Conferindo o gaba: concurso dos Correios

Até que enfim foi divulgado o tão esperado gabarito do concurso dos Correios. Cheguei em casa, corri para o computador e comecei a fazer os cálculos.

Primeiro digo que não é fácil conseguir calcular essa nota, porque essa coisa de uma certa anula uma errada… Enfim, isso quebra um, ainda mais nós jornalistas que temos uma certa aversão à matemática!

Então o que fiz: anotei quantas eu marquei (excluí as em branco), das que marquei, vi quantas acertei, e daí subtraí o número de erros. Isso dá o resultado final do número de acertos. Depois multipliquei o número de acertos finais por 1,00 (meio desnecessário isso, né? Basta colocar “,00” após o número de acertos).

Vamos lá ao meu veredito:

CONHECIMENTOS BÁSICOS (Português + Informática + Inglês+ Administração Pública)

Marquei 44, acertei 33 e errei 11 = 22 x 1,00 = 22,00 pontos

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Marquei 60, acertei 49 e errei 11 = 38 x 1,00 = 38,00 pontos

CÁLCULO DA NOTA:

22,00 + 38,00 = 60,00.

Tenebrosa a nota, né? Equivale a 50% da prova! Bom, acredito que essa nota não dê para garantir o primeiro nem o segundo lugar, mas pelo que tenho ouvido das pessoas, os primeiros colocados não devem tirar muito a mais que isso…

Ainda vou analisar com calma as questões que dá pra entrar com recurso. Mas pasmem: sabem aquela questão de publicidade e propaganda? Marquei e acertei todas! E as de crossmedia e pitching? Deixei algumas em branco, mas das que marquei, acertei todas! Vai entender…

Lembrando que os recursos devem ser impostados a partir de amanhã (18), às 9 horas, até 18 horas da sexta-feira (20) no próprio site da Cespe.

OBS: a divulgação dos gabaritos e provas no site da Cespe tá uma zona! Por exemplo, quando você clica no cargo de Jornalismo, aparece o material de Relações Públicas. E isso está acontecendo em todos os cargos! Acho que na hora de fazerem o link, houve confusão.

Por isso, quando for fazer a conferência, clique em “Consulta a gabarito preliminar e caderno de questões” que fica logo acima da página, em “ACESSO A LINKS”.

132 opiniões sobre “Conferindo o gaba: concurso dos Correios”

  1. Até que enfim alguém publicou algo…
    Eu também fiz 60 pontos (com 22 e 38 também)
    concorro por Goiás…

    Inicialmente achei médio, mas pelo q vc diz, foi boa nota…

    Até

    1. Se você fosse aqui de Recife, iríamos para o critério de desempate!

      Como disse no twitter, não foi uma boa nota, mas se os nossos concorrentes forem bem pior… Agora é esperar até sair o resultado!

    1. É não, Michele! Veja o que diz o edital:

      “10.2 A nota em cada item das provas objetivas, feita com base nas marcações da folha de respostas, será igual a: 1,00 ponto, caso a resposta do(a) candidato(a) esteja em concordância com o gabarito oficial definitivo das provas; 1,00 ponto negativo, caso a resposta do(a) candidato(a) esteja em discordância com o gabarito oficial definitivo das provas; 0,00 ponto, caso não haja marcação ou haja marcação dupla (C e E).
      10.3 O cálculo da nota em cada prova objetiva, comum às provas de todos os(as) candidatos(as), será igual à soma das notas obtidas em todos os itens que a
      compõem.”

      Faz tua nota como eu disse aí no post. Se der 69%, foi muito bem!

  2. Ah Mariana… eu to arrasada…
    Achei que tivesse ido bem, mas to me sentindo tão mal…
    Fui mto mal em jornalismo.
    Acertei a mesma quantidade que você no conhecimentos básicos… mas acertei 40 e errei 22 de jornalismo…
    Estou pasma! Não estou acreditando….
    To muito, mas muito deprimida mesmo…. muito decepcionada….
    Sinceramente… sinto que perdi o chão por hoje…

    Boa sorte pra você!! Tudo de bom!
    Beijos

    1. Ô, querida! Não fique assim! Sei que é fogo você estudar tanto e no final ver um resultado ruim. Mas lembre que essa prova não vai analisar seu conhecimento, de jeito nenhum. ainda mais essa prova louca da Cespe!

      Dê uma relaxada hoje, amanhã. Vá ao cinema, saia pra tomar um sorvete com os amigos, comer um sushi… Se dê uma mini-férias (até a sexta-feira, no máximo) e daí comece tudo de novo. Vá estudando, se preparando, antes mesmo que apareçam outras seleções. Vida de jornalista concurseiro é isso mesmo!

      1. Ai Mari (posso te chamar assim? ehehe)
        Nem me fale… minha cabeça dói do tanto que eu chorei… mas já passou!
        Acredito que dá pra entrar com recursos e tal…
        A minha nota total é 40…
        Vamos ver né se a gente consegue melhorar alguma coisa por aí né??

        Depois eu te passo por e-mail as questões que eu quero entrar com recurso pra ver se são as mesmas!

        Grande beijo e muito obrigada pelo apoio!!!

  3. Nem vou dizer quanto eu tirei…
    Mas as que eu acho que cabe recurso
    – Same tasks, same pay… Não a mínima lógica disso ser a ideia principal do texto. Não se fala nada de equiparação salarial ou coisa do tipo
    – “A Tv digital, por proporcionar, no que concerne aos conteúdos veiculados, ELEVADOS NÍVEIS de interação, participação e personalização por parte do telespectador…”. Ô gente, a tv digital só proporciona elevados níveis de participação na teoria dos mais otimistas do mundo né! Participar é amplo, tudo bem, mas elevados níveis? Seria algo como ter seu conteúdo sempre publicado, ter você lá sempre, poder “entrar” na programação… Isso definitivamente não acontece
    -A do “indicados por termos sublinhados” já disse onde acho que está um erro. E tem outro: “hipertexto” surgiu na literatura, bem antes da internet…

    – Não existe nada que trate da “subjetividade dos atores”…Existe?
    – Diz o Código de Ética: “o jornalista não pode divulgar informações obtidas de maneira inadequada, por exemplo, com o uso de identidades falsas, câmeras escondidas ou microfones ocultos, salvo em casos de incontestável interesse público e quando esgotadas todas as outras possibilidades de apuração”. Não é “ou”, é “e”!!!! Então a questão tá errada!

    1. Ainda não consegui parar para analisar a prova com calma, mas olhando rapidamente o que você postou, concordo logo com a de inglês. Agora essa do Código de ética, também errei, mas nessa mesma informação diz “salvo em casos de incontestável interesse público e quando esgotadas todas as outras possibilidades de apuração” e na questão diz “desde que os fins o justifiquem”. Então os fins de incontestável interesse público podem justificar o uso dos equipamentos…

      Vou ler com calma e ver o que dá para recorrer.

      1. Pois é gente… amanhã eu estarei com a cabeça um pouco mais fria e conseguirei pensar nas questões para entrar com recurso.
        Agora realmente, aquela questão de inglês “same tasks, same pay”, sinceramente não tem nada a ver com ideia principal. O texto é todo sobre as conquistas das mulheres. Em momento nenhum fala sobre equiparação salarial, mas sim da posição na qual a mulher se encontra na sociedade e como ela está “subindo na vida” em vários países.

        Enfim, dentre tantos itens que pretendo entrar com recurso, este é um deles. Sinceramente, esta prova foi a pior que já fiz do CESPE. De 10 a 0 a prova do STM foi melhor elaborada que esta.

        Beijos gente!

      2. TOTAL, ESSA QUESTÃO DE INGLÊS DO “SAME TASKS, SAME PAYMENTS” TEM QUE SER ANULADA, GENTE!!!! O TEXTO TERMINAVA DIZENDO QUE NO FUTURO AS MULHERES VÃO GANHAR MUITO MAIS ENQUANTO QUE OS HOMENS É QUE VÃO FICAR EM CASA!!! O TEXTO É FEMINISTA, NÃO PEDE EQUIPARAÇÃO EM NENHUM MOMENTO!!! FALA SÉRIO!!!!

    2. Verdade, Bráulio esse same task ai eu marquei errado e gabarito dá como certa! aff Fala aliás, justamente o contrário, que os homens ainda ganham mais do que as mulheres…. Enfim…

      Das específicas a que eu não concordo é a de o rádio ter maior redundância do que a TV. As imagens são mais redundantes do que as palavras, não?

      Essas dos termos sublinhados e a da subjetividade dos atores, não consegui achar? Qual o número das questões?

      1. Michele, o que pensei do rádio foi que, como não tem outros recursos como a imagem, esse meio costuma repetir informações para fixar a ideia para os ouvintes. Já na TV, as imagens complementam o texto…

        Agora essa da subjetividade não achei também não… Diz o número, Bráulio!

      2. Concordo com vc Michele!!!
        O que é q tem a ver a rádio ser mais redundante que a TV, se a TV além de “falar” ainda fala o que a imagem também mostra???
        Sinceramente….
        Vamos entrar com recursos e derrubar essa 2%$¨#%¨#¨# desse CESPE…

      3. Não gente, essa questão do rádio tá certinha, e é como a Mari explicou: o rádio é o meio de comunicação mais redundante de todos porque justamente conta apenas com as ondas sonoras, enquanto a TV tem imagem+som+texto. Então tudo no rádio tem que ser muito repetitivo porque o ouvinte pode se dispersar a qualquer momento, ou pode não entender a informação de primeira. Já na TV, se não se entende de primeira o que é dito, temos imagens e até textos no rodapé, sacaram?

  4. Eita, conta louca! Jornalista tem problema com matemática! kkkk

    Bom, refiz as minhas contas como no seu modelo. Deu 63 pontos.

    Dureza é ter que esperar o resultado que só sairá em julho! aff

  5. E porque que a do capital social da ECT está errada???
    Achei que podia ser por causa da segunda parte, mas o estatuto diz:
    “Art. 6º – Para a realização de seu objetivo, a Empresa disporá dos seguintes recursos: I – a receita proveniente da prestação dos serviços;…”

    1. Tá errada sim, pq o capital social de uma autarquia não é composta único exclusivamente por dinheiro público… e sim, 51% constituição pública, e 49% privada… Lembrem-se que os Correios tem renda externa… As pessoas pagam pelos serviços de correspondencia, encomendas etc…

  6. É Carol, fica assim não! É o tal do estudar ATÉ passar! Relaxa um pouco como a Marina disse e depois volte com tudo! Boa sorte!

    Aliás, se tivesse um botão curtir eu super curtiria o comentário da Mariana pra você!

    Abraços!

      1. Prezados, acredito que a Q.50 está errada pelo seguinte: diz que “o capital da ECT é constituído integralmente por recursos da União: a receita proveniente da prestação de serviços destina-se à realização de seu objetivo principal.

        O problema é que a receita das atividades não vai apenas para a realização do objetivo principal, pode integrar também o capital social. Vejam:

        Art. 5o
        Parágrafo único – Este capital poderá ser aumentado por ato do Poder Executivo, mediante a incorporação de Recursos de origem orçamentária, “por incorporação de reservas decorrentes de lucros líquidos de suas atividades”, pela reavaliação do ativo e por depósitos de capital feitos pela União.

        Saudações

      2. É, vendo por esse lado… De toda forma, a questão não diz que a receita destina-se apenas á realização de seu objetivo.

        Afe, é confuso isso, viu?

    1. Ah Michele, muito obrigada pelo apoio!
      Já já eu volto para o mundo real e estudar tudo de novo…
      O jeito é tentar não perder o ritmo, não desanimar… mas numa hora como essas é complicado demais…
      MAs!! A vida segue em frente. Igual como minha mãe diz: O que é seu está guardado.
      Uma hora chega! Deus sabe o que é melhor para todos nós!!!

      Beijão!

      1. Sempre que passo por um concurso, depois das provas, gabaritos, e de entrar com um recurso, tiro essa mini-férias para recompor as energias. Não mais que uma semana! depois começo a estudar de novo com a certeza que no próximo vai ser ainda melhor!

  7. Fiz 42 pontos pra Mato Grosso, como a concorrência foi pequena, de 41 inscritos (fora desistentes)> To querendo saber do pessoal de MT, daí, quem sabe, né!!!!!

      1. Oi Andreía,

        Vamos descobrir qntos pontos fizeram a galera de MT, daí, quem sab dá certo pra gente, até agora ñ consegui descobrir outras pessoas daqui, mas quem sab eles vendo aqui, postem alguma coisa!!! Mandei um email pra vc tbm, com alguns toques!!! Eu acho q rola pra gente!!! TEM Q TER FÉ, kkkkkk!!!!!

  8. “O roteiro dramático concentra-se nas ações dos personagens, enquanto o roteiro épico conta uma história e o roteiro lírico trata da subjetividade dos atores”…
    Nem o google sabe nada de ‘subjetividade de ator’. Imagina: o roteiro lírico de O Iluminado trata da insanidade de Jack Nicholson… É, se bem que pode até ser né… hehe

    “O conceito de hipertexto deriva do surgimento dos hyperlinks, mas somente com o uso corrente de blocos de textos concectados entre si por nexos não sequenciais, permitindo-se igualmente relações com conteúdos diversos (INDICADOS POR TERMOS SUBLINHADOS), é que se pode, de fato, falar da existência das hipernotícias”
    Dois erros: hipertexto existe desde bem antes, com a literatura; nem sempre é indicado por termos sublinhados..pode ser por negritados por exemplo.

  9. Geente,

    eu concorrei para João Pessoa – PB e pelas minhas contas fiz uma média de 52,0 . Foi meu primeiro concurso e estava estudando há apenas 1 mês. Vendo os comentários me sinto melhor e acho que não fui tão mal. Mas dá uma tristeza chegar em casa, analisar melhor a prova, e perceber que você errou questões extremamente bobas.

    Mas acho que esse gabarito preliminar com certeza vai sofrer modificações.
    Quem já viu o título ‘same taks, same pay’ para um texto que fala sobre a luta das mulheres pelo direito ao voto, sua inserção na política e no mercado de trabalho. E mais: que elas continuam ganhando menos que os homens. Então esse título não cola nem para o ser mais criativo em interpretação.

    Essa outra da subjetividade dos atores também achei uma viagem. Marquei errado. E essa do capital social da ECT também acho que a questao deveria ser certa. Como disse Mariana, a questão nao afirma que o arrecardado com o serviço postal é destinado EXCLUSIVAMENTE para atingir o objetivo principal da empresa. Só fala que ele é usado e é. Então não comprendo porque está errada.

    Mariana, assim como você também me surpreendi com algumas questões de conhecimentos específicos que acertei no faro, porque não tinha lido nada à respeito. Quanto aos conhecimentos gerais, achei que ía me dar melhor, principalmente em inflês tive um desempenho bem abaixo do que eu esperava.

    mas é isso, bola pra frente minha gente e bora estudar!!!!

  10. Eu sou AndréiaCoutinho de Cuiabá – MT. Fiz 50 pontos, acredito que eu não tenha nem chance. Foram 40 concorrentes inscritos para 2 vagas! O que você acha Mariana….

    Bjos e seu blog é ótimo!

    1. Acho que as notas serão niveladas por baixo! E a concorrência daí não foi tão alta, né? De toda forma 50 pontos dá menos de 50% da prova… Acredito que os primeiros colocados ficarão com uma média de acerto de pelo menos 60% da prova. Mas vamos esperar o resultado, né?

      Boa sorte!

  11. Concorri por São Paulo Capital, pelas minhas contas eu fiz 65, mas colocaria uma margem de erro de 5 para mais ou para menos, já que não levei a prova e não lembro de todas as respostas que assinalei. Vamos esperar pra ver. Essa do “same tasks same pay” eu errei também. Ou estou muito mal no inglês ou vai ser anulada…

  12. Olá Gente.
    Até agora não vi nenhum comentário sobre as questões 44 e 45. Até onde estudei administração pública (mais de um autor) aprendi que a descentralização executa serviços fora da administração e não dentro ou fora (44). Em relação as Empresas Públicas, essa é que nunca ouvi dizer mesmo que seja criada por lei específica. Até onde sei, ela é criada por lei autorizada e a única que é por lei específica é a Autarquia. O que você me dizem sobre isso?

    Bjs

    1. Falando com vc, Élida:
      Estudei com base no livro de Cláudio José Silva e, para mim,
      – questão 44: também acho que é “fora” apenas
      – questão 47: sobre a criação de empresas públicas, o autor diz: “Uma lei autoriza a criação da empresa pública, mas ela não cria de forma direta tal pessoa. A lei apenas autoriza o administrador a instituí-la.”
      Assim, as empresas públicas são criadas por autorização legal específica.

      abraço em todos!
      Lilian

  13. Sou jornalista de Maceió e sempre tô me arriscando nesses concursos na nossa área. Adorei o blog e vou voltar sempre aqui. Fiz a prova dos Correios para Alagoas, não anotei gabarito, mas pelo que deu pra perceber não me dei muito bem não.

    Beijos

    1. Na minha sala não deixaram anotar o gabarito e não tive paciência de esperar uma hora para sair com o caderno de provas, agora fico no aguardo do resultado final. Vamos que vamos…

      1. A Cespe (assim como praticamente todas as bancas examinadoras) não deixa copiar o gabarito, só levar o caderno de prova quando faltam alguns minutos para ela terminar. Sei que é chato acabar a prova e ter que ficar esperando, mas aprenda que vale a pena! Só assim você pode confirmar o que acertou ou errou na prova e tentar entrar com recurso com a certeza que não vai se prejudicar!

  14. Ah gente…Fico feliz por vcs, infelizmente fiz Básica – 11 pontos e Específica – 26, total de 37 pontos finais…Pra Brasília eu vou ficar lá no fundão dos classificados né…Pq eu quase que nem classifico… Bom, fiquei bem triste pq foi o primeiro concurso de jornalismo que eu fiz, os outros tinham sido pra superior-qualquer formação e minhas colocações foram infinitamente melhores…Enfim, tá difícil achar que dá pra passar em concurso na minha área de formação…Fica a minha torcida de que muitos de nós consigam entrar!!
    Sorte!

  15. Não estou muito preocupado com a quantidade de pontos no momento. Vou aguardar os recursos para ver o quê acontecerá. Mesmo assim, ainda não conseguir decifrar o gabarito correto.
    Há discordâncias quando vejo pelo link, e quando clico no gabarito de História que informa cargo 27, jornalismo.
    “Clique em História e verás Jornalismo”… kkkk

  16. Fiz 48 pontos no total, por Brasília. Me arrependi de não ter estudado mais os conhecimentos básicos, onde mais errei. Mas tudo bem, vamos em frente. Sucesso a todos.

  17. Geente, fiquei sabendo de um jornalista de Campina Grande – Pb que fez 112 pontos. Uma colega de profissão, amiga minha e dele, é que repassou essa informação . Ainda estou perplexa! Será que a média está alta assim e não sabemos?

    1. Será? Se for mesmo, o cara é um gênio! Porque com uma prova dessas, só ter deixado em branco 8 questões ou ter errado no máximo 4?

      Mas acredito que essa não será a média geral, mesmo das pessoas que ficarão em primeiro lugar.

  18. – A do “some tasks” tem que ser anulada.
    – Empresa Pública NÃO é criada por lei. Criada por lei é só autarquia (Tô com o livro aberto aqui na minha frente).
    – Rádio é sim o veículo mais redundante de todos.
    – O capital social é sim 100 do Executivo. Acho que nessa faltou um SOMENTE pra ela ficar errada na parte de que o dinheiro é pro objetivo principal. É, também, pro objetovo dos correios. como não tem um SOMENTE aí, ela tpa certa.

    1. Gente, to muito chateada com o meu resultado, mas foi bom ler os comentários por aqui.. acredito que terá muitas anulações, concordo com a Carol, do “some tasks” e Empresa Pública “criada” por lei, foram dureza.. Espero que corrijam essas questões, quem sabe eu não tenha ainda alguma chance? =) Prestei p Campo Grande, alguém mais?

  19. Oi, gente! Fui melhor na parte específica no que na básica… No total, fiz 55 pontos. Concorri por Bauru, SP. Aqui o toal de inscritos era quase 190… então, acho que não tenho muita chance. Mas valeu o aprendizado, já que essa foi a primeira vez que estudei para prestar um concurso na área. Mas acabei deixando de lado inglês (e fui mal). Ah, Mari, parabéns pelo blog! Ótima iniciativa.

  20. Gente, estou olhando o Edital e no quadro onde fala o número de questões de cada prova e no canto esquerdo tem lá P1 Conhecimentos Básicos e P2 Conhecimentos Específicos, então significa é peso 2 mesmo a prova específica como havia falado no começo!

    Acho que pode ser por isso que o jornalista de Campina Grande diz ter feito 112 pontos! Por esta conta eu teria feito 106! Um total de 88,33% da prova.

    Renato, você foi o primeiro concorrente direto que encontrei, mas se for pela sua conta você ficou na minha frente. rsrs Quantas você acertou na específica?

  21. Fiz 67 pontos para BH. Será que tenho alguma chance?

    Concordo com os argumentos para alguns recursos: “same tasks, same pay” e o uso de disfarces ou câmeras ocultas para obter informações de interesse público (só é permitido qndo haja interesse público e estejam esgotados todos os outros meios, e não “desde que os fins o justifiquem”).

    Tem uma questão que ngm citou e errei e q tbm quero entrar com recurso: “Charge pode ser definida como uma piada gráfica que faz uma crônica leve do cotidiano e serve para divertir”. Não está correta? Além de informar, a charge tbm diverte, ou seja, tbm serve para divertir. O que acham?

      1. Não está correta não, porque a charge é uma crítica ferrenha, e não serve só para entretenimento. Desde seu surgimento a charge tem por objetivo ser dura nas críticas, tanto que chega a causar frisson em vários países… É que nós no Brasil não temos uma cultura de ler charges… Mas já tivemos, na época do Pasquim!

  22. Mariana, disseram que ele deixou em branco duas e errou igual quantidade. É algo assim.. e a pessoa disse: “Eu acredito que ele tenha feito mesmo, porque é estudioso demais”. Mas bem… diante dessa confusão de gabaritos pode ter tido algum erro né!? Vamos esperar para ver…

  23. Mariana, apaga esse meu comentário ai de cima que está tudo errado! rsrs

    P1 e P2 significa prova 1 e prova 2. O total de pontos é 120,00, como diz o edital.

    Fiz 63 pontos e Renato, você foi o primeiro concorrente direto que encontrei, por dois pontos você ficou na minha frente. Quantas você acertou na específica?

      1. Sim, Mari, o cálculos que você fez estão certos! Eu é que viajei… rs

        Ah, estou mandando o povo todo do twitter pra cá ver a discussão que está rolando sobre a prova! 😉

      2. Mari, o Fontenele do blog concurseiro solitário me passou essa explicação sobre o cálculo:

        Na prova para nível superior, foi cobrado o estilo Certo ou Errado, com 1 ponto positivo para cada assertiva correta, e 1 ponto negativo para cada questão errada. Exemplo: se o candidato acertar 80 questões e errar 20 (80 – 20 = 60), a quantidade de pontos válidos na sua prova será de apenas 60. Sendo que a pontuação mínima exigida para aprovação na prova de conhecimentos básicos será de 10 pontos, em conhecimentos específicos 21 pontos e no somatório das duas, 36 pontos.

      1. ii eu fui mal kaka, como não levei o caderno de respostas não sei ao certo, mas entre 40 e 45 … e vc?

  24. Vinicius, a charge, assim como a caricatura, é um gênero de jornalismo opinativo, e não jornalismo diversional. O desenho passa um ponto de vista. Não se trata de piada que serve para divertir. Acredito que seja isso.

  25. Quanto à questão colocada pelo Vinicius

    “Charge pode ser definida como uma piada gráfica que faz uma crônica leve do cotidiano e serve para divertir”.

    O erro está em: “Crônica leve do cotidiano”. Uma das carcterísticas da charge é o “exagero”, usado como estratégia discursiva. As distorções causadas pelo exagero do chargista são intencionais para dar ênfase a um ponto de vista determinado. Portanto, acho que não podemos colocar a charge como crônica leve.

  26. A da câmera escondida, creio que eles consideraram que “os fins que justificam” são o “fim de interesse público” Isso que torna resposta correta. O CESPE não cobra Lei de foma literal, e sim de forma interpretativa. Por isso acho que eles considerarm essa como Certa, pois os fins que justificam são o interesse público.

    E MUITA coisa vai mudar ainda. Na Abin anularam 10. Tô achando que essa vai ter muito mais anulada.

    Vinícius, CESPE o povo costuma passar fazendo 60% da prova. Ou seja, acho que vc tá na briga, pois 60% equivale a fazer 72 pontos, né. Cê tá por alí rs.

      1. então… mas continuo não concordando que esteja correta…na hora até pensei q era realmente uma pegadinha…durante os estudos lembro de ter resolvido uma questão semelhante da Cespe com o gabarito sendo errado…mesmo q os fins justifiquem (interesse público), se houver outro meio para obter a informação, esse meio deve ser utilizado, e não o disfarce ou câmera escondida…essa questão dá um debate longo…rsrs

        e obrigado pelo toque da pontuação Carol… não tenho mta noção da pontuação nesse estilo de uma errada descontar ponto…vamos ver com o gabarito oficial depois dos recursos se as chances melhoram…rsrs

  27. E o LeMoreira explicou muito bem a questão da charge. Acho que o erro está mesmo no “crônica leve”, uma vez que charge é exagero.

  28. Onde é que a Cespe enxergou que A inclusão digital, política pública do atual governo federal, encontra suporte no CEJB? Alguém pode me ajudar?

    1. Fernanda, acredito que essa seja baseada no Capitulo I, artigo primeiro do Código de Ética:

      Art. 1 O Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros tem como base o direito fundamental do cidadão à informação, que abrange seu o direito de informar, de ser informado e de ter acesso à informação.

      e no Caítulo II, artigo sexto, inciso XI – defender os direitos do cidadão, contribuindo para a promoção das garantias individuais e coletivas, em especial as das crianças, dos adolescentes, das mulheres, dos idosos, dos negros e das minorias;

  29. Quanto à questão da charge o erro está mesmo em “crônica leve do cotidiano”.

    A charge traz o espírito da crítica de maneira humorística a uma situação ou personagem.
    Relato do cotidiano é a definição da própria Crônica.

    Questão típica da Cespe, mistura conceitos para confundir o candidato e induzí-lo ao errro!

    1. Contra a questão 45. Pra mim as empresas públicas não são “criadas” e sim “autorizadas”, conforme o artigo 37, da Constituição Federal. Essa é a questão que eu acho que tem mais chance de ser anulada.

  30. Fernanda, é muito subjetiva essa interpretação quanto a inclusão digital, porém, acredito que tenha respaldo no Art. 6º que diz o seguinte: ” É dever do jornalista: lutar pela liberdade de pensamento e de expressão”. Inclusão digital gera inclusão social que pode contribuir nesse processo. Entendo assim.

  31. Pessoal, concorro pelo Maranhão. Tínhamos 86 inscritos para duas vagas, mas só na minha sala faltaram 10 pessoas.

    Acertei 88 questões e errei 33 no total. Por todos esses cálculos que vocês fizeram aí, nem sei mais como definir o meu percentual…

      1. Bom dia,
        Devido a muitas dúvidas quanto a nota alcançada nas provas dos correios 2011 e informações desencontradas que tenho visto em alguns fóruns, resolvi postar essa orientação que é pura interpretação de texto.

        OBS: Os trechos abaixo fazem parte de editais do CESPE.

        PROVAS DOS CORREIOS 2011 Interpretando o edital

        10.2 A nota em cada item das provas objetivas, feita com base nas marcações da folha de respostas, será igual a: 1,00 ponto, caso a resposta do(a) candidato(a) esteja em concordância com o gabarito oficial definitivo das provas; 1,00 ponto negativo, caso a resposta do(a) candidato(a) esteja em discordância com o gabarito oficial definitivo das provas; 0,00 ponto, caso não haja marcação ou haja marcação dupla (C e E). 10.3 O cálculo da nota em cada prova objetiva, comum às provas de todos os(as) candidatos(as), será igual à soma das notas obtidas em todos os itens que a
        compõem.

        PROVAS MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE

        8.A cada questão marcada que estiver em desacordo com o gabarito oficial, carretará na perda de 1,00 ponto em uma questão correta.

        Pessoal, vejam a forma de interpretar o texto do edital para não calcular errado e pensar que esteja desclassificado, estando aprovado.

        Se liga galera.

    1. Oi, Celso! Eu fiz só 47! Tomara q ninguém tenha feito nenhum ponto entre 47 e 55! Ohhh… sonho!!! 🙂 Não custa nada ter esperança, né? Abraço!

  32. Não fiquei até o final e esqueci de anotar as questões que marquei… Tô P da vida por não poder conferir o gabarito!!!

    1. Essa é uma coisa que todo jornalista concurseiro tem que aprender: já que perdeu seu domingo, fique até o final para levar o caderno de prova para casa! Ainda mais em provas de Certo e Errado, que é muito mais difícil você lembrar de todas as questões aquelas que você marcou!

  33. 73% em Brasília… mas com esse monte de questões que vão entrar em recurso, é capaz de baixar meu escore… Porque acertei as que os outros erraram…

    Pelo jeito, a média geral vai ser baixa… Porque se vocês estudaram um monte, imagina o resultado de quem fez a prova sem ler uma linha sequer (são muuuuuitos!)

  34. Sobre a inclusão digital encontrar suporte (seria melhor “respaldo”) no Código de Ética… É meio forçado, mas de fato ele encontra respaldo, suporte no primeiro artigo: “o código tem como base o direito fundamental do cidadão à informação, que abrange o direito de informar, de ser informado e de ter acesso à informação”.

    Um amigo meu fez 62 pra BH.

  35. Estou aqui tentando os recursos, mas deve ter muita gente fazendo o mesmo porque está dando erro toda hora. Já fiz recurso para a 51, pois lá diz que a publicidade assume conotação relacionada aos atos legais, mas a constituição afirma que a publicidade é um princípio da administração pública. Então isto DENOTA e não conota a referida relação, não acham?

    Estou fazendo outro também sobre o tal site-espelho que como a própria wikipédia diz é terminologia computacional. Não é site colaborativo e não tem nada a ver com Web 2.0.

    Se o site da Cespe deixar né… aff

    1. Nicole, anotei o gabarito escondido na folha de confirmação de inscrição. Você é Nicole que fez prova na minha sala? Poxa, em 1 hora e meia eu já tava de saco cheio, dei um tempinho, reli algumas, remarquei e pronto. Não consigo ficar até o final.

      1. Celso, você se arriscou a ser eliminado do concurso, pois não pode copiar o gabarito! Tenha cuidado!

        Lembrando que essa é uma medida adotada para evitar fraudes nas seleções. Parece um saco, mas é para proteger a seriedade do concurso!

      2. Sou eu mesma. Já sabes o nível do restante do pessoal? Chegaste a falar com alguém? Deixei muitas questões em branco. Meu inglês tbm é fraco… Me arrebentei!! 😛 Mas ficou a lição. Em agosto vou entrar em um curso. 🙂

  36. Oi, Michele. Eu fiz por volta de 43 na específica e 22 na de conhecimentos básicos. Mas, como disse, não tenho certeza do total de pontos. Aliás, toda vez que vejo a prova fico titubeando sobre se marquei certo, errado ou deixei em branco. Na verdade, também esqueci de contar quantas deixei em branco, antes de entregar a prova. Agora o jeito é esperar. Mas pelo que eu vi em alguns sites, tem gente fazendo por volta de 80 pontos, principalmente em Brasília. Aí fica difícil.

    1. Oi, Renato, mas a classificação é por capital, não geral! A média em Brasília é alta mesmo. Você já viu alguém mais de Sampa fora nós dois? Não achei mais ninguém… rs Onde será que estão os outros 296 candidatos? rs

      Gente, me desculpem, mas eu não acredito em quem faz a prova em 1 hora… uma prova daquela é pra se fazer em 3 horas! Não consigo entender como alguém consegue terminar antes, a menos que a pessoa não sabia nada! rs Eu fui a última a sair da minha sala! E sempre em concursos sou a última a terminar a prova! rs

      1. Eu também sempre sou pelo menos umas das últimas. E já que tem que esperar pra sair com a prova, faço bem devagar, paro para fazer um lanchinho, fazer alongamento das mãos, do pescoço. E antes de passar o gabarito a limpo, releio toda a prova!

    2. Bom dia,

      Tenha fé são 91 vagas e mais cadastro reserva para Brasília, acredito que vc esteja entre os classificados.

    1. pois Michele, eu já sou diferente. Não consigo ficar matutando muito sobre uma coisa, ou sei ou não sei. E como sou muito indeciso, quanto mais tempo eu ficasse olhando pras questões, mais eu ia ficar trocando as respostas. Fiz realmente em 1 hora e meia, só esperei mais porque como disse, dei um tempinho pra mente e reli as questões de informática e inglês.

  37. Mari,
    eu não copiei o meu gabarito, mas refiz a prova aqui puxando pela memória e fiz 60 também. Pra Recife. Pelo comentário do pessoal do Orkut, tem gente entre 30 e 55 pontos, mas por aqui já vi alguns maiores, apesar de não dar pra confirmar se são pra Recife. 🙂 Acho que não estamos tão longe dos primeiros lugares! Abraço.

  38. Relaxem pessoal se for para ser será.
    eu fiz para o RJ são somente 6 vagas e não tem cadastro reserva e o edital diz que serão chamados somente o quantitativo de vagas para o cargo fiz 70pts e estou com medo de não entrar minha nota foi muito baixa.

  39. Oi pessoal, acabei de conhecer o blog. Gostei muito!
    Sou jornalista concursada da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Entrei há pouco tempo. Mas estou na briga por salarios melhores – se bem que o meu não é nada ruim. Bem gostaria, se possivel, alguem copiasse aqui o gabarito dos correios. Eu não fiz o concurso, e naço tenho como acessar as respostar. Resolvi a prova e queria saber como me sai. Por favor me ajudem!!!

    1. Oi, Danielle! Legal, você está do lado onde todos nós estamos buscando! Você está tentando fazer outros concursos para a área?

      No site da Cespe tem como você pegar as provas e os gabaritos em PDF. Mas aí vai:

      Prova de Conhecimentos Básicos – http://www.cespe.unb.br/concursos/correios2011/arquivos/Gab_Preliminar_ECT11_CBNS01_01.PDF
      Prova de Conhecimentos Específicos – http://www.cespe.unb.br/concursos/correios2011/arquivos/Gab_Preliminar_ECT11_027_80.PDF

      1. Ah, valeu Mari. Vou conferir o gabarito.
        Bem, estou tentando mais concursos na área.
        Agora, financeiramente, pra mim só interessam concursos que paguem mais de 6 mil, como os tribunais.
        O da Marinha eu não me inscrevi porque é pra morar no Rio.
        Estarei por aqui acompanhando as discussões.

      2. São poucos os da nossa área que pagam tudo isso, né? E esse da Marinha acho que podia chamar para qualquer localidade. Pelo que entendi do edital, não estava certo que seria para trabalhar no Rio.

  40. Michele, sei que a classficação é por capital, mas no site superconcurseiros.com.br dá pra ter uma ideia da média dos primeiros lugares. Acho que os primeiros colocados fizeram mais do que 70 pontos. Mas, enfim, posso estar enganado. Só vi você de São Paulo postando nota também. Agora o jeito é esperar…

  41. Favor rezar sua maneira de somar o prova , pq esta erra . no edital diz isto .
    9 DOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E DE CLASSIFICAÇÃO
    9.1 Todo(a) candidato(a) terá a sua prova objetiva corrigida por meio de processamento
    eletrônico.
    9.2 A nota em cada questão da prova objetiva será igual a 1,00 (um) ponto, caso a
    resposta coincida com o gabarito oficial definitivo da prova; 0,00 (zero) ponto, caso a
    resposta não coincida com o gabarito oficial definitivo ou haja mais de uma marcação
    ou não haja nenhuma marcação.
    9.3 A nota do(a) candidato(a) em cada disciplina da prova objetiva (Informática,
    Matemática e Português) será igual à soma das notas obtidas em todas as questões que
    a compõem.
    9.4 A nota do(a) candidato(a) na prova objetiva será igual à soma das notas obtidas em
    cada disciplina.
    9.5 Será considerado(a) aprovado(a), na prova objetiva, o(a) candidato(a) que obtiver o
    mínimo de 6 (seis) pontos em cada disciplina e, satisfeita essa condição, alcançar,
    também, nota na prova objetiva igual ou superior a 24 (vinte e quatro) pontos.

    1. Francisco, esse é o edital de nível médio, não? No de nível superior, a cada questão errada, o candidato 1,00 recebe um ponto negativo, o que dá o mesmo de uma questão certa anular uma errada.

  42. Mariana, com as 60 questões líquidas das 120 que vc fez na prova dos correios – portanto, 50% da prova – vc ficou em qual colocação? Vc passou? Por favor?

    1. Fiquei em quarto lugar para Pernambuco, mas só tinham duas vagas. De toda forma, nesse caso dos Correios você concorria apenas com as pessoas do seu estado, num ranking nacional, não sei qual seria minha colocação…

  43. Olá Mariana, tudo bem!?
    sei que esse concurso já passou, mesmo assim ainda estou interessada nas classificações, vc sabe onde posso ver em qual colocação fiquei!? não achei no site do Cespe. Fiz pra Brasília e fiquei com 58 pontos. Vc tb sabe me dizer quantas pessoas eles já chamaram!?!?
    Abraços!

    Morgana

    1. Oi, Morgana! Você já conhece o novo Jornalistas Concurseiros? Estamos nos mudando para o http://www.jornalistasconcurseiros.com.br e aos poucos esse blog aqui vai ser desativado! Você poderia então comentar lá no outro blog? A página que fala sobre o resultado desse concurso é essa aqui: http://www.jornalistasconcurseiros.com.br/blog/resultado-concurso-dos-correios/ . Lá voc~e encontra um link para a página do Diário Oficial, com todas as pessoas classificadas.

      Espero você lá!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s