Conferindo o gaba: prova da UFPE

Nunca vi uma agilidade dessas! Achei que o gabarito da UFPE só seria divulgado amanhã, mas por uma graça já estão disponíveis no site da Covest.

Tô meio P… da vida comigo mesmo, porque percebi que das questões que errei, a maioria eu tinha ficado entre duas questões e marquei a errada! Num concurso com tantos concorrentes para tão pouca vaga, isso é um erro imperdoável!

Vou analisar primeiro as questões que errei. Das 10 de português, errei uma, a 10:


Analisando a figura acima, tinha que responder a questão:

10. No trecho: “Este será meu instrumento de defesa…”, o termo que nos remete à imagem é:
A) ‘meu’.
B) ‘instrumento’.
C) ‘defesa’.
D) ‘será’.
E) ’este’.

Gente, parece besteirol, mas fiquei em dúvida entre as letras B e E e, pasmem, marquei “instrumento”. Acho que era mais óbvio a letra E, este, mas na hora da prova não parecia tão óbvio assim… A resposta certa: letra B.

Das específicas, errei quatro: 23, 33, 39 e 49. Vamos a elas:

23. A Internet permite aos comunicadores a criação dos chamados “blogs corporativos”, que são cada vez mais empregados como:
A) ferramenta de venda com informações sobre produtos e serviços.
B) canal bilateral para troca de opiniões entre clientes e empresa.
C) diário dos acontecimentos dos funcionários de uma empresa.
D) jornal online para divulgação de informações gerais sobre a empresa.
E) instrumento de coleta de informações sobre clientes ou usuários da empresa.

Reposta certa: letra B. Eu cheguei a marcar essa, mas acabei mudando para a letra E. Num sei bem porque, acho que tentei imaginar o objetivo por trás do blog que é conhecer o cliente. Sei lá, só sei que também to fula comigo mesma!

33. Na redação do texto jornalístico, sobretudo nos casos de transcrição de entrevistas e declarações de fontes, algumas informações vêm entre colchetes. Esse tipo de acréscimo de texto, entre colchetes, indica que o redator:
A) sugere palavras novas para explicar melhor o contexto das declarações da fonte.
B) dá outras versões para interpretar as declarações da fonte e que foram negadas na entrevista.
C) indica termos de outras entrevistas que complementam as declarações da fonte.
D) acrescenta informação importante às declarações da fonte e que não foram efetivamente expressas no momento da entrevista.
E) coloca suas próprias palavras no texto das declarações da fonte.

Essa foi outra que fiquei entre duas alternativas e marquei a errada. A resposta certa é a letra D, mas acabei marcando a A. Isso porque fiquei cismada com a expressão “não foram efetivamente expressas no momento da entrevista”. Pra mim isso parecia você inventar algo que a pessoa não falou. Achei que a letra A, você tentar contextualizar a fala tinha mais a ver. Escolha errada!

39. A ferramenta de marketing que tem como objetivo promover a responsabilidade social de empresas privadas, instituições públicas e organizações não governamentais é chamada de:
A) publicidade pública.
B) propaganda política.
C) propaganda institucional.
D) publicidade social.
E) publicidade política.

Ai, essas questões da área de publicidade me quebram! Marquei letra D, achando que isso poderia ter algo a ver com “marketing social”. Mas na verdade, a resposta certa é a letra C. Fui pesquisar na net o conceito de propaganda institucional: “tem objetivos de promover e diferenciar ações, estratégias e planos de responsabilidade social de empresas que prezam pelo crescimento de sua comunidade, cultura, educação e/ou preservação ambiental” (Wikipedia). Poxa, mas da próxima, não erro mais!

49. Muitos jornais dividem a página de opinião em dois tipos de texto. De um lado, os editoriais, com a opinião da empresa jornalística. De outro lado, colunas assinadas por jornalistas ou convidados e que se manifestam sobre os mais variados assuntos em pauta. Este último tipo de texto, é chamado nas redações de:
A) crônica.
B) crítica.
C) olho.
D) op-ed.
E) box.

Resposta certa: letra D. Gente, desculpem a ignorância, mas nunca ouvi falar nessa expressão “op-ed”. Marquei crônica, embora achasse que não estava completamente correta. Na net achei o conceito “Um Op-Ed é um texto escrito expressando uma opinião. O nome veio de uma tradição de posicionar tal material na página oposta à página de editorial (…) A página de editorial contém editoriais e a página Op-Ed contém colunas de opinião e possivelmente uma ilustração acompanhando” (Wikipedia). Ahhhh! Agora aprendi!

Balanço geral: errei apenas cinco questões de 50. Um bom resultado, se a prova não estivesse tão fácil e se a concorrência não fosse tão cruel! Bem, não encontrei nenhuma questão que pudesse recorrer, sendo assim, é esperar pelo resultado, mas já me preparando para APAC e Petrobras.

Vamos que vamos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s