TRT do Mato Grosso: oportunidade para comunicação

O Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região, com sede no Mato Grosso, está com inscrições abertas para o concurso público que formar cadastro de reserva para diversas áreas de nível médio e superior.

Dentre as vagas oferecidas, uma boa notícia para quem é da área de Comunicação Social: tem oportunidades para Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Relações Públicas e, pasmem, Rádio e TV! Fiquei super feliz, pois em 99% das seleções o curso de Rádio e TV é excluído!

Vamos às informações?

CARGO: Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Comunicação Social (área: Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Relações Públicas ou Rádio e TV). O candidato deve se inscrever na área específica referente à sua formação.

VAGAS: toda seleção é para cadastro de reserva.

INSCRIÇÕES: podem ser feitas até o dia 11/04, no site da Fundação Carlos Chagas.

VALOR: R$ 80,00

SALÁRIO: R$ 6.551,52 + auxílio alimentação deR$ 630,00.

PROVAS: serão realizadas no dia 15 de maio, na cidade de Cuiabá-MT.

O QUE ESTUDAR?
CONHECIMENTOS GERAIS (30 questões, peso 1)
LÍNGUA PORTUGUESA
Ortografia oficial. Acentuação gráfica. Flexão nominal e verbal. Pronomes: emprego, formas de tratamento e colocação. Emprego de tempos e modos verbais. Vozes do verbo. Concordância nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Ocorrência de crase. Pontuação. Redação (confronto e reconhecimento de frases corretas e incorretas). Intelecção de texto.

NOÇÕES DE GESTÃO PÚBLICA
Processo organizacional: planejamento, direção, comunicação, controle e avaliação. Gestão Estratégica: excelência nos serviços públicos, Gestão estratégica do Poder Judiciário brasileiro, ferramentas de análise para gestão e planejamento estratégico, tático e operacional; Balanced scorecard, estratégias, indicadores de gestão, gestão de projetos, gestão por competências; Governança e governabilidade: administração gerencial; gestão pública eficiente, eficaz e efetiva; PDCA, monitoramento e avaliação; estrutura organizacional, cultura, liderança e clima organizacional, controle do patrimônio público; prestação de contas; Processo de Planejamento na Administração Pública: Plano Plurianual, Lei de Diretrizes Orçamentárias e Lei Orçamentária Anual; princípios da administração pública, princípios gerais da administração; Sistema de gestão pública: ética no serviço, gestão de pessoas e gestão de processos, simplificação de rotina de trabalho. Resolução 70 do Conselho Nacional de Justiça, Resolução 49 do
Conselho Nacional de Justiça e Decreto Lei 200/67.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS DE JORNALISMO (30 questões, peso 2)
Teorias da Comunicação. A comunicação institucional. Teorias do Jornalismo. Jornalismo e novas tecnologias. Características técnicas e de produção dos Meios: jornal, revista, boletim, house organ, portais de informação jornalística; jornais para público interno; blogs, mídias sociais, telejornalismo, radiojornalismo. Assessoria de Comunicação: entrevista coletiva, nota à imprensa, press release, relacionamento com a
imprensa. Pesquisa e construção de pautas para os vários meios jornalísticos. Técnicas de revisão de texto. Código de Ética dos jornalistas brasileiros. Constituição Federal de 1988 e liberdade de expressão e informação: Art. 5º e Art. 220. Crimes contra a honra na atividade jornalística. Direito de resposta. Conceitos de interesse público e Direitos Fundamentais do Cidadão em relação aos direitos de opinião e informação.  Convergência dos meios: vantagens, desvantagens e características técnicas. Linguagem jornalística e adaptações às características dos meios. Figuras de Linguagem aplicadas no jornalismo. Técnicas de redação. Titulação de matérias. Projeto Gráfico e Diagramação. Técnicas Gráficas (composição, impressão e acabamento). Fotografia Digital: enquadramento, flash, técnicas e retoques. Técnicas digitais (softwares e hardwares de edição e produção) para jornais, rádio e televisão. Edição nos vários meios de comunicação jornalística. RAC (Jornalismo Investigativo). Jornalismo eletrônico. Categorias, gêneros e formatos de programas no rádio e na TV. Produção, captação, decupagem, tratamento de material bruto, sonorização e finalização em radiojornalismo e em telejornalismo. Contextualização de sonoras no rádio e na TV. Modelos e padrões de roteiros para radiojornalismo e telejornalismo. Jornalismo digital. O conceito de fluxo de informação. Informação on line e exclusão digital. Conceito de portal e sua relação estratégica com as empresas jornalísticas. Conceitos e técnicas de usabilidade, empacotamento, personalização e hyperlink no jornalismo para a internet. Utilização dos editores de HTML; prática dos programas MS Office, Internet Explorer, Outlook Express, Adobe Acrobat Reader, Adobe Photoshop.

Para consultar o conteúdo programático das outras especialidades e para mais informações, veja o EDITAL COMPLETO.

7 opiniões sobre “TRT do Mato Grosso: oportunidade para comunicação”

  1. Muito bacana a ideia do seu blog, Mariana! Parabéns!
    Tbm sou jornalista e tou prestando concursos.
    Beijo, boa sorte!

  2. Olá Mariana… bacana a idéia deste blog! Gostaria de saber se você sabe se tem alguma apostila específica para este concurso, na área do Jor. é muito comum encontrar para as áreas de Direito, mas para Comunicação Social…
    obrigada!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s