Prova dos Correios: primeiras impressões

Hoje aqui em Recife amanheceu chuvoso. Deu até preguiça de ir fazer prova… Ê lerê essa vida de jornalista concurseiro!

E a tão esperada prova dos Correios aconteceu hoje! Bom, pelo menos aqui, apesar da chuva, acho que o índice de abstenções deve ter sido baixo. A julgar pela minha sala que faltaram 3 pessoas no máximo!

Bom, mas vamos ao que interessa! Sobre as provas, aí vai minha avaliação:

PORTUGUÊS – Achei fácil. Privilegiou a intelecção de texto e mesmo as questões de gramática não foram das decorebas. Caiu também uma questão de redação oficial. Ponto para quem estudou esse item!

INFORMÁTICA – Para quem não estuda informática, esperando conseguir resolver a prova só com o conhecimento do uso diário do computador, se deu mal! Muitas questões de redes, protocolos, BrOffice… Bom, em resumo, quando cai questão de informática nos concursos, tem que estudar mesmo!

INGLÊS – Dois textos de fácil entendimento. Praticamente só caiu intelecção.

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA – Fazer a gente estudar tanta coisa do Estatuto dos Correios para fazer duas perguntinhas que dava para responder pela lógica, chega deu raiva! Para quem deu uma lidinha no assunto, deu para responder a prova tranqüilo!

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – O que eu gostei foi que a prova conseguiu abordar vários dos temas previstos no edital. Mas caiu muito termozinho que normalmente nunca ouvimos falar!

MASSSS…
Vale lembrar que essa coisa que questão CERTA ou ERRADA tem muuuita casca de banana! Além disso, vale lembrar que uma errada anula uma certa. Assim, não dá nem pra ter certeza se fomos bem ou não na prova. Só quando sair o gabarito. A previsão é que seja divulgado na terça-feira, dia 17, a partir das 19 horas.

DÁ PRA RECORRER:
As questões de 51 a 55, que abordavam a questão da publicidade e propaganda. Esse assunto não estava previsto no nosso edital, e sim no das vagas para publicidade!

Vou analisar com mais calma a prova pra ver se tem outras questões que dá pra correr atrás…

E vocês, o que acharam?

54 opiniões sobre “Prova dos Correios: primeiras impressões”

  1. Pensei na hora isso: vai dar recurso nessas questões! Temos que entrar mesmo, pra anularem todas as que você citou. Me lembrou do outro concurso que foi anulado em MS em 2008.

    Estou frustrada com essa prova, mas como você disse, só vamos ter certeza se fomos bem ou mal quando sair o gabarito. É esperar pra ver!

    Vi vários concurseiros reclamando que a parte de informática estava surreal! rs

    Só sei que essa provinha sugou minha energia! aff

    Agora a sorte está lançada, né. O que for pra ser, vai ser.

  2. Concordo com a possibilidade de recurso nas questões relativas a publicidade, não estava previsto isso no edital. Informática quebrou minhas pernas, não dá, tem que estudar mesmo.
    Parabéns pelo blog.

  3. Na minha sala faltaram 10. Na sala do meu amigo faltaram 9.
    Então…Seguem minhas impressões:
    Português: Como sempre, prova bem feita, sem cobrar detalhezinhos de gramática e sim interpretação. As duas boas dúvidas que tive foi a da obrigatoriedade ou não da vírgula após “indicações” e da que tratou da crase em “Sujeitado a residência forçada”. Ah, e “viça” eu não sabia o que era e deixei em branco.

    Informática: péssima. Muita picuinha. Pelo que “googlei” errei umas 5. Me derrubou.
    Inglês: Bem interpretativa. Tava até tranquila. Mas eu não sabia direito o que era “willing”…

    Administração Púlica: Como sempre, tem-se que conhecer o “direito cespeano”, haja vista que juristas divergem muito. A sobre descentralização por exemplo tem jurista que diria que está certo, tem jurista que diria que está errado. Tem jurista que diz que todas as entidades da adm indireta são CRIADAS por lei específica, tem uns que dizem que empresas publicas e sociedades de economia mista são AUTORIZADAS por lei específica. Também já li em algum livro que entidade paraestatal era sim da adm indireta. Então, vai saber…

    Específicas: temas que não são da nossa alçada, muitos termos inúteis que nunca ouvimos falar, questões passíveis de outras interpretações. Ou seja, sei lá! Mas, num geral, fiquei muito p da vida com pitching, marketing 360, crossmedia, mix de marketing, cloud computing, storyline, rafe e principalmente nononô.

    Resumindo: foi o primeiro concurso que fiz tendo estudado relativamente bem. E vi que não seleciona melhores jornalistas….seleciona quem conhece a banca, quem tem maldade pra saber como a banca vai pensar e quem dá sorte de cair o que ele conhece. Enfim, decepcionei bastante.

    1. Braulio:

      Gostei da sua avaliação da prova. Pois é, meu irmão diz que o objetivo da banca não é medir seu conhecimento e sim fazer você errar! Por isso não basta estudar, tem que fazer muitas questões daquela banca e utilizar até um pouco da sua sensibilidade na hora de marcar a prova. É fogo isso, né?

      Agora é esperar o gabarito, podemos tentar recorrer de algumas, conforme seja…

      E fica tranquilo (relativamente, claro), pois o que você está sentindo com relação à prova tem muita gente que também está com a mesma impressão. Espera pra ver. Boa sorte!

  4. Pessoas,

    eu também não gostei prova. Vamos ver o gabarito e esperar…
    Agora, eu penso é na prova da Marinha…pelo amor de Deus!!!!! São 1002 inscritos para duas vagas… afff

    Calma e muita perseverança!!!!

  5. A minha impressão é que todos tivemos as mesmas dificuldades, mesmo quem estudou muito deve ter ficado surpreso com as questões específicas. Fala sério! as questões de publicidade e propaganda foram o “O”, levei uns 5 minutos para acreditar que estava com a prova certa, rsrsr. E as demais? achei interpretativas demais.
    Ah! aqui no DF, sabemos que a banca CESPE faz provas para quebrar as pernas dos candidatos… joguinho dos 7 erros, sabem como é… os cursinhos já preparam os alunos para não cairem nas pegadinhas do CESPE, mas não tem jeito o CESPE
    Mesmo os professores de cursinhos que conhecem todos os macetes, se “F” também.

    Muito legal o Site. Bjos

    1. Rô, você conhece algum cursinho preparatório aí em Brasília? Se sim, passa para mim os nomes, contatos desse pessoal. Tô querendo fazer um post sobre os cursos preparatórios para a nossa área.

      Boa sorte!

      1. Mariana,

        Aqui no DF é só o que tem: preparatórios para concursos. Eu só não entendi se vc quer saber se temos cursinhos específicos para jornalismo.
        Se é isso, eles existem quando a demanda de vagas é grande, como ocorre no edital da EBC/antiga Radiobrás e outros órgãos da área de comunicação.
        No geral é sempre o mais famoso cursinho daqui que esquematiza turmas. Me refiro ao Gran Cursos (www.grancursos.com.br). Este cursinho monta todos os tipos de turmas, sejam específicas, plêiades, módulos completos e cursos de longo prazo – FACON(conhecida como Faculdade dos concursos).
        Entra no Site e dá uma olhadinha.
        Se o que vc quer são todos os cursinhos existentes por aqui, me fala, eu os relaciono para você.
        A febre de concursos no DF nunca passa, mesmo temporariamente suspensos, as salas de aula estão lotadas de alunos que já se preparam para os editais que virão.
        Esta cidade praticamente só tem funcionário público e fazer concursos é, por aqui, diversão de final de semana. rsrs

        Bj

      2. Oi, Rô! Estava perguntando de crusinhos específicos para jornalismo mesmo. Até agora só conhecia o Radix, do Rio de Janeiro. Vou entrar nesse site que você falou, pois estou fazendo um post sobre as opções de estudo para Jornalistas Concurseiros.

        Valeu pela dica!

  6. Amigos,

    Que prova terrível foi aquela??? Questões de português e inglês estavam razoáveis. As demais estavam quase impossíveis!!!
    Boa sorte a todos!

  7. Desistentes nas provas dos Correios chegam a 217,8 mil

    Cristiane Bonfanti – Do Correio Braziliense

    As provas dos Correios receberam ontem 902,5 mil candidatos em 310 cidades de todo o Brasil. De manhã, quando foram aplicadas as avaliações para os cargos de atendente comercial e operador de triagem e transbordo, o índice de abstenção chegou a 20,4% — 168.029 concorrentes, de um total de 823.674 inscritos, não compareceram. À tarde, 49.848 de um total de 296.719 inscritos para o cargo de carteiro faltaram, o que correspondeu a uma taxa de 16,8%.

    No Distrito Federal, os índices abstenção foram de 18,9% no período da manhã e de 15% à tarde.

    1. Obrigada pelas informações, Taci! Mas será que na área da gente faltou muita gente? Na minha sala por exemplo só faltaram uns 3… De toda forma, quem realmente estudou e que tem chances de passar dificilmente faltou a prova!

  8. Bem, como todos disseram acima difícil saber se fomos bem ou não, afinal, CESPE é CESPE!!
    Só fiquei muito P da vida que não caiu quase nada da legislação dos Correios e nem acordo ortográfico. Achei que eles iam cair matando nas novas regras, já que foi a primeira vez que isso foi cobrado em edital…
    Mas, fazer o quê???

  9. Bom…Acho que o que eu achei da prova também está praticamente batendo com o que todo mundo disse aqui…Não entendi a intenção do CESPE em colocar uma questão sobre publicidade e propaganda, na hora também fique P da vida…Tb deixei itens como pitching, cloud computing e outros em branco…Acho sacanagem a gente seguir direitinho o conteúdo do edital e chegar lá ter assuntos de outros extremos né?! O Estatuto da ECT nem se fala…Aqui em Brasília eu já suspeitei quando os cursinhos cancelaram a aula única sobre este tema que iria acontecer na sexta-feira antes da prova…Ou seja, pra mim eles já sabiam que não valia a pena dar uma aula só por míseros itens…Enfim, estou aguardando o gabarito pra ter certeza… Beijos a todos
    Boa sorte pra gente!!

    1. O pior é que no edital alguns temas estão muito amplos, tipo “web 2.0”. Aí a banca pode perguntar o que bem quiser sobre o tema que está dentro do conteúdo, né? Agora as questões de publicidade e propaganda realmente não estão no edital, essa podemos recorrer!

      O restante deixa sair o gaba para ver se tem mais alguma coisa que dá pra gente entrar com recurso.

  10. É, colegas, realmente a prova decepcionou todo mundo. Quem estudou, como nós, ficou com a sensação de que não tinha estudado nada! Estou murchinha, murchinha, mas o jeito é caminhar olhando para os próximos concursos.

    Eu também achei que a prova estava errada quando li as questões de publicidade, olhei, olhei, mas meu nome estava lá nas folhas e por fim me rendi. A banca foi mesmo maldosa.

    E gente, aquelas questões de informática nem quem estudou, parecia prova específica. Assisti à várias vídeoaulas e nunca mencionaram nada daquilo.

    Enfim, agora é bola pra frente, continuar estudando sem desanimar.

    E quem sabe, por um milagre, o gabarito nos deixe um pouco mais animados… rs

  11. Olá Gente! Mariana, amei o seu blog! Gente… como eu me matei de estudar para esse concurso… Nunca me senti tão frustrada em toda a minha vida! Posso mandar para vocês os mega resumos estilo CESPE que eu fiz para tudo o que caía no edital. Ontem, quando cheguei em casa, reli o edital, entrei em contato com a FENAJ para saber se o que cobraram de publicidade, propaganda, marketing, pitching, crossmedia, etc, estava nas “entrelinhas” do edital. Sabe o que eles me disseram? “Analise você mesma, porque o edital está muito abrangente”.
    Super delicados, né?

    Sobre questões de informática, meu cunhado é professor do cursinho Grancursos aqui de Brasília. Gente… ele chegou a dizer a respeito do 1º item: “Carol, nunca ouvi falar em ISPs”. Meu outro cunhado é formado em Engenharia de Redes. Adivinhem. Ele é formado na UnB e NUNCA OUVIU FALAR NISSO!

    que palhaçada é essa agora do CESPE??? Primeiro que não temos nenhum material didático decente para estudarmos sobre jornalismo e temos que adivinhar o que eles querem cobrar. E informática??? Quem usaria essa droga no dia a dia lá nos Correios???

    Acho que o CESPE tá ficando lelé, gente. De verdade. É difícil descrever a minha frustração. Qual é a dificuldade da banca cobrar assuntos que usaremos ou pelo menos devemos ter noção no nosso dia a dia lá na empresa?

    Sinceramente…
    Gente, obrigada pelo espaço para desabafar.
    Um abraço para todos e boa sorte para nós.

  12. O ‘bloco’ que achei pior nem foi o de publicidade e propaganda não, até pq de alguma forma dava pra inferir alguma coisa a partir da noção de publicidade enquanto tornar público e propaganda enquanto promover algo ou alguém. O que me deixou com mais raiva foi “No que se refere às práticas de pitching e crossmedia, julgue os itens subsequentes”. A princípio deu vontade de deixar todos em branco. Mas fui tentando deduzir…

    Aliás, quantas no total da prova vocês deixaram em branco?
    Eu deixei 13. Foram 6 em comunicação, 1 em administração, 1 em inglês, 4 em informática e 1 em português.

    1. Quando terminei de copiar o gabarito acho que tinha mais de 20 em branco. Acabei marcando mais algumas e devo ter deixado umas 18… Aquelas do crossmedia e pitching deixei quase todos em branco!

  13. Em primeiro lugar, parabéns pela iniciativa de criar este blog. Afinal de contas, são poucos os jornalistas que gostam de falar de si mesmo e da profissão.
    Sobre a prova dos Correios, aqui em Goiânia foram 151 inscritos para duas vaguinhas. Acho que dividiram a turma em três salas, na minha faltaram seis candidatos. Abstenção baixa, afinal não é todo dia que alguma organização oferece emprego para jornalista pagando de cara mais do que o nosso vergonhoso piso.
    Quanto ao julgamento dos itens, evitei o chute, pois uma errada anula uma certa. Por isso, optei em deixar algumas em branco, ao todo foram 27.
    Como concurseiro de longa data, cometi um erro de principiante. Na hora de passar para o cartão resposta alterei de C para E a questão que versava sobre empresa pública ser personalidade jurídica de direito privado. Acho que dancei! Dica: nunca escute a voz do além, aquela que recomenda você a mudar de opção.

    O jeito é aguardar o resultado.

    Até a próxima…

    1. Ai, isso acontece comigo, Ozéias! Tentei resistir e deixar todas em branco que eu não tinha certeza, mas eram tantas… Pior que nesses chutes eu sempre acabo marcando a errada! Agora é epserar pra ver, hoje à noite sai o gaba!

  14. Carol, eu quero sim os resumos que você falou, quem sabe publico no meu blog também, passa lá pra dar uma olhada: http://materiaisparaconcurseirosjornalistas.blogspot.com/

    Vi uma correção de parte da prova de informática nesse blog aqui:
    http://professorleomatos.blogspot.com/2011/05/comentarios-da-prova-correios-nivel.html

    Mas não aborda justamente a parte mais difícil.

    E que coisa isso da Fenaj, hein… Mas lá fala em Temas emergentes da comunicação, ai essa parte do pitching e crossmedia pode ser enquadrada. Mas publicidade e propaganda não vejo por onde, não viu…

    Bráulio, na hora de passar o gabarito acabei respondendo algumas que pensei em deixar em branco e depois não deu pra contar. Mas aquela do viça eu achei que estava errada e estava certa, você fez bem em ter deixado em branco.

    Alguém achou algum gabarito extra-oficial do conteúdo básico de nível superior?

    1. Gente, acho que todas essas questões de publicidade e propaganda, pitching e crossmedia, devemos tentar recorrer. Pode não dar em nada, mas se uma grande quantidade de candidatos recorre, talvez conseguimos anular essas questões. É uma tentativa!

  15. Eu fiz a prova assim, na intuição… Estou há um bom tempo sem estudar coisas relacionadas a jornalismo, e confesso que a prova para mim não foi ruim… Informática quebrou minhas pernas, mas de resto, considerei razoável, muitas coisas poderiam ser respondidas por eliminação… Pode ser que na minha ignorância e falta de estudo, eu esteja equivocada… Só vou saber no dia 5 de julho… Mas sei lá… Já fui aprovada em uma prova dos Correios anteriormente, cargo de ensino médio, me chamaram em pouco tempo… E estou com a mesma sensação desta vez…

    Dei uma checada nas coisas que eu chutei (sim, corri esse risco!) e até agora errei uma só das que não sabia…

    Da publicidade, nem era preciso saber sobre… já que muitos conceitos estavam intimamente relacionados com Direito Administrativo, que de certa forma era sim parte do edital…

    Comentando o que já foi dito aqui:
    Storyline, pitching, crossmedia, marketing 360, são conceitos que já vi sendo pedidos em outras provas de jornalismo… Por não ter muito a ver com o dia-a-dia nosso, em geral considero essas provas objetivas para coisas subjetivas sem noção… Acho que eles pensam pedir isso tudo é a única forma de cobrar algo que tenha mesmo resposta… Pra não cair em dúvida… Exemplo aquela do Meio é a mensagem do McLuhan, é totalmente opinativa… Corre total o risco de ser anulada…

    Enfim… Agora Inês é morta… Cabe recorrer no que está dúbio, e esperar, esperar, esperar…

    Abraços!

    1. 73,333% adorei a dízima periódica! 🙂

      O problema é: em todas as áreas em que o pessoal quer enviar recurso, eu fui SUPER bem…

      Informática o_O (surpresa!), Publicidade e RP… Nas específicas sem problemas tb… Meu caos foi na de inglês… Choquei!

      Pelo menos, no critério de desempate fiquei com uma certa vantagem… Mas ainda acho que não vai dar… Brasília tá impossiiiiiiiivel na concorrência!

      1. Parabéns, Fran! Boa pontuação!

        Sobre os recursos, só entre com aqueles que você errou. O restante é deixar nas mãos da banca e dos outros concorrentes…

        Também fui bem ruinzinha em inglês, quer dizer, só errei 3, mas é como se tivesse errado 6!

        Boa sorte!

  16. Pessoal,
    Essa banca do CESPE é toda formada pelos teóricos da UNB. Todos já passaram por lá. UNB é “foda”. Faço Mestrado e estou para ficar louca. Eles viajam muito nas ideias, e cada um acha que entende mais de comunicação do que o outro. E mais, eles se ligaram que o Estatuto era bobagem. Como o edital não previa outras áreas mais chatas como os “DIREITOS ” da vida – sabiam que os candidatos estariam preparados, por isso – resolveram ferrar todos em suas áreas específicas, trazendo temas nunca vistos em provas anteriores. Esse papo que a CESPE é repetição de provas anteriores não cola mais.
    É geral as queixas de pessoas de outras áreas. Tenho amigas que fizeram para administração, letras, pedagogia que também estão chocadas.
    Eu deixei 6 questões em branco, mas confesso que respondi algumas poucas por dedução e análise do contexto.

  17. Oi Mariana, boa noite!!Primeiramente quero te parabenizar, muito bacana seu blog!!Agora, quanto à prova dos correios..bom, português achei tranquila , até diria bem elaborada..Inglês não estava dificil, enquanto que administração pública achei de mal gosto..não pela prova, mas por ter que estudar um estatuto de não sei quantas folhas e ter que responder duas perguntas infimas..Mas até ai tudo jóia..E lá vamos abrir o caderno de específicas.. quase arranquei os cabelos..gente, o que é isso? o edital está delimitando a prova para jornalistas e não para todas as áreas correlatas de comunicação social..(pitching, mix de propaganda, etc…).. Sabe o que eu reparei, essa banca tira conteúdo do wikipedia, pode parecer bobagem, mas abram ai e vejam, as questões foram tiradas dali..Powcha, na minha opinião são passíveis de recurso sim!!Vamos aguardar o gabarito, talvez pese na cabeça da banca e ja saiam questões anuladas amanhã..Um abraço a todos!

  18. Engraçado, estou tão injuriada que até postei português errado no comentário acima..É mauuu, contrário de bom e não mal, contrário de bem..Joia, de acordo com o novo acordo ortográfico, acho que não tem mais acento né..JOIA! ahuahauahauahau Abçs galera!

  19. Legal esse blog! Vou ficar ligado… meu maior interesse é por concursos para Universidades e Instituições de pesquisa, tem algum(ns) à vista? Um abraço

  20. Oi, gente.
    Concordo com vcs, a prova foi a treva!
    Para mim, a parte de jornalismo estava muito difícil, a pior parte da prova toda!
    Os conceitos de web 2.0, crossmedia e cloud computing costumam aparecer mesmo em provas do Cespe. Storyline tbm já caiu, acho que no STM.
    Agora, pitching, marketing 360º… nunca ouvi falar, não sei msmo o que significa!

    Vamos tentar recursos, ctza!!

    Tem um dicionário de mídia ótimo:
    http://www.sgr.com.br/web/site/con-area.aspx?SmId=5

    Boa sorte a todos!

  21. Gente, infelizmente creio que o bloco do crossmedia será enquadrado em “Temas emergentes de comunicação”.

    Prova do CESPE com concorrência tão grande, não dá pra deixar 20 em branco. Como na maioria das capitais foram duas vagas, não basta ir bem na prova, tem que ser o melhor. Um amigo meu que passou num outro concurso de jornalismo do CESPE que me falou isso. Quem deixa 30 em branco não passa no CESPE. Óbvio que vc não vai chutar tudo, mas é preciso certo sangue frio para arriscar algumas que vc não tem certeza.

    Todos concursos do CESPE de jornalismo que já ví, eles cancelaram MUITAS questões. Eles tentam dificultar e acabam tendo que cancelar. No da Abin foram 10 questões canceladas. Acho que esse a gente pode esperar por aí tb.

    No Abin e MPU, o primeiro lugar fez em média 70% da prova. Creio que o dos Correios, para as capitais do Sudeste, vai ficar por aí. Nas outras regiões, acho que 60% será suficiente.

  22. É verdade Priscila, a Cespe retira questões dos conteúdos da Wikipédia! Também reparei nisso, e até escrevi no post sobre a correção da prova que publiquei no meu blog.

    1. Pois é Michele,só agora depois do segundo concurso do Cespe é que fui reparar nisso..enquanto a gente se joga nos livros cabreros de teoria,de Wolf a Penna e lá vai bordoada,eles vãono wiki e tiram questões de lá..kkkkkkkkkkkkkk Rir para não chorar!!Por isso que digo: o cespe avalia quem é concurseiro há anos,sabe as manhas da banca e não seu conhecimento na área!!É esperar para ver!!Abç

      1. Gente, com certeza a banca sabe que tem muita gente estudando, se preparando! Então o que eles querem é nos fazer errar com cascas de banana, assuntos que são poucos conhecidos… Mais que saber o assunto, tem que saber driblar essa banca!

  23. Prova fácil, d eum modo geral, mas, traiçoeira (acho que escreve assim!)
    Concordo com a maioria: português fácil, ingles não tão difícil permitindo até aquele que não sabe muito, se virar pra responder, informática (aff), muita coisa de internet que nem vamos utilizar na função oferecida, rsrs, e além disso foi uma palhaçada com quem estudou estatuto, que não é o meu caso. Administração pública eu gostei, pois caiu tudinho o que estudei e que o professor orientou que cairia na prova da CESPE. ! A prova não estava dificil
    Mas, queridos colegas de profissão: publicidade em prova de jornalismo? Está errado!
    A princípio me conformei, já que comunicação social é uma área abrangente, mas, vale ressaltar que tinha prova específica para essas áreas, logo, cabe recurso sim!
    Abraço a todos e, vamos lutar mais pela nossa profissão precisamos ser mais unidos! Ainda bem que o concurso exige diploma!

  24. Pois é gente… igual como nosso amigo Heverton disse acima, ao menos para alguma coisa o nosso diploma vale: Concurso Público!

    Boa sorte para todos nós! E por favor! Vamos TODOS entrar com recurso pedindo anulação dos itens por estarem em desacordo com o edital.
    Quem sabe uma grande quantidade de candidatos brigando pela anulação dessas questões a gente consiga! Caso contrário, podemos entrar na justiça, pois não é válido o item que estiver em desacordo com o que foi pedido.

    No mais, “may the force be with you” hehehehhe

    Beijos gente!

  25. Aff…com o gabarito fiquei ainda mais indignado com essa maldita e mal feita prova! Cabe recurso em umas 20 questões aí…
    A CESPE é tão ridícula que a própria página dela dos concursos desmente o gabarito de uma questão.
    Vejam: “O conceito de hipertexto (…) com conteúdos diversos (INDICADOS POR TERMOS SUBLINHADOS)…”
    Lá no site da Cespe quando você vai em qualquer link da página de um concurso (links aliás escritos normalmente, sem sublinhamento), quando você passa o mouse o link fica com o fundo todo demarcado, ou seja, NÂO FICA SUBLINHADO EM MOMENTO ALGUM.

    Nossa, se eu fosse comentar o que eu achava de errado nas questões, ninguém ia ter paciência de ler.. hehe

  26. Gente já saiu! Está uma bagunça no site da Cespe. O nosso gabarito está no link da prova de História!
    Fiz 69%, acho que não deu… Vamos aguardar agora se anulam algumas questões e o resultado só em julho! aff

    E vocês, como foram?

      1. Você olhou naquele link que eu disse? Da parte de conhecimentos báscos, relamente o gabarito é igual, pois todos os cargos de nível superior fizeram a mesma prova de português, inglês, informática, administração pública. Mas dos outros cargos se estiverem todos iguais, aí é meio estranho mesmo…

        Consulta no link.

    1. Vá em “Consulta a gabarito preliminar e caderno de questões” que fica logo acima da página, em “ACESSO A LINKS”. Os materiais publicados em PDF estão uma bagunça, tudo fora do lugar!

      1. Eu acessei direto, usando meu login, cpf e inscrição… já traz certinho o gabarito e a prova correspondente para o cargo de jornalista…

        Não vi a tal bagunça do site… será que já arrumaram?

        (Valeu Mariana… Só acho que com mais de 600 candidatos, e bem provável: muitos acadêmicos da UNB, não restam tantas esperanças… Nos concursos de jornalismo é muito difícil passar… Isso pq chamam pouquíssimos aprovados… eita área complicada essa nossa!)

  27. Gente, quando fui conferir o gabarito, tava tudo certinho com o site do Cespe, mas fui malzona na prova de conhec. específicos:(
    Vou analisar todos as questões agora.
    Vamos agilizar os recursos!
    Ah, a prefeitura de Ouro Preto está com inscrições abertas para jornalista, não sei se a Mariana já divulgou aqui.
    http://is.gd/QMNtJ3

  28. O que me deixa triste é o fato de uma errada anular uma certa. Assim os nossos pontinhos vão embora com muita facilidade. Isso ainda não acabou?

    Adorei o blog, Parabéns!

    1. Pois é, Lana! É aquela história: o objetivo da banca não é saber se você sabe, tem muita gente que está estudando e fechando provas de concursos. O objetivo deles é fazer a gente ewscorregar nas cascas de banana! Mais que saber do assunto, é preciso aprender a fazer provas!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s