVA
Acho que conseguiu mesclar bem a parte de marketing, planejamento, assessoria de imprensa… Não estava difícil! Aquela questão da comunicação multiplataforma pegou um pouco, não sei vocês, mas eu nunca tinha ouvido essa expressão e pelo que andei lendo agora, acho que minha resposta ficou incompleta… Mas vamos ver o que dá!

Falem o que vocês acharam, vamos trocar figurinhas!

Anúncios

69 opiniões sobre “Prova do BNDES: como foi?”

      1. hahhahahaha pirulito de limão 😛 Portugues tava chato pacas, espanho idem, ja especificas tranquilas, uma outra complicada. Sera que tem algum gabarito extra oficial por ai 🙂

      2. Também to ansiosíssima pra ver o gabarito. Também fiquei aliviada de não cair tanto TEcom, porque geralmente eles apelam na leitura e na bibliografia.

        Pelo menos umas 7 questões eu vi que estavam bem parecidas com as de provas anteriores, apenas deram pequenas mudanças.

        Tenho impressão que aquela do diálogo-discursiva, sobre O VALOR no marketing- também já havia caído.

        Em geral, as pessoas com quem conversei e eu achamos até fácil a objetiva.

        Texto de inglês tava cansativo e aquele das cidades, chatinho também.

        Como a discursiva é o desempate, é o que vai apertar ne….

  1. A de português foi bem chatinha mesmo, bastante cansativa. Achei a de inglês bem tranquila, para gabaritar. Conhecimentos específicos achei fácil, não para gabaritar, mas dá para ir bem. A discursiva foi tranquila no geral, mas achei aquela questão de criação e ampliação de demanda muito mal formulada, um enunciado meio ambíguo. Eu mencionei ações publicitárias para cada caso, mas fiquei na dúvida ser era isso mesmo.

    1. Eu expliquei o que era cada um, mas depois que passei a limpo, relendo o enunciado achei que ficou confuso mesmo…

      1. Também achei o enunciado confuso, concordo com vocês! Não sei se entendi direito o que eles queriam.

  2. Olá, achei a de inglês tranquila, a primeira parte de português bem tranquila e a segunda começou a complicar. CE mais ou menos. A discursiva foi boa, mas me enrolei na que valia mais pontos. : /

  3. Eu gostei da prova de Português… relembrei super dos tempos de cursinho. 🙂

    Também achei Conhecimentos Específicos e a discursiva bem OK…

    …mas, comparando com as edições anteriores do concurso, esse foi realmente mais fácil na minha opinião. Ou seja, notas lá em cimaaa!

      1. Haha! Em Brasília também tava quente. Fiquei esperando sentada na calçada debaixo de uma árvore!

  4. Achei as provas de português e inglês tranquilas, poucas pegadinhas em CE… A discursiva dava para fazer com tranquilidade (quem estudou, claro).

    Concordo sobre a questão de “criação e ampliação de mercado”. Estava realmente confusa! Não estava claro o que eles queriam exatamente…

    1. Como publicitária, achei mesmo a questão sobre mercado estranha, mas o resto estava tranquilo, a de língua portuguesa, na minha opinião, estava mais cansativa do que difícil, gastei uma hora fazendo a minha só pra ter certeza que ia garantir todos os pontinhos… 🙂

  5. Mariana e acompanhantes do blog!

    Eu queria apenas registrar que considero este o melhor blog para acompanhar as provas de comunicação! Sempre com textos atualizados, com uma proximidade muito legal entre os participantes. Não posto sempre, pq não estou prestanto todos os concursos, mas sempre que posso acompanho!
    Mari (olha a intimidade!!!), parabéns pela iniciativa e por passar parte do seu precioso tempo de estudo dividindo seus conhecimentos conosco! Saiba que este espaço é muito importante para quem não tem muitas opções de discutir as provas com pessoas também interessadas num diálogo saudável e enriquecedor.
    Que venha o gabarito do BNDES e que muitos de nós realizem, em breve, o sonho de conseguir uma boa vaguinha neste mundo tão concorrido dos concurseiros! Bons estudos a todos nós!

    1. Assim eu choro, Bruna!!! Obrigada pelo comentário!!!

      Essa semana me perguntaram como eu consigo trabalhar, estudar, atualizar o blog e ainda tentar ter vida social… Mas é que eu adoro esse espaço aqui e quando eu leio comentários como esse, me fazem ter a certeza que vale a pena dedicar um tempinho ao blog! É o amor, né?

      1. É, o amor é tudo! Não desista não pq vc nos dá muita força por aqui! Qnd eu penso em desistir e partir p outra vejo q ainda vale a pena estudar, estudar e estudar!
        Vamos lá, força na peruca! 🙂

  6. A questão de criação e ampliação de mercado cabe recurso, porque não deixou claro se eram estratégias de marketing ou ações publicitárias. Pelo menos eu acho.

    1. Será que vai dar rebu? A Cesgranrio é bem complicada para aceitar recurso, vamos esperar o padrão resposta…

      1. Também achei essa questão confusa, fiz um sambalelê na minha resposta, vamos ver se cola, hahaha.

      2. Bota confusa nisso, putz. Li, reli e não entendi. Apostei num texto com base nos 4ps do mkt.

      3. Também achei essa questão confusa e acabei dissertando muito mais sobre o conceito e aplicação do que características. Seja o que Deus quiser!

      4. No texto, falava de publicidade comercial. Também acho que não dei conta da questão.

  7. Curiosidade que eu tenho: como foi a abstenção nas salas de vocês? Onde fiz (Porto Alegre), 25 dos 60 candidatos nem apareceram para fazer a prova.

      1. Pois é. Além disso, na minha sala, durante a prova dissertativa, muita gente foi embora bem cedo (sem tempo para responder mais que duas perguntas talvez). Dos 60 da minha sala, acho que em torno de 15 fizeram a prova pra valer.

      2. Mas acho que já era de se esperar isso em um concurso com quase 7 mil inscritos! Esse pessoal que faltou ou que respondeu a prova em uma hora dificilmente estava realmente preparado…

    1. Luis, na minha sala tb faltaram muitas pessoas e na prova dissertativa dava p ver q muita gente respondeu de qq jeito… Com o sol q fez hoje aqui em Salvador -BA eu acho q muita gente preferiu ir à praia!! 🙂

  8. Eu achei a prova de Português tranquila, a de CE também (embora tenha ficado em dúvida em algumas). Não gostei da questão sobre criação e ampliação de mercados, não achei clara e nem sei se respondi o que eles queriam rs
    Também me enrolei um pouco na comunicação multiplataforma =/
    Na minha sala, faltaram poucas pessoas, apenas 6.

    1. eu também acho que não fui bem nessa questão da comunicação multiplataforma. No ano passado, ainda consegui fazer 25 dos 50 pontos. Vamos ver o que virá agora – se conseguir que corrijam minha prova!

  9. Na minha sala também faltou um bocado de gente, e muitas pessoas saíram cedo na parte da tarde…gostei da prova, achei que ficou num bom nível (nem tão difícil, nem tão fácil), e as discursivas também. Pensei que eles fossem pegar mais pesado nelas, mas deu para desenvolver bem a resposta. Alguém tem ideia de quantas pessoas eles podem chamar? E como funciona a correção da discursiva?

    1. CORREÇÃO DA DISCURSIVA
      “7.1.3 ‐ Após a 1ª Fase, os candidatos serão classificados por formação a partir do total de pontos obtidos, sendo eliminado o candidato que obtiver aproveitamento inferior a 60% (sessenta por cento) do total da pontuação do conjunto das provas objetivas. Será, ainda, eliminado o candidato que não obtiver o mínimo de 3,0 (três) pontos na prova de Língua Estrangeira, de 10,0 (dez) pontos na prova de Língua Portuguesa e de 35,0 (trinta e cinco) pontos na prova de Conhecimentos Específicos.

      7.1.4 – Será considerado habilitado à 2ª Fase o candidato não enquadrado nos critérios de eliminação detalhados no subitem 7.1.3 e que esteja classificado entre os 660 (seiscentos e sessenta) mais bem colocados, por formação, respeitados os empates na última posição, incluindo nesse total os ocupantes das vagas destinadas a pessoas com deficiência em conformidade com o subitem 5.1.”

      QUANTOS VÃO CHAMAR?
      Quem souber vai virar assistente de Mãe Dinah! kkkkk! Brincadeira! No último só chamaram 3, acho que nesse não serão muito mais, mas nunca se sabe…

    1. Aliás, fiz pra téc. administrativo em Belém-PA e aqui faltou MUITA GENTE pq teve final de campeonato, mas gostei da prova! ^^

  10. Em Brasília, na minha sala, faltaram umas 12 pessoas e muita gente saiu bem cedo.Também achei as provas mais fáceis do que dos anos anteriores.

  11. Só sei de uma coisa nesse momento: preciso de pelo menos uma semana de folga nos estudos pra recuperar tudo que eu gastei hoje! Ô provinha cansativa, viu?

  12. O post é super válido, e concordo com você, a prova de português estava muito cansativa, os textos estavam bem capciosos, exigindo do candidato uma interpretação mais elevada. Me surpreendi com a especifíca, nada muito complicado, bem “batidinho” e tranquila.
    A discursiva também não exigiu muita coisa, até foi bem rápida.

    Com certeza vai ter alguém gabaritando a específica! Infelizmente não fui eu, rs, mas valeu fazer essa prova! Preparação para as próximas!

  13. O gabarito saiu no site da Cesgranrio. Alguém já conferiu? Mariana, você pode comentar? Obrigada, boa sorte a todos!

  14. Ola
    fiz a prova de tecnico e consegui uma pontuacao de 102,4. Sera que dar pra ter alguma esperanca? gostaria de saber outras pontuacoes. Valeu

  15. Pessoal, o gabarito já tá no site… Me decepcionei com o resultado, poucas chances de ficar nas bocas: 85…

  16. Pessoal, estou muito feliz! Meu primeiro concurso e fiz 92 pontos. Errei uma em português e quatro em específicos. Queria das uma olhada nas provas para ver o que errei. Já saiu em algum site? Obrigada e boa sorte a todos!

  17. Vou entrar com recurso para alteração do gabarito da 50 e quero a opinião de vocês. A questão pergunta especificamente sobre a CAUSA das crises mencionadas (a saber, aquecimento global e insustentabilidade da Terra). No enunciado mesmo da questão, afirma-se que esses dois eventos são “CONSEQUÊNCIA da virulência produtivista e consumista”. O gabarito diz que essas crises são CAUSADAS por questões ambientais (opção B). Mas elas NÃO são CAUSADAS por questões ambientais. As crises, elas mesmas, são ambientais. E isso são duas afirmações diferentes. A única opção que faz jus à passagem acima mencionada (“CONSEQUÊNCIA da virulência produtivista e consumista”) é a D, que foi a que eu marquei. O que vocês acham?

    1. Luis, eu concordo com você com relação à discussão de causa e consequência. Eu marquei opção A porque o texto fala em questões econômicas, faz referência às políticas neoliberais… enfim, quem decide a política econômica e, portanto, estimula o produtivismo e o consumismo (que são as CAUSAS das crises, como o texto deixa claro) é o governo. Ainda que não tenhamos marcado a mesma resposta, é absurdo dizer que as causas são ambientais, uma vez que o próprio texto diz que as causas são outras!

  18. Amigos, fiz 71,6 pontos pra téc. Administrativo.
    O que acham? Tenho esperança? Ou posso esquecer?

    A questão dos CD’s de Jazz de matemática, o resultado do gabarito tá certo?

    1. rapaz, aqui estamos falando da prova de comunicação social, nivel superior! não vamos saber comentar a prova de técnico adminsitrativo 😦
      costuma haver fóruns pra discutir a nota e a prova, dá uma procurada!! se vc estiver no facebook, entra nesse grupo aqui e procura o post do ranking de técnico administrativo.
      https://www.facebook.com/groups/bndes.rj/
      boa sorte!

  19. Pessoal,
    Alguém pode postar minha nota lá no CorreioWeb? Não consigo ativar meu perfil de jeito nenhum. Acho que deve ter muita gente neste mesmo barco…

    91,5

    Obrigada

  20. Oi, Mariana! Também amo esse blog, por poder compartilhar nossos conhecimentos e experiências! Parabéns! Bom, eu gostei da prova do BNDES, mas a parte de marketing realmente eu voei na discursiva, porque estudei pouco essa parte. Mas as demais questões gostei.

    Quanto deve ser a média e a nota de corte? Vi no fórum do Correio Web a maioria quase fechando a prova e fiquei na dúvida se era só terrorismo. O 1º lugar no ranking, em tese, teria feito 92% da prova. Será que esse é o comum?

    1. Pelo que você pode ver até pelos comentários aqui no blog, muita gente está tirando entre 80 e 90, sim, sendo 92 a mais alta que eu já vi até agora! A prova foi cosiderada fácil, por isso será nivelada mais por cima!

  21. Amigos, muita gente utiliza os fóruns de discussão para fazer terrorismo psicológico. Conheço algumas pessoas que adoram esse tipo de embuste. É comum alguns engraçadinhos inventarem pontuações altíssimas só para desestabilizar outros candidatos mais suscetíveis. Mas já adianto o seguinte: as notas das provas de comunicação social tem sido, realmente, absurdamente altas. Quem já tem alguma nas provas estrada sabe disso. A minha explicação é que a profissão com maior nível de desempregados/subempregados é a comunicação social. Instabilidade, baixos salários, poucas oportunidades, cargas horárias desumanas, assédio moral etc. Ou seja, comunicólogos se dedicando em massa aos concursos. A grande maioria estudantes profissionais (pai)trocinados, que 8, 10 horas por dia estudando. Acredito que os primeiros colocados desta prova do BNDES vão meter de 135 pontos para cima. O nível de dificuldade foi baixo, o que deve fazer com que a nota de corte suba bastante. Tendo em vista que o banco só chama meia dúzia de comunicadores, quando isso, quem fez menos de 85, sendo otimista (acho que os cabeças vão estrondar com mais de 90), já pode começar a estudar para a próxima prova. E mesmo quem fez algo entre 85 e 90 vai ter que fechar a discursiva para sonhar com as dez primeiras colocações do cadastro (lembrando que só uma minoria do cadastro será convocada).
    Inté!

  22. Olá Mariana, também sou jornalista e acompanho o blog há um bom tempo. Comecei a buscar a material específico na net, juntamente com alguns livros que já tenho, e estou em vias de começar a preparação pros concursos deste ano. Você tem conhecimento se vão ocorrer outros do mesmo nível do BNDES ainda em 2013? Ou aqui na região Nordeste mesmo? Saudações

    1. MPU deve ocorrer em breve (já foi formada uma comissão que vai fazer o edital, escolher a organizadora). Estão falando também em INSS, Petrobras, Bacen… Assim que abrir, vou postando no blog. É válido já iniciar os estudos! Boa sorte!

  23. Refiz a prova discursiva hoje a título de estudo. Realmente estava muito fácil. Errei 9 questões de 70 e, provavelmente, não vou ficar nem entre os 100 primeiros. Certamente alguém fechou esta prova. Essa é a grande angústia de quem faz Cesgranrio. Como a cobrança é elementar, cada questão que você erra pode te condenar. A prova discursiva também não foi complexa. Acredito que os primeiros colocados vão fazer mais de 140 pontos. Perdoem-me pelos errinhos no último post. Escrevi de supetão, no calor das emoções. O jeito é continuar estudando, fazer o quê? Bola para frente.

  24. Vou postar em anônimo porque vou descer a lenha.
    Eu tenho achado as provas da cesgranrio muito idiotas. São extensas, mas bobas. Por exemplo na de matemática não caiu logarítmo nem PG. Raciocínio lógico pobre. De português nem se fala… Até um estrangeiro se sairia bem. É estranho que específica tenha tão pouco peso. No mínimo deveria ter o mesmo peso das provas de português e de matemática. Fiz 79 e sei que não vou passar porque muita gente vai gabaritar. Se é para se ter uma prova exaustiva e boba, que pelo menos tivesse mais questões e mais tempo para vencer os condidatos pelo cansaço.

  25. Ridiculo é considerar que em algum nível um acessor tem como função ir a público se desculpar por problemas correntes da empresa. Aprendi que um acessor tem como objetivo, no contexto da questão 56, assegurar a imagem da alta direção em momentos de crise, acho que a questão deve ser melhor avaliada, não concordo com a resposta do gabarito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s